Asus Zenbook: parecido, pero no mucho

A

A Asus revelou esta semana alguns detalhes do novo Zenbook que a gente nem sabia. A apresentação foi realizada pelo Country Product Manager (e chapa deste ZTOP) Marcel Campos, que mostrou os novos Zenbook UX21 e UX31 (leia o review) – que já começam a chegar ao varejo.

Muito do que foi dito e demonstrado nessa apresentação já era de nosso conhecimento, apesar de que alguns detalhes interessantes foram explicados, em especial sobre o projeto da placa-mãe do UX31 que lembra muito a de outro fabricante com nome de fruta.

De fato, a Asus não fez nenhum mistério sobre isso mostrando abertamente o interior de ambos os modelos e até comparando com um de seus concorrentes, o Acer Aspire S3. Note que o desenho da Acer é completamente diferente da Asus, em especial no tamanho da bateria: no S3 é bem menor devido ao uso de um disco rígido convencional o que, de um certo modo, compromete a sua autonomia máxima.

Quando perguntado sobre a semelhança entre a sua placa-mãe e a do concorrente de Cupertino, o executivo da Asus respondeu que, devido ao pouco espaço disponível no interior de computadores do porte do Zenbook,  as soluções encontradas são muito parecidas – apesar de que seus componentes internos sejam bem diferentes.

Um bom exemplo disso é o uso do novo disco SSD com interface SATA 3.0 (também conhecido como SATA 600) que, segundo a empresa, chega a ser 7 vezes mais veloz que os concorrentes.

Interessante notar que ao contrário do Zenbook, que utiliza uma solução de armazenamento baseada em disco SSD, o Aspire S3 adota uma solução “híbrida” formada por um disco rígido convencional de 7 mm de altura + 20 GB de memória Flash (que funciona como um segundo SSD). S

egundo a Asus essa solução híbrida possui um comportamento bastante curioso ligado a maneira com que a BIOS gerencia o modo de dormência, o que faz com que uma máquina equipada com um HDD + SSD retorne mais lentamente para o seu modo ligado — o chamado Instant On — passados mais de oito horas, algo que não acontece com as soluções totalmente baseadas em SSD.

Outra afirmação feita pela Asus é que sua solução térmica (ou, mais exatamente, seu sistema de eliminação de calor) é mais eficiente que seus concorrentes, chegando a ser 7 graus mais fresco que seus concorrentes. E para comprovar isso, eles mostraram algumas imagens feitas com uma câmera térmica (quando for rico eu vou comprar uma dessas um iPhone 4S no Brasil):

E como não tinha que queixar de ter em um evento de marketing, no final da apresentação foi mostrado um vídeo do Zenbook que tira uma o próprio produto e até mesmo do concorrente!

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos