Gadget (retrô) do dia: Casio G-Shock GMW-B5000TB Titânio

G

O relógio geek quintessencial da Casio, agora na versão com caixa e pulseira de titânio (mas com carinha de plástico emborrachado!)

Da série “sugestão de presente para o geek que já tem tudo“, já faz algum tempo que falamos do Casio G-Shock GMW-B5000, o primeiro relógio da série 5000 com caixa e pulseira de aço inox…

… sendo que a Casio repetiu a façanha com o recente anúncio do GMW-B5000TB, o primeiro modelo dessa linha com a caixa externa e a pulseira toda em titânio:

Antes disso a Casio já usou esse material em outros modelos — como o G-shock Titanium MRG-1

…ou o notório G-Shock DW-8200 Frogman II, mas eles sempre foram uma mescla de caixa de metal protegido por uma sobrecapa + correia de resina.

Ruim para o bolso, bom pra saúde

Como esse metal é mais leve que o aço, o GMW-B5000TB pesa 57 gramas a menos e passa uma sensação de uso bem mais agradável, porque o titânio não absorve o calor do pulso com tanta intensidade quanto o aço.

Fora isso, ele é considerado um material hipoalergênico, com menos propensão a causar alergia no contato com a pele.

Como assim? — O que acontece nas caixas de aço inox é que na sua liga, além do ferro e do crômio pode haver alguma quantidade de níquel que é um material reconhecidamente alergênico, sendo que segundo o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) americano, cerca de 10~20% da população é alérgica a níquel.

Além isso, o titânio tem altíssima resistência a corrosão graças a presença de uma fina camada de óxido que se forma quando o metal é exposto ao ar, o que impede que o metal reaja com o ambiente ao seu redor — incluindo a sua pele — o que explica o seu uso pela medicina em próteses e implantes ortopédicos.

Carinha de velho, tecnologia de novo

Apesar do seu visual retrô remeter ao primeiro G-Shock DW5000C de 1983, o GMW-B5000TB incorpora diversos recursos modernos que não o coloca na categoria de smartwatch, mas faz com que ele seja um acessório bastante prático e útil para o dia a dia.

E isso sem falar que ele é muito discreto podendo ser facilmente confundido com um modelo vulgar de linha ou mesmo falsificado.

Por exemplo, ele vem equipado com uma célula solar o que permite que o mesmo produza a energia que consome o que elimina a necessidade de troca de bateria.

Fora isso, ele possui um receptor de rádio capaz de sincronizar automaticamente com a hora local de alguns países como os EUA (60 kHz / WWVB), Japão (40 kHz /JJY: Fukushima ou 60 kHz / JJY: Kyushu), Alemanha (77,5 kHz / DCF77), Reino Unido (60 kHz / MSF) e China (68,5 kHz / BPC).

Já sua caixa e pulseira possuem um tipo de revestimento batizado de DLC (Diamond Like Carbon) e o vidro do visor é de safira sintética resistente a arranhões com uma camada adicional de material anti-reflexo que somado ao seu painel LCD-STN proporciona excelente visibilidade.

Curiosamente esse relógio também vem equipado com uma interface bluetooth low energy o que permite conectá-lo com um smartphone e a partir do uso do app MobileLink, o usuário além de ajustar o relógio para a hora local também pode customizar algumas funções do mesmo como o idioma do calendário, alertas de compromissos e alarmes e até encontrar o relógio por meio de um sinal do fone para o mesmo (ou vice-versa).

Disponibilidade e preço

O produto mede 4,9 × 4,3 × 1,3 cm (LxAxP) pesa ~110 gramas e tem previsão de chegar ao mercado japonês no dia 8 de novembro de 2019 com preço ainda a ser divulgado, apesar de que alguns sites da internet afirmam que o preço já vazou em alguns catálogos da empresa de modo que ele vai sair pela bagatela de 150.000 ienes ou ~R$ 5.704 + taxas é claro!

Mais informações aqui.

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

Disclaimer: o ZTOP+ZUMO tem links de afiliados com a Amazon e pode ser
remunerado caso você clique em links neste artigo e compre algo.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos