ZTOP+ZUMO 10 anos!

Intel diz adeus ao BTX?

 

Dell Dimension e521Circula uma história na web de que a Intel estaria saindo fora do padrão de formato BTX.

Com o fim da microarquitetura Netburst (Pentium 4) que produziu os chips mais “quentes” do mercado (literalmente falando) e a popularização dos chips Core 2 Duo, o BTX perdeu um pouco do seu sentido.

Isso porque o principal apelo do padrão é sua eficiência na circulação do ar – que gera uma espécie de túnel de vento dentro do gabinete – mantendo sua temperatura interna dentro de ní­veis aceitáveis, com apenas uma ou duas ventoinhas.

Como o Core 2 Duo não esquenta tanto, ele pode ser montado sem problema nos bons e velhos gabinetes ATX, ainda muito apreciados pelos entusiastas, hobbistas e pequenos integradores. A nota afirma que a Intel realizou uma série de reuniões com seus parceiros em Taipei informando que irá manter o suporte ao padrão, mas nenhum novo desenho virá de Santa Clara.

Aqui no Brasil, somente os grandes players multinacionais como a Dell (foto), HP e Lenovo adotaram o padrão BTX em grande escala na sua linha de produtos, adaptando-o até para a plataforma AMD. E de fato, encontrar uma placa-mãe ou mesmo um gabinete BTX nas lojas – para montar um PC em casa – era mais difí­cil do que achar dente em galinha.

Curiosamente, notei que – apesar das aparências – os novos desktops Vostro da Dell são baseados no padrão ATX. Na época, achei que poderia se tratar de uma medida de economia de custos, mas pode ser um sinal de que o BTX também nem fosse necessário. Não está claro se a Intel irá ficar só no ATX ou planeja um novo padrão de formato.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.