ZTOP+ZUMO 10 anos!

Hands-on: Bandejinha magnética de 11cm da Daiso

Da série “coisas úteis e fúteis” esse utensílio permite manter de maneira organizada e segura aquelas coisinhas de metal que a gente costuma perder na bagunça da mesa de trabalho.

Atire a primeira pedra (de preferência, na própria testa) aquele que, na hora de desmontar algum equipamento como uma câmera, brinquedo, relógio, óculos, computador, etc…

… e na hora de fazer o caminho inverso não sentiu a falta de uma (ou várias) pecinhas que, do nada, resolveram fugir para a grande imensidão (da sua bagunça) ou foram engolidos por aquele temido carpete peludo da sala?

No geral, a solução para esse caso é que o usuário mantenha a sua área de trabalho limpa e organizada da melhor maneira possível, sendo que nisso inclui as partes e peças que você está trabalhando.

Sob esse ponto de vista, a melhor estratégia para fazer com que essas pecinhas não se percam é mantê-las dentro de algum tipo de organizador/porta-objetos que pode ser improvisado (como uma forma de gelo) ou criadas exatamente para essa função, cuja real utilidade e preço pode variar assim como o nível de satisfação do usuário.

Para nós aqui deste ztop+zumo, a melhor solução que já encontramos para resolver esse problema é a Bandeja Magnética 11cm que encontramos na seção de ferramentas de uma das lojinhas da Daiso em Bernacity que…

.. como o nome sugere, nada mais é do que uma simples tigelinha de aço de 11 cm de diâmetro por 1,8 cm de profundidade…

… pintada com esmalte vermelho e com um imã montado na sua base de borracha:

Uma das sacadas desse produto é que se você pode colocar qualquer objeto metálico (e magnetizável) dentro do mesmo, ele permanecerá lá firme e quietinho até ser retirado:

Outra sacada é que o usuário pode tirar proveito desse recurso para organizar as pecinhas dentro desse recipiente de modo que ele possa, por exemplo, separá-las de acordo com a ordem com que elas foram retiradas do equipamento que está sendo desmontado, o que facilita — e muito — o processo de remontagem se comparado, por exemplo, com outras soluções como potinhos de plástico:

Mas para nós, o mais interessante desse produto é que no caso de um esbarrão e/ou queda acidental, é grande a possibilidade de que as peças permanecerão no lugar, ao contrário da solução ao lado:

E mesmo se uma ou mais delas se espalhem pela bancada ou mesmo caiam e sejam até engolidos pelo temível carpete peludo da sala, o usuário ainda pode usar a base magnética para recolhê-las e até caçá-las pelo chão.

E no caso da sua área de trabalho também servir para outras atividades (como almoços e jantares) que obrigue a paralisação temporária do seu trabalho, a bandeja pode ser guardada em locais inusitados como na porta da geladeira, lataria do carro ou até mesmo na lateral do seu PC (longe dos HDs é claro):

Também existem relatos na web de que a sua base pode ser usada para magnetizar ferramentas.

No geral, achamos esse produto bastante prático e muito útil para qualquer atividade que envolva a manipulação de pequenos objetos metálicos, como porcas e parafusos, agulhas, alfinetes, botões de pressão, anzóis, etc.

E como já dissemos no início deste post, encontramos esse item numa loja da Daiso no Brasil mas apesar dele fazer parte do seu estoque regular, pode ser que você possa encontrá-lo — ou não — em uma ou outra loja da rede.

Isso porque existe uma estratégia na Daiso de sempre variar (ou mais exatamente, rotacionar) a oferta de itens nas lojas, de modo que seus clientes possam sempre encontrar coisas novas e/ou diferentes a cada visita, fazendo assim com que eles “não se cansem da loja” e voltem periodicamente para ver as novidades.

Uma solução poderia ser a lojinha on-line da Daiso, mas ela está em manutenção.

Como já faz um bom tempo que comprei o meu exemplar, não posso informar precisamente qual o seu preço atual — só me lembro que ele faz parte daqueles itens de valor fixo (~R$ 7,90?)

De qualquer modo, se você estiver decidido a ter uma (ou mais) dessas bandejinhas para chamar de seu, reza a lenda que a loja da Daiso Japan que fica na Rua Direita 247 no Centro de São Paulo é a única a sempre ter TODOS os itens do seu catálogo à venda.

Se alguém puder confirmar isso, por favor manifestem-se nos comentários.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.