ZTOP+ZUMO 10 anos!

Hands-on: Asus Fonepad 7 (segunda geração)

Equipado com um processador Intel Atom dual-core de 1,6 GHz, o novo Asus Fonepad 7 chega ao mercado para atender aqueles interessados num tablet Android de 7″ que faz um pouco de tudo, inclusive chamada telefônica. 

No Mobile World Congress de 2013 a Asus anunciou o Fonepad, um tablet com tela de 7 polegadas que chamou a atenção por ser um dos primeiros tablets x86 com Android e também por ser capaz de fazer ligações de voz.

Para nós parecia um interessante valor adicional, mas que não foi recebido com muita simpatia por outros, já que eles estranharam a idéia de colar um tablet na orelha para fazer uma ligação de voz. Mas cá entre nós, nada que não possa ser resolvido com um fone de ouvido Bluetooth.

Asus_fonepad_original

Fato é que apesar do seu processador Intel Atom Z2420 (um chip single core de 1,2 GHz com HT) ser bastante eficiente no consumo de energia, seu desempenho não é de saltar aos olhos — ao ponto de a própria ASUS reconhecer isso e ter lançado logo em seguida uma versão mais ligeira equipada com um Atom Z2460 (outro single core de 1,6 GHz com HT) com 32 GB de armazenamento interno, o dobro do original que vinha com apenas 16 GB.

A má notícia é que essa versão nunca chegou no Brasil (boo!). Já a boa notícia é que a Asus parece estar se redimindo dessa ausência com o pronto lançamento de uma versão “New & Improved” desse tablet  (yaaay!) que chega hoje ao nosso mercado — o Fonepad 7 (modelo ME372CG), com preço sugerido de R$ 999 desbloqueado no varejo.

Asus_fonepad_7

Ah, sim… Cuidado para não confundir esse novo modelo com o anterior do ano passado, já que no site da Asus  o Fonepad original está sendo chamado simplesmente de “Fonepad” (sem o 7 no final).

Mais do que uma simples atualização, o Fonepad 7 é um produto praticamente novo, tanto por dentro quanto por fora.

Além do novo visual, a grande novidade fica por conta do uso do processador Intel Atom Z2560 codinome Clover Trail+ anunciado durante o MWC 2013 em Barcelona. 

Trata-se de um SoC dual-core de 1,6 GHz com HT (= 4 threads) integrado com uma aceleradora PowerVR  SGX 544MP2 de 400 MHz  que a fabricante afirma oferecer o dobro de desempenho e o triplo da capacidade gráfica (se comparado com seus antecessores) sem comprometer o consumo da bateria. 

Observamos, porém, que esse chip não é o novo Atom Z3740 “Bay Trail”, um chip com desempenho ainda melhor que a Asus já usa no Transformer Book T100.

Fora isso, também merecem destaque a nova câmera traseira de 5 megapixels suporte para redes 3G+ (DC-HSPA+ com velocidade de upload de 5,76 Mbps e 42 Mbps de download) e cartões microSD padrão SDXC (que aumenta sua capacidade máxima de armazenamento para 64 GB). Em contrapartida, a Asus resolveu trazer para cá a versão com apenas 8 GB de armazenamento interno (booo!), enquanto que lá fora haverá versões com 16 GB e 32 GB.

As principais diferenças entre os dois Fonepads podem ser vistas na tabela abaixo, onde as células na cor verde indicam uma vantagem real e as em amarelo um empate técnico.

Asus_fonepad_7n_comparado2e

Montado no Brasil pela Foxconn, o Asus Fonepad 7 vem embalado em uma caixa bem simples e sem muita frescura:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ao abri-la, podemos ver que o produto vem protegido por num envelope de plástico, com sua tela coberta com um filme estampado com alguma propaganda (o que pode ajudar na sua exposição nas lojas) que pode ser facilmente removido sem deixar resíduos. Note a aba com uma seta branca no canto direito da caixa que ajuda a retirar o tablet da caixa…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

… o que revela o pacote de acessórios, formado pela documentação impressa (manual e garantia), cabo micro USB 2.0 (o mesmo usado em celulares), ferramenta de abertura do slot SIM e uma fonte de alimentação (modelo S11C18tBT) com entrada de 100~240 v/50~60 Hz e saída USB de 5 volts x 2,1 ampéres, potência mais que suficiente para alimentar outros smartphones e tablets, incluindo aqueles mais fominhas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Uma sacada bem interessante (e super útil) desse pacote — e que a primeira vista pode passar desapercebido (a não ser que você tenha o hábito de chacoalhar a caixa de cabeça pra baixo pra ver se cai mais alguma coisa) — é que o que parece ser um pedaço da embalagem…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

… é na verdade um pequeno suporte para o tablet (uia!):

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Tudo bem que seu seu design, material e acabamento é simples, mas ele é rígido o suficiente para manter o tablet de pé ou de lado de maneira firme e estável — e cá entre nós, isso é muito melhor do que nada né? 🙂

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Quando colocados lado a lado, podemos ver as diferença no visual do Fonepad original (à esquerda) e do Fonepad 7.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Clique para ampliar

A tela LCD IPS  de 7″ de 800 x 1.280 pixels e ângulo de visão de 178° é a mesma nos dois modelos. Elas são protegidas por uma camada vidro temperado que não é indestrutível (assim como o resto do seu corpo, diga-se de passagem), de modo que o consumidor deve evitar qualquer tipo de batida ou queda, sob o risco de destruir o equipamento (nosso colega Flávio Xandó descobriu isso da pior maneira):

Outra mudança bem significativa do novo Fonepad 7 é o seu sistema de áudio, que deixou de ser mono com saída por trás e passou a ser estéreo com os falantes frontais posicionados nas bordas da tela. Segundo a Asus, esses falantes utilizam tecnologia SonicMaster, o que proporciona uma melhor experiência sonora especialmente em aplicações de vídeo:

Asus_fonepad_7_fones Na parte trás podemos ver que a capa de alumínio fosco do Fonepad original foi substituída por outra de tom cinza super escuro (batizado de “Sapphire Black“), feita de policarbonato misturado com algum material brilhante que parece ser um tipo de glitter ou purpurina — um luxo!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Clique para ampliar

Esse efeito de brilho é ainda mais ressaltado devido ao uso de uma textura na forma de círculos que irradiam a partir do logo da empresa, como ocorre nos notebooks da marca (exemplo: os ultrabooks da linha Zenbook). O curioso é que esse acabamento não torna sua superfície áspera.

De fato, ela é lisa o suficiente para acumular (muuuitas) marcas de dedos, de modo que caso a intenção seja de não vestir o Fonepad 7 com  uma capa protetora, melhor ter por perto um paninho de microfibra para limpá-lo de vez em quando.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Falando nisso, a Asus já revelou a existência de uma capa específica para o Fonepad 7 — chamada Fonepad 7 TriCovermas ainda não temos informações se esse acessório chegará oficialmente no Brasil. Eu tenho minhas dúvidas, já que mesmo lá fora, as capas oficiais da Asus não são exatamente baratas.

Asus_fonepad_7_tricover1 Asus_fonepad_7_tricover2

Para mim, um dos maiores mistérios do Fonepad original é saber onde é que os projetistas estavam com a cabeça quando decidiram colocar os botões de liga/desliga e volume no lado esquerdo do tablet — uma posição bem desconfortável, a não ser que você tenha mãos de ogro ou seja canhoto. A boa notícia é que a Asus corrigiu esse problema no Fonepad 7 ao passar esses controles para o lado direito do portátil (yaaay!)

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Outras mudanças também ocorreram na sua base, onde o conector USB micro do Fonepad 7 (em cima) agora fica no canto esquerdo. Ao lado dele podemos ver um pequeno furo onde fica o microfone.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Clique para ampliar

Acredito que essa modificação deve ter ocorrido para abrir espaço para o alto-falante inferior. E como dissemos acima, o Fonepad 7 tem suporte para a tecnologia USB OTG (yaaay!), o que permite conectar diversos dispositivos, incluindo o novo Dual USB Drive da Sandisk.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Outra alteração muito bem-vinda é o reposicionamento da saída de áudio, que passou da base para o topo do tablet.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ele é compatível com o padrão CTIA/AHJ o que permite o uso de fones de ouvido com microfone, daquele mesmo tipo usado nos telefones celulares para atender ligações sem ter que tirar o aparelho do bolso.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A câmera traseira também recebeu um upgrade, passando de 3 megapixels para 5 megapixels com abertura f2.4 com autofoco, mas sem nenhum sistema de iluminação auxiliar como lâmpada de LED ou flash de xenônio. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Já a câmera frontal mantém a mesma resolução de 1,2 megapixel, o que permite capturar vídeos na resolução HD.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No seu lado direito podemos ver o sensor de luz ambiente e logo acima está o sensor de proximidade, que serve para reduzir o brilho ou mesmo desligar a tela do Fonepad 7 quando estamos colocamos o mesmo  perto do ouvido para fazer uma ligação.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Finalmente, o processo de instalar os cartões de memória flash e SIM card no Fonepad ficou bem mais simples, já que não é mais preciso abrir o tablet para acessar seus slots.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Em vez disso, o Fonepad 7 adota um sistema mais convencional na forma de aberturas laterais. No caso do cartão micro SIM, o slot fica no lado esquerdo e seu sistema lembra muito o sistema de gaveta muito usado nos smartphones. Para ejetar o mesmo é preciso usar um objeto fino como uma agulha, clipe de papel ou mesmo a própria “ferramenta” que já acompanha o produto:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Já o slot para o cartão microSD fica localizado no lado direito, logo abaixo do controle de volume.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O que nos chamou a atenção é que esse slot fica completamente exposto, de modo que quando sem cartão a abertura fica aberta para o mundo exterior e sujeita a entrada de umidade, pó e outras impurezas/contaminantes. E mesmo com o com um cartão instalado, nada impede que num momento de distração ele caia ou alguém possa retirá-lo sem sua autorização.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Com relação ao sistema operacional, o Fonepad 7 já vem com Android 4.2.2 “Jelly Bean” instalada de fábrica com upgrade  já confirmado para o 4.3 para breve. 

Sua interface com o usuário segue a filosofia da casa de evitar o excesso de maquiagem e frescura em favor de pequenas mudanças aqui e ali com o objetivo de melhorar (e não alterar) a experiência de uso do chamado Android “puro”.

Asus_fonepad_7_avisos

Por exemplo, além da tradicional barra de atalhos na base da tela, ao pressionar o ícone localizado a esquerda do comando de retorno, temos acesso a uma segunda barra de atalhos…

Asus_fonepad_7_main-screen

…  que pode ser usada para fazer ajustes rápidos na configuração ou invocar apps como calculadora, cronômetro etc.

Asus_fonepad_7_app_launcher

Outro bom exemplo é seu teclado virtual — que adiciona uma carreira adicional de números no topo do mesmo — e onde a função da tecla shift pode ser substituída pela ação de posicionar o dedo sobre a tecla e deslizá-lo para cima:

Asus_fonepad_7_teclado

O pacote de apps pré-instalados é na sua essência o padrão do Google, com algumas adições feitas por conta da Asus, como o AOLink, App Locker, Assistente de ConfiguraçãoAudio Wizard

Asus_fonepad_7_apps1

… Espelho, Parental Lock, Asus Splendid, Navegador Web (baseado no Safari 4), Press Reader

Asus_fonepad_7_apps2

Asus Story, Supernote e Asus WebStorage.

Asus_fonepad_7_apps3

O aplicativo de telefone é bem simples e direto, mas incorpora alguns recursos interessantes como gravador de ligações…

Asus_fonepad_7_phone_app

… e bloqueador de chamadas que também funciona para SMS:

Asus_fonepad_7_Call_Locker

Já o aplicativo de câmera é particularmente interessante porque ele tira bastante proveito da capacidade de processamento do Atom para gerar…

Asus_fonepad_7_camera

… efeitos visuais diversos como Panorama, HDR, animações em GIF…

Asus_fonepad_7_camera_modos

… dez filtros de cores diversos…

Asus_fonepad_7_efeitos

… e um modo “burst” que permite tirar até 100 fotos em sequência:

Asus_fonepad_7_camera_burst

Fora isso, a câmera também permite ajustar alguns parâmetros como balanço de branco, sensibilidade ISO, tamanho da imagem, entre outros.

Asus_fonepad_7_camera_ajustes

Apesar dessas melhorias, para mim a qualidade da imagem dessa câmera pode ser considerada “padrão” para um tablet, ou seja, ela é divertida, atende bem a necessidade daquelas pessoas que fazem fotos e/ou videos informais para subir na sua rede social favorita ou Youtube, mas não espere a qualidade de imagem de um Lumia 920/1020.

E com relação ao desempenho?

Não tive muito tempo para rodar testes no Fonepad 7, de modo que me limitei a dois benchmarks: o primeiro foi o WebXPRT 2013, que mostrou um ganho de desempenho de 92% desempenho do Fonepad 7 (237 +/- 17 a direita)  em relação ao seu antecessor (123 +/- 14 a esquerda):

Asus_fonepad_Webxprt_comp

Já nos testes de desempenho gráfico, podemos ver a superioridade do novo sistema (a direita — 6.489 pontos no 3D Mark em relação ao anterior (à esquerda — 2.153 pontos).

Sinta o drama:

Nossas conclusões:

O Asus Fonepad 7 representa um grande avanço em relação ao modelo do ano passado, corrigindo quase todas as suas limitações e esquisitices. Ele ficou mais veloz, ergonomicamente mais confortável coerente e tira o máximo proveito da plataforma Intel que, se ainda não é um big player neste mercado de mobilidade, também não deveria ser tratado com desdém ou ignorado.

O seu desempenho em multimídia é de encher os olhos e sua impressionante capacidade de sobreviver ligado no modo stand-by é algo notável de cair o queixo para um tablet da sua categoria.

Observamos porém que apesar de todas essas melhorias, ele ainda tem algumas incômodos, em especial no que se refere a sua resistência a maus tratos — em especial riscos, batidas e quedas. Não estamos dizendo que o produto vai desmontar de susto só por ele estar na sua mão e sim que ele deveria ser tratado com um certo amor e carinho, evitando por exemplo que ele caia de cima da mesa naquele chão de piso frio ou tome um belo banho de chuva junto com você e sua roupa.

Sob esse ponto de vista, o uso de qualquer tipo de capa protetora é recomendável, o que também ajuda a minimizar o problema de marcas de dedos no seu gabinete.

Com relação aos seus recursos de telefonia, eu tenho lá minhas dúvidas se alguém abandonaria o celular/smartphone para ficar apenas um Fonepad.

Porém, não podemos negar que se trata de um recurso muito interessante para quem trabalha na rua, como pesquisadores de campo, representantes comerciais, entregadores e até taxistas que podem tirar proveito de aplicações conectadas via rede 3G por meio de uma tela maior e mais confortável e que agora poderia adicionar a capacidade de fazer ligações de voz sem ter que tirar a mão do volante — e outra: quem faz muitas ligações de voz hoje em dia?

E, mesmo no uso pessoal, um tablet com telefone permite rodar aquelas aplicações antes restritas aos smartphones em especial aplicações de mensagens como SMS, Line, WhatsApp, etc.

Assim, eu digo que uma pessoa pode não sair de casa com o desejo de comprar um tablet com telefone, mas se encontrar um na loja, se engraçar com ele e seu preço estiver na mesma faixa dos concorrentes sem telefone, por que não levá-lo pra casa?

Finalmente, alguns consumidores podem até torcer o nariz para o fato de a Asus trazer apenas o modelo de 8 GB para cá e fazer umas caretas pelo fato dele não ter suporte para 4G.

De fato, nós também não gostamos muito de tablets com pouco armazenamento, mas isso também não é nada que um cartão micro SD de 8GB, 16 GB, 32 GB ou 64 GB não resolva. 

Fora isso, acreditamos também que essa decisão tenha ajudado a manter o preço do Fonepad 7 abaixo da barreira psicológica dos R$ 1 mil, o que significa que achamos até plausível que daqui a alguns meses, poderemos encontrar esse tablet em ofertas-relâmpago no comércio eletrônico com bons descontos.

Com relação ao 4G, eu acho que esse recurso ainda não é relevante neste exato momento onde a oferta dessa rede ainda é limitada aos grandes centros urbanos.

E, no mercado de tablets onde o modelo novo e desejado deste ano é o antigo e desprezado do próximo, podemos até especular que, se houver realmente um crescimento da oferta e popularização das redes 4G nos próximos anos, a Asus irá com certeza responder com um novo Fonepad 4G ou até alguma outra coisa ainda melhor.

Fiquem ligados!

Ainda em tempo:

Acabamos de receber a informação (20/02/2014) de que a atualização do firmware do sistema para a versão V5.1.6 está disponível para download via OTA o que inclui a versão 4.3 do Android:

Asus_fonepad_7_atualizacao1Caso o usuário confirme essa opção, o download do pacote tem início…

Asus_fonepad_7_atualizacao2ajpg

… e terminado o mesmo o sistema pergunta se o processo de atualização pode ser iniciado.

Asus_fonepad_7_atualizacao3

Se tudo ocorrer de acordo com o esperado…

Asus_fonepad_7_atualizacao4

…a nova versão pode ser checada no menu de configuração na opção “Sobre o Tablet” (antes à esquerda, e depois à direita):

Asus_fonepad_7_atualizacao5a

Clique para ampliar

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Sidney Pontes 17/02/2014, 23:32

    o suporte com fones de celular com microfone é algo que faz falta no fonepad original. o som nao sai alto quando vc usa fones de celular a não ser que o botão do mic esteja pressionado. o curioso é que utilizando um fone de ouvido do iphone vc pode pausar o youtube,avançar o player de música,etc.

  • lucianojs 18/02/2014, 07:42

    Mais um excelente review, a equipe editorial do ZTOP está de parabéns.

  • Sidney Pontes 19/02/2014, 07:54

    estou escrevendo este post de um fonepad do modelo antigo graças as recomendações do ztop. neste ultimos meses estou feliz com o aparelho. as questões de desempenho não me incomodam,ja que não jogo no tablet.quanto as questões de telefonia,as vezes que usei como telefone foram dentro de casa, com fones de ouvido, e é esse ponto que me incomoda: pelo que li no manual o fonepad não aceita fones de ouvido com microfone, como os que sempre vemjunto

  • Mario Nagano 22/02/2014, 08:52

    Aparentemente não melhorou muito (~25 fps). Dei uma olhada nas propriedades de um dos vídeos que fizemos e as informações disponíveis são as seguintes:

    ID : 1
    Format : AVC
    Format/Info : Advanced Video Codec
    Format profile : Baseline@L4.1
    Format settings, CABAC : No
    Format settings, ReFrames : 1 frame
    Codec ID : avc1
    Codec ID/Info : Advanced Video Coding
    Duration : 701ms
    Bit rate : 12.3 Mbps
    Width : 1 920 pixels
    Height : 1 080 pixels
    Display aspect ratio : 16:9
    Frame rate mode : Variable
    Frame rate : 25.691 fps
    Minimum frame rate : 25.583 fps
    Maximum frame rate : 25.788 fps
    Color space : YUV
    Chroma subsampling : 4:2:0
    Bit depth : 8 bits
    Scan type : Progressive
    Bits/(Pixel*Frame) : 0.230
    Stream size : 1.02 MiB (56%)
    Title : VideoHandle
    Language : English
    Encoded date : UTC 2014-02-15 15:05:38
    Tagged date : UTC 2014-02-15 15:05:38

  • Orlins Junior 07/05/2014, 14:02

    Também adquiri um fonepad do modelo antigo, graças as recomendações do ztop. Gostei muito das melhorias dessa nova versão. Compraria novamente.

    No início deste ano começou a aparecer um defeito na bateria nos fonepads anteriores, como o que eu adquiri. Ele para de recarregar e o sistema não consegue identificar se a bateria está carregada ou não (fica uma interrogação no ícone da bateria). Já começaram a aparecer reclamações no “Reclame Aqui”, como esta: http://www.reclameaqui.com.br/8112935/asus/fonepad-asus-nao-carrega-bateria. E, pelos depoimentos, a assistência técnica é uma lástima…

    No meu aparelho consegui resolver o problema com a dica desse vídeo no youtube: https://www.youtube.com/watch?v=PXcQgpISSi8. A solução resume-se a abrir o tablet e desconectar e reconectar a bateria. Algo bem simples.

    Fica a deixa se alguém mais estiver passando pelo problema.