ZTOP+ZUMO (tech, opinião, inteligência)

Hands-on: Asus Zenfone 5

Primeiro smartphone da Asus a ser lançado no Brasil, o Zenfone 5 é um produto muito interessante, mas é preciso cautela e bom senso para que seus atrativos não ofusquem suas limitações.

Estava aqui na Zumo-caverna pensando em maldades quando recebi um pacotinho do pessoal da Asus do Brasil achando que era doce (yaay!). Depois de descascar o embrulho, notei que não era exatamente aquilo que eu pensava (buu!), já que era daquele tipo que os bretões chamam de “Eye Candy” — o novo Zenfone 5 (uia!):

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anunciado no ínicio deste ano na CES 2014, o Zenfone marca a entrada de fato da Asus no segmento de smartphones Android. Antes disso ela já passeava por esse mercado oferecendo modelos híbridos de tela grande, como o Fonepad e, e de tela pequena que encaixa dentro de uma maior, com o Padfone. E, no exterior, teve uma experiência limitada em parceria com a Garmin .

Outra curiosidade do Zenfone 5 é que ele é praticamente o segundo smartphone a chegar ao nosso mercado equipado com um processador x86 — ou mais exatamente um Intel Atom “Clover Trail+” — e isso quase dois anos depois do lançamento do Motorola Razr i  que, por um motivo ou outro, nunca teve um sucessor por aqui.

Para mim, o grande desafio do Zenfone é de se impor num mercado hoje dominado por big players já bem estabelecidos e que investem pesado para divulgar produtos que até nem sempre são lá grande coisa (mas é “Galaxy” né?), de modo que o pessoal da Asus tem apenas uma estratégia para sair vitorioso nessa briga: apostando na sua capacidade de manufatura e alta tecnologia.

O vídeo abaixo divulgado pela companhia deixa isso bem claro:

Depois de ficar impressionado com essa apresentação e passar algum tempo com o aparelho, a minha opinião é que o Zenfone 5 é sim de fato um produto interessante. De fato tão interessante que os usuários podem começar a fantasiar em cima dele e atribuir a este produto características e recursos sobrenaturais que podem até nem estar presentes nele — e acho que é ai que mora o perigo.

Assim, um dos objetivos desse hands-on é de dar uma visão geral do que é legal e nem tanto neste primeiro smartphone da Asus.

Dito isso, então senta que lá vem história:

O modelo que recebemos para testes foi o Zenfone 5  (modelo A501CG) equipado com a tela de 5 polegadas, processador Intel Atom Z2560Clover Trail + de 1,6 GHz com aceleradora gráfica PowerVR SGX 544MP2, 2 GB de RAM (yaaay!) e opções de 8 e 16 GB de armazenamento interno. O aparelho já está sendo fabricado no Brasil, o que pode fazer com que ele chegue a um preço bem atraente na sua categoria de modelos intermediários com dual chip e 3G (por enquanto, nada de 4G). Seu lançamento oficial está previsto para meados de outubro, e só lá devemos descobrir o preço.

Zenfone5_specs

Já o seu irmão maior, o Zenfone 6 (modelo A601CG) equipado com uma tela de 6 polegadas (e mesma resolução da tela do Zenfone 5), vem com o dobro de memória interna para armazenamento (16 ou 32 GB), câmera traseira de maior resolução (13 MP) e bateria de 3.300 mAh, o que pode lhe render uma boa autonomia. Até onde sabemos, o Zenfone 6 deve ser lançado junto com o Zenfone 5, mas duvidamos que seja fabricado por aqui em um primeiro momento.

Zenfone6_specs

Fora isso, também descobrimos (meio que sem querer) a existência do Zenfone 4 (modelo A450CG), uma versão mais simples com tela de 4,5 polegadas, apenas 1 GB de RAM (eita!), câmeras de resolução menor (0,3 MP na frente e 5 MP atrás), apenas 8 GB de memória interna para armazenamento, mas que mantém muitas das características do Zenfone 5 e 6.

Zenfone4_specs

Não sabemos se/quando ele chega ao mercado, mas só o fato dele já ser citado no material de divulgação da ASUS do Brasil e em português, nos leva a crer na sua chegada mais tardia e, se isso realmente acontecer, nosso palpite é que ele deve ser direcionado para o segmento de entrada por um preço bastante agressivo.

Nagano comenta: No fim das contas, a ASUS resolveu não trazer esse produto para o Brasil, substituindo-o por uma versão praticamente idêntica do Zenfone 5 de 8 GB, porém equipada com o processador Intel Atom Z2520 de 1,2 GHz no lugar do Z2560 de 1,6 GHz. Com isso, a empresa consegue posicioná-lo na mesma faixa de preço do Zenfone 4, atendendo assim o chamado segmento de entrada com um produto com uma excelente relação de custo x benefício (Yaaay!).

E só para finalizar esse assunto, o DNA do novo Zenfone também vai se espalhar para outras linhas de produtos, já que a Asus Brasil também vai atualizar e/ou expandir  sua linha Fonepad com um novo modelo de 7 polegadas (modelo FE170) equipado com novo processador Atom Z2520 (o mesmo do Zenfone 4), interface Zen UI e slot Dual SIM (uia!) nas cores preto e branco.

Fonepad_dual_SIM

Se comparado com o Fonepad 7 de segunda geração (modelo ME372CG) que analisamos no início deste ano, notamos que esse modelo ainda tem algumas vantagens em relação ao novo FE170, como o processador (um Atom Z2560 de 1,6 GHz — o mesmo usado no Zenfone 5 e 6), nas câmeras (1,2 MP na frente e 5,0 MP atrás) e isso sem falar no fato de que ele já foi atualizado para o Android 4.4 “Kitkat” — nosso palpite é que ele também deva chegar ao nosso mercado em alguma data até o fim deste ano.

Mas voltando ao que interessa, o Zenfone 5 vem embalado numa caixa de papel cartão grosso com design simples e simpático, que pode até ser reaproveitado posteriormente como guarda-trecos ou casa para pequenos animais, como pássaros e hamsters (com a tampa aberta, claro). Sua cor também está associada com a do aparelho adquirido, isto é, caixa branca = telefone branco e assim por diante.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Também acompanham o produto um kit de acessórios formado pelo recarregador de tomada, cabo USB micro, fone de ouvido com microfone/controle remoto integrado (uia!) e documentação impressa.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Já o aparelho  vem embalado numa capa de plástico transparente que contém “propaganda impressa” que destaca algumas características atraentes do produto, o que pode ser interessante para aqueles estabelecimentos comerciais que expõem o smartphone desligado na vitrine da loja. Só espero que a versão que chegue nas lojas já venha traduzido para o português.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O produto em si segue o padrão da moda: um tablete de policarbonato e vidro de aproximadamente 14,82 x 7,28 x 1,03 cm (LxAxP) e 140 gramas de peso, o que é um equipamento até que grande…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

… se comparado com um smartphone com tela de 4,3 polegadas de dois anos atrás (à direita). Apesar disso, ele ainda é um objeto manejável e que pode ser carregado sem problemas no bolso da calça e até de algumas camisas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Na comparação acima, o aparelho da direita também pode nos dar uma boa idéia do tamanho relativo do Zenfone 4.

Ztop in a Box: Sobre Cores e Capas:

Pelo que vimos no vídeo acima, o Zenfone 5 está disponível em diversas cores (Charcoal Black, Pearl White, Cherry Red, Twilight Purple e Champagne Gold), sendo que no Brasil ele só será vendido nas cores preto ou branco.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A boa notícia é que essa tampa traseira pode ser facilmente removida pelo próprio usuário mesmo sem o uso de ferramentas (mais sobre isso adiante) e trocada por outra de cor diferente.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Sabemos que no exterior a Asus vende essas capas extras com o nome ZenCase, disponível nas cores preto, vermelho, branco e roxo. Note que a capa dourada só vem junto com o smartphone e não é vendido a parte. Ainda não temos a confirmação de esse opcional será trazido para o Brasil. 🙁

Zenfone_5_zencase

Uma alternativa (principalmente para aqueles que optarem pela versão na cor branca) são as capinhas de terceiros, como esse modelo tipo “armadura” que oferece proteção adicional contra riscos, batidas e até uma pegada mais firme devido ao seu acabamento em relevo:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Outra alternativa bem interessante são os modelos “carteira” que possuem uma tampa frontal que…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

… ao abrir/fechar a capa ativa/desativa o modo stand-by do smartphone ao mesmo tempo que ajusta as informações na tela para serem visíveis numa janelinha transparente na tampa.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Mas para que isso funcione, é preciso ativar a função “Habilitar ViewFlipCover” nas opções de tela do Zenfone.

Zenfone_5_cor_capa2c

De fato, a Asus também possui uma versão “oficial” desse produto chamado View Flip Cover que, ao contrário do modelo acima, é uma ZenCase com capa integrada. Também não sabemos se ele chegará oficialmente ao Brasil.

Zenfone_5_Asus_flipcover

Estamos fazendo figa!

E assim como os modelos mais recentes daquela fabricante que começa com “M” e termina com “A”, o Zenfone 5 também é dono de uma traseira levemente curvada, o que melhora em muito a sua ergonomia. Na parte de cima do aparelho ficam a porta de som para fone de ouvido e um microfone secundário.

Zenfone_5_top_leg3

Na sua base podemos ver o microfone principal e uma porta USB 2.0 micro usada tanto para carregar a bateria interna do Zenfone 5 quanto para conectá-lo com o PC – e é compatível com USB OTG (corrigido/atualizado em 6/out).

Zenfone_5_bottom_leg

Na lateral direita encontram-se o botão de liga/desliga e o controle de volume. Ao pressionar o [botão de liga] + [Volume -] é possível tirar um screenshot da tela.

Zenfone_5_left_leg

Como já dissemos acima, a tela do Zenfone 5 é do tipo LCD/LED com tecnologia IPS de 5″ com tecnologia TruVivid, protegida por uma camada de vidro Gorilla Glass 3 e pode ser operada mesmo por uma pessoa usando luvas, mas para isso é preciso ativar esse recurso no smartphone.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Sua resolução nativa é HD (1.280 x 720 pixels)…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

… o que dá uma densidade de pontos de aproximadamente 294 ppp (pontos por polegada), o que não é uma tela retina mas proporciona uma leitura bastante agradável.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Falando nisso, o Zenfone 5 possui um curioso recurso chamado “Modo de leitura” que, quando ativado, reduz os tons de azul, tornando a imagem mais suave e menos cansativa para os olhos:

Fora isso, a Asus também inclui um aplicativo chamado Splendid, que ajusta as cores da tela de acordo com o gosto do usuário, um recurso pouco comum em aparelhos com Android…

Zenfone_5_Splendid

Assim como uma App específica para ajustar o som para diversos usos:

Zenfone_5_apps_Audio1

Uma curiosidade desse smartphone é que ele ainda utiliza botões “físicos” para as funções de “Retorno”, “Home” e “Multitarefa” posicionados logo embaixo e fora da tela. Porém a grande surpresa é descobrir (com certeza em algum local mais escuro) que essas teclas não são retroiluminadas (WTF!)

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Isso pode parecer meio estranho (ou até uma afronta), mas é preciso lembrar que o Zenfone 5 não é um modelo topo de linha e sim um mid-range que promete oferecer a melhor relação de custo x benefício. Assim nosso palpite é que a inexistência de luz nesses botões é um jeito de poupar de um lado para investir mais do outro. De qualquer modo, esses botões possuem um feedback vibratório, de modo que usá-los no escuro não é tão complicado quanto parece. É só uma questão de costume (e uma boa pontaria).

Já na parte de cima do aparelho podemos ver, a partir da esquerda, o sensor de luz/proximidade, a saída de som do telefone, um LED indicador de carga/mensagem e a câmera frontal de 2 megapixels, foco fixo e abertura máxima de F2.4:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Já a câmera traseira é um modelo com foco automático, lente de 5 elementos e abertura máxima de  f2.0 + sensor BSI CMOS de 8 MP da Sony, iluminador de LED…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

…  que forma junto com o hardware e software da câmera formando o sistema PixelMaster capaz de produzir resultados bem interessantes:

Como podemos ver, a câmera do Zenfone 5 é bastante rica em recursos, capaz de capturar imagens de 2.048 x 1.152 pixels (2 MP) até 3.264 x 2.448 pixels (8 MP) e vídeos em Full HD 1080p/30p ou 720p/60p:

Zenfone_5_camera_interface

Aqui alguns exemplos de imagens capturadas no seu modo automático:

Jpeg

Clique na imagem para ver no tamanho original (2.605 x 1.835 pixels)

Jpeg

Clique na imagem para ver no tamanho original (3.264 x 2.448 pixels)

Jpeg

Clique na imagem para ver no tamanho original (3.264 x 1.836 pixels).

Jpeg

Clique na imagem para ver no tamanho original (3.264 x 1.863 pixels)

Jpeg

Clique na imagem para ver no tamanho original (3.264 x 2.448 pixels)

Fora isso, a câmera incorpora diversas facilidades como Estabilizador de Imagem, Modo Turbo (até 13 fotos em um segundo), dez filtros criativos…

Zenfone_5_camera_filtros

… e 13 efeitos especiais/inteligentes como o Retocesso de tempo, capaz de registrar uma imagem até 2 segundos antes e 1 segundo depois, evitando assim por exemplo, fotos de gente piscando…

Zenfone_5_camera_efeitos1

… ou efeito de Profundidade de Campo que tira duas fotos em sequência, acredito que uma focada (embaixo) e outra desfocada…

Zenfone_5_camera_demo7

Clique na imagem para ver no tamanho original (3.264 x 1.863 pixels)

… e combina ambas digitalmente para produzir um efeito de desfoque (= bokeh) muito apreciado entre fotógrafos:

Zenfone_5_camera_demo7a

Clique na imagem para ver no tamanho original (3.264 x 1.863 pixels)

Outro recurso ainda mais interessante é o modo de Pouca Luz, que combina quatro sensores de imagem em um único “super sensor” aumentando assim a sua capacidade de capturar luz em ambientes mais escuros.

Zenfone_5_camera_pouca_luz

Aqui um exemplo de uma imagem capturada no modo normal…

Jpeg

… e aqui com o modo de Pouca Luz ativada:

Jpeg

Observamos que existe um porém nessa história que é o fato do tamanho da imagem cair para apenas 2 megapixels, mas se levarmos em consideração que boa parte das fotos de celular acabam no Facebook ou no Instagram, isso pode ser uma troca bem interessante.

Como já dissemos antes, a capa traseira do Zenfone 5 pode ser facilmente removida bastando para isso enfiar a unha (ou qualquer objeto com ponta firme e estreita, que não machuque a capa) num pequeno slot lateral…

Zenfone_5_opne_slot_leg

… e abrir o dito cujo de maneira suave para não forçar as travas laterais (nem acabar com o manicure):

Zenfone_5_opne_slot_1

Feito isso, temos uma primeira visão geral do interior do Zenfone, que não dá acesso a sua bateria de 2.050 mAh.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

… mas dá acesso aos seus dois slots para cartões micro-SIM…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

… e um slot micro SDHC ou micro SDXC, que permite instalar cartões de até 64 GB ou mais:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Aqui podemos ver seu alto-falante mono com tecnologia ASUS SonicMaster:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Para fechar o aparelho, basta recolocar a capa na sua posição correta e pressionar inicialmente os cantos e apertar todo o seu perímetro para garantir o perfeito encaixe da peça:

Zenfone_5_opne_slot_2

Como já dissemos antes, o Zenfone foi lançado com a versão 4.3 “Jellybean” do Android, com a promessa de atualização em breve para o 4.4 “Kitkat”. (Atualização: Promessa cumprida no último dia 08/outubro)

E se essa promessa realmente se cumprir, isso pode interferir diretamente no desempenho e a experiência de uso do aparelho (para melhor, esperamos!) de modo que resolvemos por hora, não ir muito a fundo nos recursos do atual SO no que se refere a sua velocidade de processamento. Mas com 2 GB de RAM e diversos recursos e ferramentas para otimizar ao máximo o seu gerenciamento de memória, o aparelho se comporta de maneira super ágil e esperta, e isso nem sempre é por causa da força bruta do seu processador.

Com relação ao software, a Asus tem por hábito fazer modificações/melhorias pontuais e mínimas no seu sistema, de modo que sua experiência de uso é muito próxima do chamado “Android Puro”.

Só que com o lançamento do Zenfone, a Asus investiu pesado em uma série de modificações no SO, interface gráfica e aplicativos no Android cujo conjunto da obra ela batizou de Zen UI, um sistema simples e intuitivo cujo objetivo é de melhorar a experiência de uso dos dispositivos da casa.

A primeira vista, o Zen UI não parece lá muito diferente do que já estamos acostumados a ver em outros sistemas com Android…

Zenfone_5_lock_main_screen

… mas a media que mexemos no aparelho começamos a notar uma série de pequenas sutilezas como o desenho dos seus ícones e melhorias/mudanças em alguns recursos, como no menu de configurações rápidas…

Zenfone_5_menu_rapido

… lá na janela de Notificações do Sistema

Zenfone_5_notificacao_sistema

… no seu rádio FM…

Zenfone_5_radio_FM

… ou até mesmo no discador que incorpora recursos bem interessantes como lista de números bloqueados, gravador de ligações, etc.

Zenfone_5_app_Fone

De fato, a Zen UI chega ao ponto do visual da interface gráfica poder ser trocada por outra totalmente nova, batizada de Modo Fácil, que pode ser um recurso muuito interessante para aquelas pessoas com problemas de acessibilidade ou  idosas que desejam/preferem/precisam de algo mais simples e descomplicado com ícones grandes e acesso direto as aplicações mais desejadas:

Zenfone_5_tela_modo_facil

Imagino até que se o Zenfone 4 realmente chegar ao nosso mercado, a combinação de um aparelho menor com essa interface até pode ser o presente ideal para sua mãe (ou até mesmo sua avó) que está precisando trocar aquele celular velho que já deu o que tinha que dar.

Fora isso, a Asus também inclui uma série de aplicativos próprios, muitos deles voltados para ajustes finos no sistema ou facilitar tarefas do dia a dia, como gerenciar arquivos ou transferir dados de um dispositivo para outro.

Zenfone_5_apps_3

No geral, o Zenfone veio com uma biblioteca bem variada e sem muito bloatware, formada na sua maioria por apps da Asus e do Google:

Zenfone_5_apps_1

Zenfone_5_apps_2

A exceção fica por conta do BR Apps, uma curiosa lista que aponta o usuário para o downloads dentro do Google Play:

Zenfone_5_apps_br

Nossas conclusões:

Como pudemos ver, o Zenfone 5 é um produto muito interessante e cheio de atrativos, com destaque para a sua excelente apresentação e acabamento, seus 2 GB de RAM (contra os 512 MB~1 GB da concorrência), câmera digital com sensor BSI CMOS da Sony, vidro Gorilla Glass, nova interface com o usuário (realmente útil), design moderno, rádio FM e suporte para Dual SIM, Slot para cartão MicroSD de até 64 GB, etc.

Observamos porém que o consumidor não deve se esquecer que o Zenfone 5 é um modelo midrange ou intermediário — ou como já ouvi alguém dizer, “Affordable Luxury” — que não pode não oferecer alguns recursos que alguns podem achar que são “padrão de mercado” ou mesmo “direito adquirido” — e que a gente só sente falta quando realmente precisamos deles. Um bom exemplo é o teclado “físico” do Zenfone 5, que a gente só descobre que não acende quando estamos no escuro.

O que mais senti falta: interface NFC, de uma opção com modem 4G, alto-falantes estéreo, incompatibilidade com USB OTG (corrigido numa atualização posterior) e até de mais espaço de armazenamento interno, principalmente na versão de 8 GB. Este último caso pode ser parcialmente resolvido com o uso de um cartão micro SD, mas alguns programas (como o GPS da Tomtom) ignoram o armazenamento externo e teimam em armazenar seus mapas (como o dos EUA, que tem mais de 3,2 GB) na memória interna, algo por sinal que dizem ter resolvido nos modelos com Android 4.4, mas não no 4.3 ainda.

A propósito, sua versão do Android foi atualizada para o 4.4.2 no dia 08/10/2014 e, de fato, os mapas do Tomtom agora podem ser armazenados no micro SD. 🙂

Além disso, vale a pena observar que apesar do uso do Gorilla Glass tornar o produto mais resistente e durável — ele não é indestrutível — ou seja, o Zenfone não é resistente a entrada de pó e umidade no seu interior, não pode submergir na água e não deveria ser arremessado no chão, na parede ou mesmo do alto de um prédio só para impressionar as garotas e os amigos nerds.

E como era de se esperar de um produto que ainda está quente do forno (o modelo que testamos em meados de setembro/2014 é um dos primeiros montados no Brasil) o sistema ainda precisa de algumas correções e ajustes finos, já que algumas mensagens do sistema não foram traduzidas ou sairam com erro de digitação, e outros recursos ou estão muito bem escondidos (como o modo de desenvolvedor) ou simplesmente inexistem (como a opção de formatar o cartão micro SD).

Falando nisso, alguns apps de terceiros parecem ainda não conversar direito com o Zenfone. Um caso que notei foi com a câmera interna do Instagram que, ao pressionarmos o botão de disparo, leva alguns segundos para focar e efetivante capturar a imagem, o que pode ser uma tremenda fonte de frustração, já que numa dessas podemos perder aquele momento mágico que desejávamos registrar, seja ele um sorriso da donzela ou do filhote, careta do gato, tombo de famosa ou a aparição de um disco voador, lula gigante ou monstro do lago.

E até que isso se resolva, melhor opção seja usar a câmera nativa do Zenfone e depois fazer upload para o Instagram. Outra opção dentro dessa App é usar a opção de pré-focar um ponto da cena tocando na tela e só depois tirar a foto.

Como disse, é tudo uma questão de bom senso e se o comprador estiver ciente das suas limitações e o produto atender as suas necessidades, o Zenfone 5 ou mesmo o Zenfone 6 deveriam ser opções a serem consideradas.

Só resta saber quanto vai ser o seu preço sugerido no Brasil, mas isso a gente só vai descobrir no lançamento daqui a algumas semanas.

Até lá, fiquem ligados.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Ótimo review!!!! Faltou mesmo o preço, mas vamos aguardar! 😀

  • Souzabsb

    Vai ser concorrente do novo Moto G. Tela 5″, apenas 3G, SD card, dual chip.

  • Vagner “Ligeiro” Abreu

    Lembrando que o “BR Apps” mencionado, salvo engano, é o “pacote obrigatório” de publicidade de aplicativos em smartphones vendidos no Brasil, caso o mesmo seja vendido com desconto concedido pelo governo.

    • Mario Nagano

      Sim, é vero, é vero…

      E numa dessas, a Asus ainda pode ganhar um descontinho a mais do governo se colocar TV Digital (SBTVD) no Zenfone.

      Ele já vem com rádio FM e com TV o aparelho fica ainda mais interessante!

      Quem sabe no modelo do ano que vêm né?

  • Mario Nagano

    Sim Gilvan, a versao nacional tem radio FM. Tem ate um screenshot dessa App quase no fim do texto.

  • Mario Nagano

    Pela minha experiência, mesmo lá fora os acessórios originais da Asus nunca foram baratos, mas sua apresentação e qualidade sempre foi muito boa.

    Já a oferta de capas de terceiros vai depender da boa vontade dos lojistas e a demanda dos consumidores.

    Com relação a qualidade do smartphone, o que posso afirmar é que a Asus não é nenhuma empresa de fundo de quintal que apareceu do nada para vender um OEM barbante projetado Deus sabe aonde só pra arrumar encrenca com o consumidor por causa de defeito.

    Isso é contra-produtivo e prejudica o lucro.

  • dorival gastaldi

    Parabéns pelo rewiw. O melhor que vi até agora. E olha que você ainda não tinha todas as informações pós lançamento. Mas uma coisa que não entendo é porque ninguém fala sobre os 64 bits que ele roda e seus concorrentes não.

  • yago mota

    Mario, valeu pelo review. Deixa eu te perguntar… Onde vc comprou e quanto vc pagou nessa “capinhas de terceiros”? Valeu

  • Victor Hugo Nogueira de Morais

    O melhor review que li sobre o produto, obrigado.

    Irei comprar o aparelho de 16gb interno e 1.6GHz (Infelizmente só disponivel pela FastShop =( )

    Um toque, acho q tem um erro na postagem:

    “A propósito, sua versão do Android foi atualizada para o 4.4.2 no dia 08/10/2015 e,”

    Creio que seria 2014…

    Sucesso!

    • Mario Nagano

      Ops corrigido, brigadão pelo toque.

  • Rodrigo França

    Muita boa matéria. Tirou algumas dúvidas que eu ainda tinha. Somente não consegui achar a função “View Flip Cover” no meu celular que é o modelo ASUS_T00J (A501CG). Sabe se é alguma atualização específica?

  • Diêniffer Loubach

    O meu ta dando retorno de audio em ligaçoes para fix

  • miguel

    Estou com problema no meu asus zen fone 6 ele mudou a forma de digitar de um toque para dois ou dois dedos, e entra uma linha verde em volta, alguém sabe como mudar de volta?

    • Rodrigo Campos

      manda no meu email a solução
      só descobri que é modo clicavel (clica igual pc com dois toques funciona)

      digaos2009@hotmail.com

  • Walmir Bastos

    Adquirir um zenfone 6 e tem sido de muita decepção com a marca e o site da AMERICANAS.COM. O aparelho chegou com problema no microfone, como só usava o fone de ouvido perdi a possibilidade de troca com 7 dias após a compra. Após atualizar o SO, como orientação do suporte para o problema do microfone que não resolveu, coloquei o aparelho para carregar e ele não mais funcionou. Não existe assistência técnica em vários estados brasileiros. Existe descrição completa dos problemas que tenho com o aparelho que estar na assistência em SP no site RECLAMEAQUI.COM Eu não recomendo por falta de compromisso das empresas envolvidas na comercialização e fabricação do produto no caso AMERICANAS.COM E ASUS