ZTOP+ZUMO

Blog russo revela SO made in Korea (do Norte)

Depois de explodir sua própria bomba atômica, o site da BBC News noticiou hoje a existência de um sistema operacional desenvolvido pelo governo norte-coreano batizado de Pulgyn Peulh (Estrela Vermelha).

Ay Caramba!!!

Como todo bom filme de espionagem, os primeiros detalhes desse misterioso SO surgiram no blog russo Говорит и показывает Пхеньян, que diz que o programa foi adquirido numa lojinha perto de um albergue onde o autor estava hospedado lá em Pyongyang. Disponível em duas versões (cliente e servidor) o Estrela Vermelha  parece ser um empacotamento ainda meio inacabado do Linux e que requer um PC com Pentium III 800 Mhz, 256 Mb de RAM e 3 GB de disco rígido.

Segundo o tradutor de russo -> português do Google, o sistema vem equipado com um variado pacote de aplicações com nomes bastante sugestivos (veja a tradução na íntegra):

– Serviço de software para a versão cliente do Red Star (eu não entendo muito bem porque ele é necessário aqui)
– Suite Office “nós” – ala OpenOffice
– Um programa para gravação de CD / DVD
– Cliente de e-mail “Dove”
– O xadrez coreano
– Um programa para enviar fax
– Antivírus “Woodpecker”
– Notebook “meu amigo”
– Uma suíte de escritório OpenOffice
– Editor Gráfico
– Firewall “Pyongyang Fortaleza”
– Calculadora de Engenharia
– Emulador do ambiente Windows

Além disso ele vem com seu próprio navegador “Nenara” (meu país), que nada mais é do que uma cópia do Firefox e, ah, sim: seu sistema de data é contado a partir da data de nascimento do criador do estado comunista Kim Il-sung, o que faz de 2010 o ano 99 do calendário norte coreano.

Apesar do tom de piada de primeiro de abril, a nota da BBC diz esse SO também tem um lado mais sinistro, já que ele cita um relatório do South Korea’s Science and Technology Policy Institute (STPI) que afirma que o Estrela Vermelha foi concebido para controlar a segurança dos seus (da Coréia do Norte) sistemas de informações. Assim o líder supremo local — Kim Jong-il — pode ficar de olho no que seus camaradas andam fazendo da web, ou mais exatamente naqueles que conseguem ter acesso a um computador naquele paraíso do proletariado.

Mais informações aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • rodolfo 07/04/2010, 18:22

    Já existia uma distribuição linux argentina chamada "Estrella Roja", embasada numa ideologia revolucionária e comunista, conforme se pode conferir em sua página: http://www.estrellaroja.info/?p=11

  • Robinson 08/04/2010, 13:53

    Parece mais um pesadelo! Isso é que se pode chamar de programa ideológico.

  • Ítalo M. 09/04/2010, 20:24

    Hum, pelo visto na Coréia do Norte o Sistema Operacional opera você!