Canon Maxx Tinta G3100: Mais uma multifuncional com tanque de tinta (uia!)

C

Batizada de Maxx Tinta G3100, a nova multifuncional da Canon trabalha com quatro cores e imprime até 6.000 páginas em preto e 7.000 páginas coloridas.

Da série — “nunca diga desta água não beberei“— quando visitei o quartel general da Canon no Japão em 2013, tive a oportunidade de perguntar diretamente para o diretor da área de impressoras se sua empresa estaria disposta a lançar uma Pixma com tanque de tinta (a exemplo do que a Epson já tinha feito no Brasil).

Canon_QA_intro

Sua resposta foi que eles não pensam nisso e são capazes de “entregar o mesmo, porém de um outro modo“.

(Ah, então tá bom né?)

Passados quase três anos — e sem fazer muito barulho — a Canon aparentemente engoliu suas palavras e trouxe para o Brasil sua nova impressora Pixma Maxxi Tinta G3100 que, como nos produtos Ecotank da Epson, substitui o tradicional sistema de cartuchos de tinta por pequenos tanques que podem ser recarregados pelo próprio consumidor por meio de frascos de tinta — e tudo original de fábrica!

Canon_maxx_tinta_overall

Segundo o comunicado divulgado na época do seu lançamento na feira Fotografar 2016, isso é uma resposta “à demanda mundial para impressoras que não precisam de cartucho e que possuem alta capacidade de impressão.

(Aah, então tá bom né?)

Mas cá entre nós, mesmo se eles já tivessem com esse projeto em andamento em 2013 será que eles iriam contar para este que vos bloga? 

Mas voltando ao que interessa, a Maxx Tinta G3100 (preço sugerido R$ 1.199) é uma multifuncional com tecnologia de jato de tinta voltada para uso doméstico ou SMB com velocidade de impressão de até 8,8 ppm em preto, até 5,0 ppm em cores (segundo o padrão ESAT) ou capaz de imprimir uma foto 10×15 cm em apenas 30 segundos com resolução nativa de até 4.800 x 1.200 ppp (pontos por polegada) em cores ou até 600 x 600 ppp em preto.

Isso porque seu mecanismo de impressão utiliza dois tipos de tinta, sendo que o preto é do tipo pigmentado (à base de elemento sólido) e as coloridas à base de corante líquido. A vantagem dessa combinação é que a tinta preta fica mais definida e resistente às intempéries do tempo (como água ou exposição ao sol) e que as tintas baseadas em corantes interagem melhor com mídias fotográficas, produzindo assim imagens com cores mais vivas e vibrantes.

Canon_maxx_tinta_recarga

Até por causa disso, o refil de tinta preta (GI-190 B) tem maior capacidade (135 ml) e autonomia estimada de até 6.000 impressões. Já os cartuchos Ciano (GI-190 C), Magenta (GI-190 M) e Amarelo (GI-190 Y) têm 70 ml cada e juntos têm uma autonomia estimada de 7 mil páginas. A impressora também conta com as funções de scanner e copiadora de documentos.

Canon_maxx_tinta_cartuchos

Além da tradicional conexão via porta USB, a G3100 também conta com interface Wi-Fi, para conectá-la e imprimir diretamente de um dispositivo móvel, computador e até de algumas câmeras da Canon que contam com esse recurso.

Canon_maxx_tinta_wifi

Vale a pena observar que a Maxx Tinta é, na realidade, uma família de produtos formada pelos modelos G1100 (só impressora — R$ 949), G2100 (Multifuncional sem Wi-Fi — R$ 1.099) e a G3100 (multifuncional com Wi-Fi — R$ 1.199). Cada modelo  já vem com um kit de tintas (CMYK) para a carga inicial e os frascos avulsos de tinta GI-190 saem por R$ 69,90 cada, independente da cor.

Vale a pena observar que a empresa também comercializa o modelo G3102 (R$ 1.299) cuja única diferença da G3100 é que ela vem com 2 frascos adicionais de tinta preta ou seja, por R$ 100 a mais você leva pra casa mais dois frascos que sairiam por R$ 140 se comprados à parte.

De um certo modo, a Canon é a última big player do mercado (sem contar a Brother) a oferecer uma jato de tinta de baixíssimo custo de impressão a exemplo do que já fez a Epson em 2012 e a HP no ano passado.

Mais informações aqui.

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos