ZTOP+ZUMO

Hands-on: smartphone CCE Motion Plus SK504

O CCE Motion Plus SK504 pode ser o “primeiro telefone grande de dois chips” com Android de muita gente. Com configuração interessante e uma tela grande, seu preço é bastante atraente e o acabamento é bem razoável.

O smartphone, anunciado hoje pela CCE, entra na primeira leva de novos produtos desenvolvidos já sob a direção da Lenovo. A diferença entre Lenovo e CCE, diz a dona do negócio, vai ser simples: produtos Lenovo são para um mundo “PC+” com foco em compradores das classes A e B e os CCE, para classes B, C e D – com uma intersecção entre as duas marcas ocorrendo. Quer um smartphone da Lenovo (ou mesmo um tablet?): espere até 2014.

Uma coisa ficou bem clara no discurso dessa “nova CCE”: a liderança nova tem noção da fama (ruim) dos anos 80/90 da CCE, e vai investir em comunicação para mudar esse conceito na cabeça do consumidor  – posicionando-a como uma marca jovem, dinâmica e 100% brasileira.

O Motion Plus SK504 (poderiam escolher um nome mais simples e que não é um… código?) é uma boa aposta nessa nova direção da CCE. Com tela grande  de 5″ qHD (960 x 540; originalmente a CCE disse que era HD) e um processador Qualcomm Snapdragon S4 quad-core de 1,4 GHz, o modelo não deixa nada a dever (ou pode até ser melhor) que os Dual-SIM “grandes”, como o Samsung Grand Duos. Pelo preço sugerido de R$ 899, me parece um investimento interessante se você não quer comprometimento com uma única operadora.

cce motion plus SK50401

Na mão, o Motion Plus SK504 tem uma pegada boa e não parece um gigante como os foblets iniciais com tela de 5″. A CCE fez poucas modificações na interface do Android 4.1…

cce motion plus SK50403 cce motion plus SK50404

A tampa traseira tem acabamento em plástico:

cce motion plus SK50405

No resto, é um smartphone como qualquer outro: entrada para headset padrão 3,5 mm acima e a câmera de 5 megapixels atrás…

cce motion plus SK50406

Botão de liga/desliga de um lado…

cce motion plus SK50407

… e controle de volume  do outro (prefiro tudo junto, como nos Samsung).

cce motion plus SK50408

Ao retirar a tampa traseira, vemos a bateria removível, o slot para cartão microSD e as duas entradas para SIM card de operadoras distintas – note que apenas um deve ser usado para dados.

cce motion plus SK50409

Além da versão em preto, o Motion Plus SK504 tem um irmãozinho com acabamento frontal em branco. cce motion plus SK50410 cce motion plus SK50411

E aqui os dois juntos:

cce motion plus SK50412

Além dos smartphones, a CCE também anunciou dois tablets Android com 3G embarcado, com um projeto que, diz a CCE, foi feito totalmente no Brasil em parceria com a Qualcomm. Ambos têm telas HD (720p), 16 GB de armazenamento interno, 1 GB de RAM,  Android 4.1 “Jelly Bean”  e  uma câmera de 5 megapixels traseira.

O de 7″ (Motion.Tab TD72G) será vendido pelo valor sugerido de R$ 699 e o de 10″ (Motion.Tab TD102G) pelo preço sugerido de R$ 899 – os dois chegam às lojas somente em setembro. O acabamento traseiro emborrachado é interessante, mas ambos dão a sensação de que são grandes demais em comparação a outros tablets no mercado – como os Samsung Galaxy Note ou Asus Fonepad, por exemplo.

cce tablets snapdragon 1 cce tablets snapdragon 2 cce tablets snapdragon 3 cce tablets snapdragon 4 cce tablets snapdragon 5

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin