ZTOP+ZUMO 10 anos!

Asus entra de vez no mercado de smartphones (com uma ajudinha da Intel)

CES 2014: A Asus fez sua apresentação hoje na prévia da CES 2014 sem falar muito sobre notebooks ou tablets. O foco principal do evento da companhia taiwanesa foi em sua nova linha de smartphones, chamada Zenfone, com modelos com telas de 4″, 5″ e 6″.

A grande novidade, porém, fica por conta da adoção de processadores Intel – que tenta faz tempo correr atrás do mercado perdido para Qualcomm, Samsung e MediaTek  – nos novos smartphones da Asus. Os Zenfones não têm data de lançamento previsto ainda – e a Asus Brasil informa que ainda avalia levar os produtos ao mercado brasileiro.

Jonney Shih, chairman da Asus, disse que os smartphones são um “projeto sendo incubado faz tempo” dentro da companhia. A linha ZenFone é composta por três modelos: Zenfone 4, Zenfone 5 e Zenfone 6, todos com chip (e marcação externa) Intel, rodando Android 4.3 com upgrade prometido para Android 4.4 “KitKat”.

O design dos três é bem parecido e eles usam uma interface nova chamada Asus ZenUI. São todos modelos com configurações intermediárias (dual-core, 1 GB de RAM, apenas 3G) e preço extremamente agressivo – é o tipo de coisa que nem Asus nem Intel vão confirmar, mas tem todo o cheiro de subsídio da Intel para conseguir entrar no mercado de massa de smartphones (e olha que o Motorola Razr i era um bom aparelho). Todos têm versões com um ou dois SIM cards de operadoras.

SONY DSC

O modelo inicial é o Zenfone 4:

SONY DSC

É um modelo com processador dual-core Intel Atom Z2520 de 1,2 GHz e extremamente leve (115 gramas). A tela de 4″ tem resolução baixa (porém a tela me pareceu bastante brilhante), com 800 x 480 pontos, 1 GB de RAM, 4 GB de armazenamento interno (expansível com cartões microSD) e câmera traseira de 5 megapixels/frontal de 0,3 megapixel.

SONY DSC

O preço sugerido (no exterior) é de US$ 99 e virá em cinco cores (preto, branco, vermelho, azul e amarelo). Não falaram na apresentação, mas o Zenfone 4 terá uma opção com dois SIM cards de operadoras.

SONY DSC SONY DSC

Já o Zenfone 5, como o nome diz, tem uma tela de 5″ com resolução HD (1280 x 720) e sensível ao uso de luvas (parecido com o que os Nokia Lumia fazem). Vem com um Intel Atom Z580 dual-core de 2 GHz, 1 GB de RAM e versões com 4/8/16 GB de armazenamento interno, além de câmera traseira de 8 megapixels. Será vendido pelo valor sugerido de US$ 149.

SONY DSC

SONY DSC

Além do design parecido entre os modelos, a Asus criou sua própria interface para Android, chamada ZenUI. Nas demos de produto, não estava finalizada, mas muda fontes do sistema e inclui aplicativos próprios que interagem/ajudam a vida do consumidor.

SONY DSC SONY DSC SONY DSC

Finalmente, o Asus Zenfone 6 é um foblet de 6″ também com tela HD (1280 x 720) e tecnologia IPS. Vem com processador Intel Atom Z2580 dual-core de 2 GHz, 1 GB de RAM e opções com 8/16 GB de armazenamento. A tela pode ser usada com luvas ou com canetas stylus – como o Samsung Galaxy Note 3. A câmera é de 13 megapixels, com uma frontal de 2 megapixels. Será vendido em algum momento de 2014 pelo valor sugerido de US$ 199.

SONY DSC

SONY DSC

Além dos novos Zenfones, a Asus mostrou seu novo Padfone Mini (um Padfone com tela de 9″ no tablet e 4″ no telefone), que já tinha sido anunciado em dezembro, e um híbrido de tablet/notebook chamado Asus Transformer Book Duet, um modelo com chip Intel Core i7 de quarta geração que roda Android e Windows 8 – e alterna entre os dois modos em 4 segundos (vou vê-lo com calma amanhã apenas).

Disclaimer: ZTOP viajou a Las Vegas a convite da Asus Brasil

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Bruno Soares

    O design lembra alguns aparelhos da HTC! Se chegar ao Brasil o Zenfone 5 pode ser um bom concorrente para o Moto G.

  • Cristiano Wolf

    Smartphone natimorto. Design frontal indo contra a maré, que prioriza a maior parte possível de tela e menos bordas.