Macro: Asus NovaGo com Snapdragon 835

M

[Snapdragon Tech Summit 2017] Primeiro notebook 2-em-1 sempre conectado deve chegar no mercado americano no início de 2018 com preços que variam de US$ 599 até US$ 799.

A Asus tem uma longa tradição de ser um dos primeiros fabricantes do mercado a colocar um novo tipo de PC no mercado. Foi assim no passado com o eeePC (o primeiro Netbook), o Transformer Pad (o primeiro 2-em-1), o Zenbook (o primeiro Ultrabook) e agora o NovaGo, o primeiro notebook “Always Connected” com processador Snapdragon 835 e Windows 10s (com opção de upgrade gratuito para o 10 Pro):

Medindo aproximadamente 31,6 x 1,49 x 22,1 cm (LxAxP fechado) e 1,39 kg de peso, o NovaGo é um notebook 2-em-1 do tipo “Yoga” ou seja, além dos modos desktop e tablet, ele também pode assumir outros modos como o notório display…

… e tenda:

Internamente ele vem equipado com um processador Snapdragon 835 de 2,6 GHz com aceleradora gráfica Adreno 540 de 710 MHz, 2 GB / 6 GB / 8GB de memória LPDDR4x de 1.866 MHz (soldada na placa) e disco SSD UFS 2.0 de 64GB / 128GB / 256GB. Ele é apresentado em um tom de cinza metálico que a empresa chama de Sky Grey.

Sua bateria do tipo Li-Po de 52 Wh tem autonomia estimada em até 22 horas de uso normal e ~30 dias no modo stand by.

Já sua tela LCD-LED de 13,3″ tem resolução full HD (1.920 x 1.080 pixels) e vem com uma câmera com resolução HD montada no topo. Interessante notar que sua interface de toque possui um curioso recurso “Intelligent palm-rejection” que não reconhece o contato da palma da mão com a tela como um comando de toque:

Seu teclado (retroiluminado) segue o estilo visual da empresa sendo que o seu touchpad também integra o sensor biométrico do mesmo tipo usado em smartphones:

Com relação à suas portas de comunicação, o destaque fica por conta do seu modem Gigabit LTE Qualcomm Snapdragon X16 equipado com uma antena MIMO 4×4 com velocidade de download de 1 Gbps e upload de 150 Mbps.

Além disso, o VivoGo também vem equipado com Wi-Fi 802.11a/b/g/n/ac com antena 2×2 MIMO.

No lado esquerdo do portátil ficam o LED de carga da bateria, a entrada de energia, duas portas USB 3.1 do tipo A e outro LED de estado indicando o modo “avião”:

Já do lado direito ficam o botão de liga/desliga, controle de volume, saída de áudio/microfone, HDMI e o slot para cartão nano SIM e um cartão microSD do mesmo tipo usado em smartphones:

No geral, trata-se de um produto de desenho bem convencional com foco mais para o lado prático do que para o estiloso (como o Envy x2 da HP).

Com relação ao seu desempenho, tivemos a oportunidade de rodar rapidamente o WebXPRT cujo resultado foi o seguinte:

A primeira vista, trata-se de um desempenho modesto mas precisamos levar em consideração que se trata de uma plataforma que trabalha diferente do x86 cujo foco está mais na conectividade e autonomia de bateria do que força bruta propriamente dita, um assunto por sinal que iremos abordar com calma em outro post.

Fiquem ligados!

Disclaimer: Mario Nagano viajou para o Havai a convite da Qualcomm, mas as fotos bacanas, opiniões brilhantes e piadinhas infames são dele mesmo.

Nota do Editor-Chefe: título e URL foram corrigidas às 21h40 para o número correto do processador (835, não 845)

Sobre o autor

Mário Nagano

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World.
Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

Disclaimer: o ZTOP+ZUMO tem links de afiliados com a Amazon e pode ser
remunerado caso você clique em links neste artigo e compre algo.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos