ZTOP+ZUMO

Android: como funciona o upgrade (para um fabricante)


Oh, produtos e seu tempo de mercado. Vivemos na ansiedade de ter sempre o produto mais recente e, no caso de um smartphone com Android, a versão mais nova do sistema operacional. Mas nem sempre isso é possível, por motivos técnicos, políticos ou operacionais.

Já que a negativa inicial da Motorola em atualizar o Milestone do Android 2.1 para o 2.2 se transformou em “vamos reavaliar a situação“, quis entender o que leva um fabricante a liberar (ou não) o upgrade de um aparelho para um Android mais novo.

Conversei agora com Edson Bortolli, diretor de produtos móveis da Motorola Brasil, para entender exatamente como funciona o processo do upgrade e ver o que falta pro usuário brasileiro ter o Froyo rodando no seu Milestone.

Zumo – Quando o Google libera um novo sabor de Android, como é feita a decisão pelo upgrade?
Edson Bortolli –
É preciso adaptar o software para o país e para a operadora, já que cada um tem seus recursos únicos. Depois disso, é preciso homologar o pacote final com o Google e com a operadora. No varejo, é mais simples, já que não passa pela operadora e vai direto para o nosso site. Só que a implementação de um upgrade depende de critérios de performance (KPIs) definidos pela Motorola.

Zumo – E quanto tempo demora esse processo?
Bortolli –
Com o software na mão, a grosso modo, de 4 a 6 meses para um salto de release. Algumas vezes fazemos o desenvolvimento em paralelo (lembra que o Milestone foi o primeiro Android 2.0 quando os concorrentes ainda estavam no 1.5), ocorre o desenvolvimento de features em paralelo de um produto com release. Tudo depende, também de um processo de escalonamento.

Zumo – Como a Motorola escolhe qual produto que recebe o upgrade de software?
Bortolli
– Primeiro precisamos checar se o produto é compatível com o update. Se memória, processador são compatíveis, por exemplo. Outra questão é o interesse do mercado pela atualização. A mudança do 2.0 para o 2.1 não teve grande interesse ou demanda no Milestone, mesmo com o hardware compatível.

Zumo – E como a Motorola vê as ROMs alternativas que já trazem o upgrade para os aparelhos?
Bortolli –
O aparelho é da pessoa. Se o software não é validado pela Motorola, ela pode fazer o que quiser, não vamos restringir. Ela vai, atualiza e pronto. Agora os 35 macro itens de desempenho que verificamos podem ser afetados, e esse upgrade alternativo pode melhorar ou piorar o produto do consumidor.

Zumo – Já que a Motorola decidiu reavaliar o upgrade do Milestone no Brasil, existe um cronograma para liberação do Froyo para o consumidor?
Bortolli – Na semana que vem teremos um cronograma de atualização implementado. Um fator muito importante aqui é o ciclo de vida do aparelho, não adianta programar o lançamento para meados de 2011, por exemplo. Mas os sinais da atualização são positivos. Esse cronograma também vai levar em consideração os demais aparelhos, vamos ver qual é factível lançar a atualização ou não.

Zumo – E o Milestone 2, quando chega?
Bortoll
i – (desconversa e dá risada ;))

Nagano comenta: Achei interessante a colocação do Bortoli no sentido de deixar claro que o Android apesar de ser baseado no Linux, não é um Ubuntu da vida que qualquer um pode baixar da rede, instalar no seu PC e seja ou que Deus quiser (ou o Diabo permitir).

Acredito que o problema que é que a Motorola — acostumadas com seus Razr da vida — talvez enxergou seus smartphones com Android de maneira meio “limitada”, ou seja, como um produto finalizado e pronto para consumo — caso do Flipout com Motoblur (uma simbiótica camada de software grudada no Android) — e não como uma plataforma computacional que convive com melhorias constantes, fato que só ficou bem claro depois que eles consquistaram os corações e mentes dos geeks e entusiastas com um produto matador, o Milestone (curiosamente o único a não vir com Motoblur).

Fora a Apple — que mantém total controle sobre sua plataforma de hardware e software — não me lembro de ter visto algum usuário de smartphone/PDA com Windows CE, Maemo ou mesmo Symbian reclamar que não pode atualizar o SO de seu equipamento para uma versão mais nova. Sob esse ponto de vista será que o Google não está exagerando um pouco na sua estratégia de anunciar uma nova versão do Android a cada seis meses?

E digo mais: por acaso existe a mesma movimentação/pressão/burburinho em cima de outros fabricantes de Android como a Dell, Samsung, Sony ou ZTE? — Será que eles tratam melhor seus usuários ou eles simplesmente nem tocam nesse assunto?

Nuff said.

Caros leitores,

Acompanhando o desenrolar dos comentários e vendo que os argumentos já começavam a ficar repetitivos, resolvemos por bem bloquear novos comentários.

Mais esclarecimentos aqui.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Leonardo 30/08/2010, 16:01

    Tenho certeza que não sou o único ansioso pela atualização oficial do froyo para o Milestone. A Motorola precisou deste aparelho para restaurar sua imagem perante o consumidor, e agora não pode deixá-lo na mão!

  • Bardelli 30/08/2010, 16:05

    Opa… muito bom saber disso. É sinal que o barulho feito não foi a toa, e foi percebido pela Motorola.

    • Bruno Emanuel 30/08/2010, 17:52

      Será?

      • Fabiano 30/08/2010, 19:56

        É esperar pra ver. Pelo que o cara falou na entrevista, semana que vem (será mesmo?).

  • @augustocvc 30/08/2010, 16:11

    Poxa mesmo sem querer querendo ele podia deixar escapar a resposta da última…

    • Igor Gutierrez 30/08/2010, 16:33

      Vc ainda teria coragem de comprar o Droid2 mesmo depois de tudo isso? Tá vendo Motorola, pode zuar a gente que ainda vai ter quem compre seus aparelhos!!!

      Abs

      • Fabiano 30/08/2010, 19:57

        Sou dono de um Milestone – da Motorola, não compro mais nada!

        • Alisson 31/08/2010, 15:36

          São 2 comprei um milestone tem um mês, ainda bem que eu tenho meu 3gs aqui, por um momento durante este mês eu cheguei a afirmar "olha esse celular, agora sim a apple vai ter que rebolar!!", arrependi demais, devia ter esperado, o iphne 4 ta ai, e olha que depois do v300 eu tinha prometido que meu dinheiro essa empresa não via, 6 anos depois fui confiar, tomei no #$#$#@# de novo.

          • Alisson 31/08/2010, 15:42

            Enquanto eu estava escrevendo o comentário acima chegou aqui em casa a base do milestone que eu comprei na net, aff ainda investi em um celular que ficou obsoleto em um mês.

  • marcaohurodovich 30/08/2010, 16:18

    Eu gostaria de saber porque a motorola só fala do Milestone , como se SO ELE EXISTISSE !!

    Não estamos só falando de mudar do "2.1 para o "2.2"… Estamos falando de outros aparelhos com a versao 1.5 (DEXT) !!!
    Sendo que, no site "OFICIAL", já haviam dito que teria o update!!!
    Vcs só podem estar de brincadeira…

    • @motoFAIL_BR 30/08/2010, 21:40

      não só o Dext como o Backflip, Quench e tb o i1!
      eu juro q tb ñ entendo pq diabos só se fala no Milestone. Eu já tentei unificar a causa, falando que devemos sempre nos referir as atualizações como um todo, mas não adianta. Sem contar que q campanha que iniciei foi por tds os modelos prometidos, não apenas o Milestone. Os que tem Android 1.5 são os estão sendo mais prejudicados com a não-atualização. Vários apps ñ são compatíveis, o OS é mais lerdo, tem recursos mais limitados, etc.

    • rodrigo j. 31/08/2010, 15:08

      isso pq o dext na Claro, única operadora que o comercializa, é mais caro do que o milestone! Podem ir lá conferir!

      A motorola vai tomar um tombo brasileiro q nunca mais vai esquecer!

      Ah…mototv é o cacete, eu quero a atualização prometida pro meu Dext!

    • Cristian 02/09/2010, 01:30

      O protesto começou por causa do milestone, se vc tem um DEXT, faça igual nos donos dos milestones fizemos, protestos pra aparecer em todos os lugares.

      • @motoFAIL_BR 04/09/2010, 14:24

        não, não começou só com o milestone. assim que a notícia saiu na net, eu saí caçando pessoas reclamando da motorola e tinha gente reclamando ñ só pro milestone, como pros outros aparelhos e daí nasceu o @motoFAIL_BR. e por favor, ñ me venha com essa de "faça igual nos donos dos milestones fizemos, protestos pra aparecer em todos os lugares." só mostra como a campanha acabou sendo apropriada pelos donos de milestone como vc.

  • Eduardo 30/08/2010, 16:20

    Não vejo nada positivo nisso, só mais uma desculpa para enrolar mais tempo. Só vou confiar novamente na Motorola no dia em que ver o Milestone, Quench e Dext atualizados.

  • Bruno Emanuel 30/08/2010, 16:23

    Não entendo quando ele fala em regionalização, já que já tem traduação para o pt_BR. E quanto a recuperar o mercado, eu, como cliente, não repetirei o pecado tão cedo, eles perderam um cliente.

  • Ismael 30/08/2010, 16:25

    Para mim a imagem da Motorola ficou muito ruim com esse episódio, mesmo depois de mudar (um pouco) o discurso.

    Mudar só por pressão continua sendo mal sinal. Por que fica a impressão que toda vez que sair outra versão, vai ter de haver choradeira de novo.

  • Bruno Emanuel 30/08/2010, 16:57

    E vale lembrar, que ela ainda está analisando a possibilidade, mas, pra mim, tá só esperando a poeira baixar.

  • Allan Ferreira 30/08/2010, 16:59

    Nós usuários do Milestone, Dext, Backflip, Quench, i1 continuaremos com a campanha até que a Motorola apresente seu cronograma de atualização. A campanha #motofail e #motorolafail vai continuar e já temos apoio em vários países da América Latina. Se você é usuários dos aparelhos acima visite http://www.motofail.org, siga @motofail e @motofail_br e use a hashtag #motofail em seus tweets.

    • KKITA 03/09/2010, 08:55

      Eu quero pelo menos o 2.1 no meu Quench….
      #motorolafail

  • Fabio 30/08/2010, 17:04

    "O aparelho é da pessoa. Se o software não é validado pela Motorola, ela pode fazer o que quiser, não vamos restringir."

    E A PORCARIA DO BOOT LOADER COM TRAVA, AONDE ENTRA NESTA HISTÓRIA? Se nao fosse isso, eu já teria 2.2 faz tempo e tava nem aí para a Motoenrrola.

    • @joauricchio 30/08/2010, 18:23

      Eu não tive nenhum problema para atualizar meu Milestone para 2.1. Sónão coloquei 2.2 pq não achei ROM estável para nossa região.

      Inclusive, coloquei JIT, BUSYBOX e instalo meus apps no SD.

      Pode ser um problema do seu aparelho.

      • hamiltoncolares 30/08/2010, 19:29

        @joauricchio A 2.1 que você colocou foi liberada pela própria Motorola. O Fabio, provavelmente, está se referindo a ROM's de terceiros, ou comunidades de desenvolvimento como Cyanogen. Esta não podemos instalar por causa do Bootloader assinado da Motorola. E isso joga por terra a afirmação citada pelo Fábio. Realmente não podemos fazer o que quisermos com nosso aparelhos. A Motorola nos impede de instalar a ROM que quisermos. Isso não acontece com o irmão americano do Milestone por exemplo, o Droid. Seria uma forma muito simples de a Motorola deixar a grande maioria dos usuários que se mobilizaram pelo update felizes com ou sem update, pois assim eles poderiam "resolver" suas vidas sozinhos.

  • mak 30/08/2010, 17:04

    Impressionante o descaso dos fabricantes com o $$$ investido pelo usuario. @MOTOFAIL rulez… tenho um milestone e sabequando terei outro motorola? JAMÉ!!!

  • Taniel 30/08/2010, 17:07

    Não vejo nada positivo nisso, só mais uma desculpa para enrolar mais tempo. Só vou confiar novamente na Motorola no dia em que ver o Milestone, Quench, Dext e o Backflip atualizados[2].

    • @motoFAIL_BR 02/09/2010, 01:30

      não conseguiria confiar na Motorola só por ver ela atualizando esses aparelhos. primeiramente q isso só teria acontecido por causa da pressão da campanha que estamos fazendo, qnd eu acho q se vc promete algo, vc cumpre, nós ñ deveríamos ter que passar por td isso. o problema é ainda maior qnd essa promessa se torna uma propaganda enganosa, fazendo com q mtos comprem seus aparelhos pq vc disse q ia atualizar e vc ñ o faz. é preciso entender q os smartphones são mini computadorzinhos, necessitam de atualização constante, ñ só por causa da versão do OS, mas principalemnte para a correção de bugs, e ignorar isso é ridículo. só mostra que vc foi oportunista ao apostar no Android, mas nem se deu ao trabalho de fazer a sua obrigação, sua lição de casa que é no mínimo compreender o funcionamento, assim como o comportamento do nicho de quem o compra. e isso td é traduzido no modo como eles encaram as redes sociais das quais eles participam. redes sociais são canais de comunicação e uma das características principais dela é a interação e no caso de empresas, feedback. e ñ tô falando de um feedback que demora um mês, pq isso ñ é feedback. pq qnd uma empresa usa uma rede social, pressupõe-se que ela está tentando se aproximar dos seus consumidores, e se vc usa as redes sociais como um quadro de avisos, isso só mostra que da msm forma q vc foi oportunista em adotar o Android, e ñ fez sua lição de casa, vc faz a msm coisa com as redes sociais. ou seja, nesse ponto a motorola é bem coerente, mas ñ de uma forma boa. e chamar de oportunista é até errado, pq a motorola tava capengando e já caindo e resolveu apostar no android, msm pq, ñ sei se tinha mais alguma alternativa além dessa. e aí dps de td isso, realmente ñ consigo entender como eu poderia confiar na motorola pelo simples fato dela atualizar esses aparelhos, q ao meu ver, devia ter sido feito s/ nd disso ter acontecido.

  • John 30/08/2010, 17:08

    sei que cada um tem que defender a empresa que trabalha, mas tem alguns pontos que Edson Bortolli distorceu, que devem ser levados em consideração…

    o Milestone é concorrente do iPhone 3GS, o iPhone 3GS tem atualizações até a ultima versão atual do sistema da Apple, logo a Motorola me diz que o Milestone é ruim e não pode receber a ultima versão, então me recomenda o 3GS que já foi atualizado para a ultima versão? Todos sabemos a resposta, já que no mundo todo o Milestone foi atualizado e o Milestone tem um ótimo hardware…

    "Zumo – E como a Motorola vê as ROMs alternativas que já trazem o upgrade para os aparelhos?
    Bortolli – O aparelho é da pessoa. Se o software não é validado pela Motorola, ela pode fazer o que quiser, não vamos restringir. Ela vai, atualiza e pronto. Agora os 35 macro itens de desempenho que verificamos podem ser afetados, e esse upgrade alternativo pode melhorar ou piorar o produto do consumidor."

    com todo respeito, isso é mentira, a Motorola já ameaçou entrar na justiça contra quem hospedava as ROMs alternativas, além de que "o novo Milestone" (droid X) tem um sistema que queima o celular se usar uma ROM não oficial… então o aparelho é ou não da pessoa? Eu sou a favor dela perder a garantia, já que realmente dependendo do caso pode avariar, mas a pessoa deveria escolher…

    É por essas e outras que a HTC é a melhor fabricante, pode até não atualizar pra última versão todos os seus telefones, mas ela não implica com os hackers q fazem isso.

    • Bruno Emanuel 30/08/2010, 17:49

      Com todo o respeito, mas, acho que a reportagem não foi imparcial, de certo modo até favorável à Motorola.

      • mnagano 30/08/2010, 20:51

        Se no meio de todo esse disque-disque em cima da Motorola tivemos a idéia de ouvir o outro lado e perguntar para a empresa como essa história de upgrade funciona — e eles gentilmente nos responderam — acho que sim… somos realmente imparciais.

        • Xinuo 31/08/2010, 16:15

          Ué! a pergunta do final favorece a estratégia da Motorola. Percebe-se que o entrevistador está fazendo o jogo dela por:
          – não retrucar a afirmação de que "o telefone é do consumidor ele faz o que quer"
          – perguntando quando sai uma nova versão.

          A pergunta poderia ser: "pq um consumidor da América Latina comprará um (outro) telefone da Motorola, se ela o trata como cidadão de segunda categoria?". Sobre o outro argumento está mais do que batido os motivos e o entrevistador não questionou a afirmação.

          Zumo FAIL

          O site não deve ser imparcial, deve buscar a ótica do consumidor. Nós somos consumidores e acessamos o site, pq viríamos aqui para ter a versão de uma empresa? Não queremos justificativas para o modo de uma empresa agir com o nosso mercado.

    • henriquem 30/08/2010, 18:02

      questão básica: cadê as novidades da HTC no Brasil? Só Samsung, Sony Ericsson e Motorola vêm mantendo políticas razoáveis de novos lancamentos…

      • @joauricchio 30/08/2010, 18:20

        Pois é…

        Essa síndrome de terceiro mundo é uma tristeza. O pessoal, frustrado com muitas decisões ruins (olha a eleição aí para acertar as contas…) desconta no primeiro alvo que aparece.

        Empresa boa é aquela que não dá a mínima para o Brasil, demora 15 anos para vender determinado gadget, cobra caríssimo e só deus sabe como será o suporte pós-venda.

        Ou, melhor ainda, é empresa que solta um produto X no mercado sem o menor compromisso com a perenidade de sua presença no Brasil ou pós-venda. Desde que tragam as navidades a preços violentos, tudo bem, né?

        A Motorola precisa ser encarada como empresa. É assim que as coisas funcionam no mundo real, em que as empresas não são endeusadas como times de futebol ou religiões.

        Não teve procura? Qual o objetivo então de investir recursos e tempo em um update? De um sistema de código aberto, diga-se de passagem, que permite que qualquer programador habilidoso compile a nova versão…

        Sim alguns argumentarão: ah, mas se tem lá fora, precisa ter aqui. Ok. Então, vamos entrar em guerra com todos os benditos fabricantes do mercado, que lançam produtos bugados e nem se dão ao trabalho de corrigí-los.

        As empresas que investem em lançamentos bacanas a preços compatíveis com a realidade brasileira e mundial precisam ser tratadas com respeito. Sem esquecer, é claro, das mancadas.

        Quem está com raiva também precisa ter uma conversinha com sua operadora. Afinal, é a ponta que efetivamente faz mais dinheiro. E quais delas mesmo apoiaram o 2.1? E o 2.2, alguém falou alguma coisa? Será que absolescência que tanto revolta alguns não é uma prática perpretada pelas operadoras?

        Opa, então, nesse cenário, a Motorola não é o único alvo?

        Aqui não temos a menor vontade de endeusar nem satanizar empresas pelo simples gosto da trollagem digital, tão simples e sempre usada de instrumento de pressão.

        A Motorola prometeu algo? Vamos cobrar junto com todos, é lógico. Mas daí a distorcer os fatos para se unir ao povo das tochas e forcados, criar hype furioso em cima de especulação, não, muito obrigado.

        Aqui preferimos a coisa de verdade.

        • Fabiano 30/08/2010, 20:00

          Eu também prefiro a coisa de verdade – se tem uma versão nova, tem que atualizar, de verdade, porque, na verdade, se a atualização foi feita de verdade lá fora, a verdade é que tem que fazer aqui, também!
          De verdade, temos os mesmos direitos do que os consumidores lá de fora. Se a empresa não vai nos respeitar de verdade, pode pegar as malas e ir embora.
          É verdade suficiente?

        • John 31/08/2010, 16:05

          A verdade é baseada em fatos então, então vamos a fatos:

          Se eu comprar meu celular desbloqueado, o que a operado tem a ver com ele? Por que vou culpar a operadora? Não encontro motivo algum…

          Querendo ou não o Milestone é concorrente do iPhone 3GS, o iPhone 3GS foi atualizado no mundo todo, o Milestone não, pq? Não somos importantes? Então q nem lancem celulares aqui…

      • John 31/08/2010, 16:10

        vc tem razão, mas a HTC é bem conivente com as atualizações não oficiais, não cria sistemas para queimar um fusível e inutilizar o celular se usar roms alternativas…

        se vc pesquisar um pouco vai ver que os primeiros celulares vendidos com android foram feitos pela HTC e, por incrível que pareça, é possível usá-los com a versão 2.2, extra oficialmente, mas prolonga e muito a vida do celular…

    • Thiagones 30/08/2010, 18:10

      HTC mal tem uma representação decente no Brasil…ah algum tempo liguei pra eles e parecia que estava falando com uma empresa de 3 funcionários.

      Acho que temos que ser justos… Mal ou Bem Motorola, Nokia, Samsung, LG ainda tem uma rede de assistências, atendimento e até são mais ligadas no nosso mercado

      • John 31/08/2010, 16:11

        nesse ponto não tem oq discordar de você, a Nokia tem um grande instituto de pesquisa no Brasil e anda vendendo muitos celulares com Symbiam por aqui, mas isso não quer dizer que sejam bons.

  • sylvio 30/08/2010, 17:31

    Sera que esse cara é diretor??? parece que ele não entende nada e outra, os outros aparelhos nao fala nada??? falou e nao explicou nada. lamentavel… e tem um iphone para comprar de 800 pilas 3GS… pior que gostei muito do android.

  • @oGabsPorto 30/08/2010, 17:41

    Mais uma vez esse blog está de parabens!

  • Thiagones 30/08/2010, 17:53

    Homologar é preciso! E eles tem toda a razão com essa questão. Mas temos alguns fatos que podem ser levados em consideração:

    01) Kpi´s são importantes. Mas uma vez que apenas a AL ficou fora, é com certeza um problema somente político.

    02) A procura do 2.1 foi baixa por quais motivos? Pelo que li, apenas a VIVO liberou a atualização via OTA. Usuários menos Geeks talvez tenham dificuldade em re-instalar todo o aparelho ou ainda instalar o software de atualizações da motorola. Isso tbm leva a outra questão: Novos aparelhos sairiam com o 2.2 de fabrica, aumentando a base. Atualiza quem quer. É só orientar.

    04) O Android 2.2 corrige um sério problema do Milestone, sua pequena memória principal. Conseguindo jogar os app´s para o SD, isso está praticamente resolvido.

    Dá pra dividir o público Android em 2: Os que compraram o aparelho apenas como um "Corby" diferente E quem entende de tecnologia e escolheu a plataforma Android não por acaso, porque conhece bem o que está comprando.

    A Motorola, como empresa, tem a recomendável tarefa de atender os dois públicos. O único risco que ela corre é ter sua imagem manchada entre muitos que formam opinião sobre smartphone, no caso, os que entendem disso.

    • John 30/08/2010, 20:12

      Assino onde? Isso, pessoas como eu compram para usar tudo que tem a oferecer, e geralmente, pessoas como nós que recomendam a compra de celulares caros…

  • @joauricchio 30/08/2010, 17:59

    Eu parto da premissa de que qualquer fabricante que afirma que o aparelho é meu e eu posso fazer o que quiser com ele, no aspecto de software, merece meu dinheiro.

    Tem que ter confiança no que fez para falar isso.

    • Bruno Emanuel 30/08/2010, 18:19

      O Problema é ela liberar isso, coisa que não ocorre, ele está faltando com a verdade quando faz tal afirmação, como citado anteriormente a Motorola está entrando com ação contra sites que hospedam ROM's.

    • John 30/08/2010, 20:14

      prometer em uma entrevista é uma coisa, fazer é outra totalmente diferente…

      leia… http://br-linux.org/2010/extrajudicial-motorola-n

  • Evandro 30/08/2010, 18:09

    A quem interessar possa, um abaixo-assinado listando as razões que acreditamos pertinentes para a Motorola realizar as atualizações: http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/689

    Att,
    Evandro

  • hamiltoncolares 30/08/2010, 19:35

    Seria muito bom se o diretor Edson Bortolli retornasse ao blog (que está de parabéns por ao menos conseguir uma palavra de alguém da Motorola) para replicar alguns comentários. Principalmente aqueles sobre a frase: "O aparelho é da pessoa. Se o software não é validado pela Motorola, ela pode fazer o que quiser, não vamos restringir.". Acho que está bem claro que a afirmação foi no mínimo infeliz ao ser dada em um veículo onde as pessoas sabem da verdade e de como realmente as coisas acontecem.
    Gosto da postura da Motorola de ao menos TENTAR explicar e se defender. Mas gostaria que ela fosse mais objetiva e clara com seus clientes. Sou do fã do meu Milestone e gostaria de ter motivos para comprar outros aparelhos da Motorola com Android, mas isso depende muito mais dela do que de mim.

    • John 30/08/2010, 20:15

      também gostaria

  • alex baule 30/08/2010, 20:49

    Como é ???? Instalo o que eu quiser de atualização de ROM alternativa? O usuario instala e pronto? Sera que ele esqueceu que a PORRA DO BOOTLOADER DO MILESTONE É TRAVADO EXATAMENTE PRA ISSO ????? Pra vc NÃO instalar roms customizadas !!!!!! Voce só instala uma rom assinada pela Motorola!

    Henrique, se eu fosse voce, perguntaria sobre essa questão do bootloader travado pra ele!

    E outra, a motorola notificou alguns sites que tinha ROM's alternativas para droid X para que os sites tirassem o download do ar…isso é o "voce pode instalar o que quiser, nao vamos restringir"…. muito mal contada essa historia, ficaram lacunas importantes nessa entrevista…..

  • Samfortal 30/08/2010, 20:55

    TUDO ISSO É BESTEIRA. A MOTOROLA VAI FAZER UPDATE DO MILESTONE NOS EUA PARA 2.2 E NO BRASIL NÃO. Pegue essas desculpas todas e jogue no lixo!

  • Nom4d3 30/08/2010, 21:07

    Com todo o respeito, mas essa entrevista foi paga pela Motorola? Só pode ser isso. Pq aqui só vemos o representante de uma empresa tentando abafar com panos quentes CLIENTES revoltados pela FALTA DE SUPORTE aos seus produtos.

    É complicado engolir essa qtde de coisas que sabemos não serem 100% verídicas.

    Em um momento o entrevistado diz que a Motorola precisa definir alguns critérios para decidir se o aparelho deve ganhar ou não uma atualização, porém em outro momento diz que o aparelho é do cliente e ele faz o que bem entende. A Motorola impede que instalemos ROMs personalizadas em nossos Milestones e vem dizer que podemos instalar o que a gente quer? Ameaça processar os criadores de ROMs que estão liberam um "quase" Froyo e vem dizer que podemos instalar o que a gente quiser?

    De 4 a 6 meses para criar um release? Faça me o favor!!!! O Droid já tinha Froyo 1 mês após o lançamento oficial e isso pq pegaram a ROM do N1 e portaram. E que merda eu tenho a ver com operadoras? O meu milestone é retail e estou pouco me lascando o que as operadoras pensam. EU sou sou cliente e não a operadora.

    Dizer que apenas 10% atualizaram seus Milestones é outra tremenda mentira! De onde veio essa informação para a Motorola? Já que eu não atualizei o meu Milestone nem via OTA e muito menos por aquele programa bugado que veio junto.

    Infelizmente essa informação não é regional, mas para o Google NINGUÉM mais usa Android 2.0 e isso já faz mais de 4 meses:
    http://developer.android.com/resources/dashboard/

    Uma última coisa, Android não é um produto para se empacotar e desovar aos clientes como algo final. O Android é um produto em constante desenvolvimento. A versão 2.2 corrige uma tonelada de problemas de segurança, performance e bugs chatos como despertador parar de funcionar e o som que inicia sozinho aleatoriamente. Um smartphone como esses devem ser sempre mantidos atualizados até que sua vida útil seja definida. Dizer que o Milestone já chegou ao fim de sua vida útil é pedir um processo nas costas por desovar produtos antigos aos seus usuários, já que a Motorola AINDA vende Milestone no Brasil a um preço abusivo por sinal.

    Seria tão mais simples se a Motorola fosse humilde e pedisse desculpas aos seus clientes e percebesse que erraram na maneira como estão tratando os aparelhos com Android. Uma mudança de postura em relação ao Android só atrairia mais clientes (unlock do bootloader e manutenção das versões do sistema). Mas da maneira como está rolando, a Motorola só está perdendo clientes. Eu, sou uma a menos nesse barco. Como já disseram antes, a Motorola se reergueu com o Milestone e se não mudar, vai afundar com ele.

    • mnagano 30/08/2010, 21:15

      Como sempre digo… quem me dera ter ganho um real toda vez que ouvi essa lenga-lenga de que pagaram a gente para publicar uma nota no Zumo.

      E cá entre nós… chamar um jornalista/veículo de comunicação de vendido não tem nada de muito respeitoso nisso.

      • @joauricchio 30/08/2010, 23:56

        Pô. se somos vendidos, os caras não pagaram!

        Mas o Nagano está coberto de razão.

        O lance aqui é contemporizar, analisar e discutir sob a luz dos fatos.

        Fazer corinho com turba enfurecida não é a nossa.

        Como não é a nossa ficar agradando empresa…

  • Fabris 30/08/2010, 22:04

    E quanto ao Flipout? Terá atualização pro Froyo?

  • Pedro 30/08/2010, 22:07

    Alguem avisa pro Bortolli que pouca gente fez update pro 2.1 no Milestone pq tah bugado via OTA.
    Parece que ele naum sabe, o bixim.

  • John 30/08/2010, 22:52

    "E digo mais: por acaso existe a mesma movimentação/pressão/burburinho em cima de outros fabricantes de Android como a Dell, Samsung, Sony ou ZTE? — Será que eles tratam melhor seus usuários ou eles simplesmente nem tocam nesse assunto?"

    o problema é a Motorola notificar sites q fazem roms alternativas, coisas q outros fabricantes ñ ligam… pq vc ñ citou a HTC?

  • John 30/08/2010, 22:53

    "Será que eles tratam melhor seus usuários ou eles simplesmente nem tocam nesse assunto?"

    esqueci…

    isso foi uma suposição querendo dizer q elas ñ tocam no assusto? pq sim, a Sony toca…

    • mnagano 31/08/2010, 06:53

      … e anunciaram hoje (30/08) que vão atualizar seus fones para a versão 2.1 entre o fim de outubro e início de novembro no Brasil:

      http://www.sonyericsson.com/br/preview/geral/a-at

      E o pessoal aqui se esgoelando pq a Moto ainda não foi pra versão 2.2.

      • John 31/08/2010, 10:16

        oq o pessoal reclama é que no mundo todo o Milestone recebeu a última versão, menos na américa latina…

        pra vc ter uma idéia o Quench que nos EUA tem a versão 2.1 aqui está com a versão 1.5, então nem aplicativos mais novos roda =/

  • @eddiecsilva 31/08/2010, 08:44

    Eu entendo que os consumidores de cada marca e cada aparelho possuem espectativas distintas frente ao produto que adquiriram.

    No meu caso, a compra do Quench foi baseada na espectativa que a própria Motorola gerou sobre a possibilidade de aproveitar novos recursos com uma atualização para uma versão mais recente do Android.

    E, indo um pouco além – a atualização é muito mais do que uma "comodidade" ela é necessária para corrigir problemas presentes na versão atual do Quench – citando alguns: impossível adicionar a conta do Picasa, lentidão impressionante na inicialização em determinados momentos, aplicações travando ou simplesmente parando de responder por alguns segundos, entre vários pequenos bugs que acabam tornando a experiência de uso bem menos prazerosa do que poderia ser.

    É fato que hoje existem diversos tipos de mercado para celulares – e com certeza quem investe em um produto como o Quench/Milestone/Dext/FlipOut não espera apenas "fazer e receber ligações".

    • John 31/08/2010, 09:02

      kra, te juro quero um Quench, mas como eu vou usar Android 1.5 os programas nem são mais compatíveis!!!!

  • Marcus 31/08/2010, 09:13

    Isso vamos defender a COITADA da Motorola que lucrou milhões com aparelhos bons mas um sistema obsoletos. Afinal eles NEM comentaram em nenhuma conferência que iriam atualizar seu aparelhos. Os coitadinhos só estão sendo crucificados, sem NENHUM motivo. Afinal pra que atualizar TODA a linha Android quando você pode jogar panos quentes "PENSANDO" em atualizar apenas o Milestone. Afinal os COITADOS só lançaram ele mesmo, o resto eles juntaram as peças que sobraram do milestone e criaram, pra que Atualizar os arremendos não é mesmo? ("Sarcasm….?")

  • Sandro Pina 31/08/2010, 09:22

    Por isto eu tenho um iphone original com atualização IOS 3.1 . Esta é a vantagem de um só fabricante de software e hardware.
    Sandro Pina

  • Gustavo 31/08/2010, 09:30

    Não vejo nada positivo nisso, só mais uma desculpa para enrolar mais tempo. Só vou confiar novamente na Motorola no dia em que ver o Milestone, Quench, Dext e o Backflip atualizados[3].

  • ochato 31/08/2010, 10:16

    O burburinho em torno do milestone é consequencia direta de sua popularidade e poder computacional.

  • @JosephDiniz 31/08/2010, 10:16

    A matéria esqueceu de um pequeno detalhe.

    O principal motivo da reclamação pública não foi o fato de não haver atualização para o Milestone, foi o fato de APENAS a América Latina ficar de fora da atualização.

    Foi o tratamento diferenciado que causou essa comoção.

    Eu não tenho mais planos de comprar Aparelhos da Motorola por isso. Caso não houvesse atualização no mundo todo eu ficaria calado mas não foi isso que ocorreu, todo o mundo recebeu a atualização mas nós ficamos de fora.

    A ENTREVISTA FALTOU ESSE PRINCIPAL

    E essa palhaçada de que o aparelho é de quem compra e pode-se fazer o que quiser só pode ser brincadeira com o consumidor. E o efuse ( http://tecnoblog.net/31305/droid-x-esse-aparelho-… ) é o que?

  • Ely 31/08/2010, 10:21

    Pelo menos já sabemos que o ciclo de vida do Milestone, na visão da Motorola, se encerra em meados de 2011. Deve ser quando vão lançar o Milestone 2, provavelmente.

  • Fabiano 31/08/2010, 13:09

    Algo me diz que é melhor apelar logo pro iPhone, mesmo que seja o 3GS – afinal, a Apple disponibiliza as atualizações para o mundo inteiro.
    Não, eu não gosto dessa coisa da Apple de controlar tudo, mas o Google também está exagerando em deixar a decisão de atualizar ou não para fabricantes e operadoras…
    Enfim, #motofail, #googlefail, #androidfail

  • Ricardo 31/08/2010, 13:54

    Parece um monte de criança gritando porque roubaram seus doces…,
    eu tenho meu milestone e estou esperando a atualização, daqui a semanas começa a sair celular com android 3.0, e ai? iram começar tudo de novo? daqui a 6 meses o 3.5 ou 4
    10% atualizou da 2.0 pra 2.1, dessas 5% só atualizou porque instalou o cd do fabricante…. tão reclamando de que?, o celular que temos no bolso foi o mesmo que compramos… você acha que a América Latina é descriminada, não vou nem dormir essa noite…rs
    Eu apóio uma empresa que é capaz de rever uma decisão, se não apoiam, vejam o apple que decidiu que não vai rodar flash e todo mundo gritou e não adiantou nada…
    Foi um prazer dar minha opnião.

  • Derni Borges 31/08/2010, 13:59

    Uma coisa curiosa me deixou pensativo: eles dizem que todo esse processo dura em média seis meses (a atualização). O problema é que o Google está lançando novas versões (e não apenas atualizações) a rodo, mais ou menos nesse mesmo tempo. É arriscado quando o Milestone for realmente atualizado para a versão 2.2 do Android, o Google lançar a 3.0.
    O Google poderia rever essa política de lançamento de novas versões do Android, evitaria muito esse problema.
    Lançaria atualizações, melhorias, correções de bugs, até ter algo realmente novo e, ai sim, lançar uma nova versão.

  • A. Medeiros 31/08/2010, 14:54

    Vamos ver se pra semana sai o calendário de atualização. Afinal de contas o milestone é um smartfhone moderno e não deveria ficar obsoleto com poucos meses de lançamento, se não como fica a situação dos consumidores finais, tem que atualizar.

  • Mólorota 31/08/2010, 15:04

    Essa Mólorota é de uma cara de pau tremenda. Eu queria saber onde se justifica essa conversa de performance quando sabemos que aperelhos com o mesmo hardware estão, nos EUA, recebendo os updates. Além de passar a perna no consumidor ainda presume que ele é burro.

  • Gustavo R 31/08/2010, 15:22

    Excelente background, ja havia visto, mas infelizmente estar por dentro dos ultimos acontecimentos não tem nada haver com background, pelo contrario, acho que quanto mais a pessoa se intera menos ela sai do seu ponto de conforto. E em momento algum disse "nenhum", disse sem conhecimento de causa. Todos sabemos que Executivo de empresa são os que menos sabem do tecnico, são os politicos que ficam andando de um lado para o outro com cara de ocupado e com reunioes que não levam a nada até o tecnico arranjar uma solução, por isso que o credito desta materia quanto a referencia do lado empresarial é praticamente nulo.
    Como pode se notar a maioria dos comentarios concordam que a entrevista foi mais um pano quente do que um parecer e por isso infelizmente voces estão sendo rechaçados. Pode-se culpar o movimento dos que estão reclamando e etc, mas existem mais de 1000 pessoas reclamando, ou seja, ha algo de podre no reino da dinamarca.
    No mais, desculpe pelas palavras truculentas, mas o ponto de vista permanace.
    Gustavo

  • Valério 31/08/2010, 21:15

    Tenho um Quench, pelo preço é um ótimo celular. Mas ao saber que a motorola desrepeita os brasileiros por lançar uma atualização somente para os estadunidenses, me fez decidir nunca mais comprar um produto desta empresa. Pois não é uma questão técnica é má vontade mesmo.

    Adeus motorola.

  • Jeferson 31/08/2010, 23:05

    Papo furado tremendo. #MOTOFAIL grandão. E o Zumo bem que podia ter perguntado especificamente do Dext, para o qual também já tem cronograma de atualização lá fora. A questão é a seguinte: vocês cairam mesmo nesse papinho? E como fica esse papinho frente a um cronograma que prevê atualizações lá fora e aqui não? Performance? Ah, qualé! Todos os corajosos usuários do DEXT que experimentaram uma ROM "não oficial" 2.1 não querem mais saber da original 1.5. E olha que basicamente as melhorias são correções de bugs! Mesmo aplicando o Motoblur, alegam que o parelho fica mais rápido e estável. Todos os usuários do Milestone que não aguentaram esperar e instalaram uma 2.2 dizem que o aparelho voa. Ou seja, esse lance de performance é conversinha prá boi dormir. A questão é meramente respeito ao consumidor. Lá fora, o chiado é maior e tem impacto financeiro importante. Então, melhor fazer o upgrade. Afeta a marca. Aqui dentro, opa, brasileiro não faz nada mesmo… Risco calculado é o nome disso.

  • dflopes 01/09/2010, 10:43

    Caracas, esse foi o post mais comentado do zumo??? Que bom que veio audiencia.

    Então, cheguei por ultimo e consigo comentar a partir dos comentarios anteriores:
    a) parabéns ao Zumo pela entrevista. Os editores tem seu ponto de vista e deve ser respeitado. Eles preferem uma empresa sediada no Brasil com suporte ao pós-venda.

    b) Eu só compro HTC, pois tenho liberdade para fazer o que quiser e não tenho problema algum. E qdo tenho, os técnicos de shopping já tem prática com esses aparelhos.
    – HTC Tytn II (Kaiser) de 2007 rodando com wm6.5 by XDA (só descascou as teclas cromadas)
    – HTC Touch Dual (Neon) quebrou a tela graças a uma queda. Comprei a tela no ebay por 30,00 obamas e sou feliz até hoje com ele.
    – Treo 750 (HTC Cheeta) tb ok, e esse é mais antigo (de 2006)

    c) Eu reclamei qdo a Palm não lançou o PalmOs 5 para o meu palmVx monocromático – ele veio com PalmOs3.5 e atualizou para PalmOs4. Ok. é brincadeira pois o Vx nunca aguentaria a v5
    – Tb reclamei qdo a Samsung não lançou o upgrade para WM6 do i321, e ele tem processador e memória suficiente para rodar, já que o Touch tem as mesmas specs (200Mhz e 64Mb RAM) – e como não era HTC, não tinha suporte do XDA
    – Tb reclamei qdo não veio o Maemo5 para n810. Mas a nokia liberou as configs e o povo liberou uma versão alternativa – que não intalei pois vendi o meu.

    Então, três coisas devem ser tiradas de tudo isso.
    a) Só compro XDA. Tenho liberdade para fazer o que quiser (o HD2 roda até android e o tre 750 tb roda WM6.5), as peças são baratas e os tecnicos já tem habilidade para conserta-los
    b) A internet permitiu que as pessoas gritassem mais alto. Deis três exemplos meus que nunca foram ouvidos aqui no Brasil…
    c) A motorola não deve ignorar um geek. Ele é chato, conhece os canais de comunicação, tem argumentos para reclamar e ele será os 10% que vão brigar para conseguir um update – e vão conseguir.

    Foi mal pelo post longo. E parabéns pela entrevista.

  • Hugo Leonardo 01/09/2010, 10:56

    O negocio não é que a Motorola tem obrigação de atualizar, mas os desenvolvedores de produtos de computadores (hardwares) não tem obrigação de atualizar o sistema, mas tem OBRIGAÇÃO de disponibilizar os DRIVER CERTOS do sistema atualizado.

    Se lançam o windows 7 a ASUS disponibiliza os drivers para termos um melhor desempenho de seus produtos e assim sucessivamente.

    Se tanto a Samsung ou Motorola, disponibilizassem os drivers para os smartphones, seria muito mais fácil, nós mesmos, atualizarmos nossos aparelhos sem depender deles.

    Faz overclock quem quiser e atualiza que quiser.

    SIMPLES.

  • @igorlewas 01/09/2010, 14:24

    Cadê a data para a atualização do Android 2.2 no Milestone???

    Tinha pensado em nunca mais comprar Motorola pela dor de cabeça que tive com outros produtos da marca.

    Resolvi dar uma última chance para a Motorola comprando o Milestone, mas estou começando a ficar arrependido com esta falta de consideração com os clientes.
    O pior é que fazem isso com o aparelho que é praticamente o "top de linha" da marca, não custa pouco e é comprado por um público usuário de smartphones. Imagina qual vai ser a recomendação deste público, quanto a Motorola, para os outros usuários de smartphones com quem tem contato? Simplesmente a Motorola está correndo o risco de entregar a categoria para os concorrentes!

    Se o Android 2.2 não vier (e logo) para o Milestone, Motorola nunca mais!!! Nem para mim e nem para quem pedir minha opinião!

    Não esqueça: Twitar #motofail para @motorola_br e @motorola_br. Siga @motofail. Vamos ver qual vai ser o final desta história.

  • @rizdroid 02/09/2010, 00:35

    Nagano, por favor, me poupe dos seus comentários sórdidos! Acorda! Dell & q tais são EXATAMENTE nada perto da oferta de Android da Motorola no Brasil.

    Quanto ao Bortolli (Motorola), se ele aceitar, poderemos criar um evento virtual, com a devida antecedência, para que ele responda a pessoas mais inteiradas sobre o Android.

    A propósito… pra dizer o mínimo… CRITÉRIOS DE PERFORMANCE??? Fala sério! Esses reboots aleatórios que assombram os usuários dos Milestone no mundo inteiro passaram por tais "CRITÉRIOS"?

    Por favor, NÃO FAÇA MAIS ISSO, para não comprometer a confiança que os leitores desse blog depositam no mesmo.

    Essa matéria é, definitivamente, ENVIESADA!!!

    abçs

  • @gustavohyla 02/09/2010, 01:17

    Parabéns ao blog estamos todos esperando o up, como Bortolli disse o aparelho desbloqueado é mais "simples" para ser atualizado, então poderiam agilizar a versão retail e largar um pouco a bomba nas mãos das operadoras, e lembrando que isto não é um problema exclusivo da Motorola, creio que os usuários do Sony X10 que tem um ótimo hardware não estão muito satisfeitos com 1.6 donut, com a exceção da HTC todos os fabricantes estão pecando nesta parte.

  • Hugo Leonardo 02/09/2010, 11:56

    Parabéns ao blog estamos todos esperando o up, como Bortolli disse o aparelho desbloqueado é mais "simples" para ser atualizado, então poderiam agilizar a versão retail e largar um pouco a bomba nas mãos das operadoras, e lembrando que isto não é um problema exclusivo da Motorola, creio que os usuários do Sony X10 que tem um ótimo hardware não estão muito satisfeitos com 1.6 donut, com a exceção da HTC todos os fabricantes estão pecando nesta parte.

    MAS JA PROMETERAM ATUALIZACAO PARA ESSES MESES AGORA.

    • @gustavohyla 02/09/2010, 14:59

      Será? vc já tinha ouvido algum fabricante tocar no assunto de atualização antes da campanha #motofail? creio q nao

  • Henrique Melo 02/09/2010, 17:32

    Droid hj é o celular do povão por isso ta essa poça na internet, se mais de 70% dos droids no Brasil ainda rodam a 2.0, isso indica que a maioria não se importa com as atualizações. Então pra que perder tempo e dinheiro. Só que agora os 30% estão reclamando, e da pior forma possível, na internet.

    Não vejo pra que ter representação da HTC no Brasil.
    Mas uma coisa eu concordo com essa bagunça que está sendo feita. Se o hardware permite, deve sim atualizar. Mas não faz sentido algum querem que um modelo com processador e espaço interno insuficientes seja atualizado.

  • Wilson 02/09/2010, 21:40

    O Milestone foi um grande smartphone. Tenho e aproveitei muito. Mas, mesmo no curtindo a Apple, vou de Iphone. Motorola? Nunca mais!

  • KKITA 03/09/2010, 09:09

    Espero que a Motorola revise tb a atualização dos demais aparelhos para o 2.1.
    Afinal, todo o resto do mundo vai receber…e nós, do 3.o mundo não???????

    A nao me venham com essa lenga lenga de investimento para adaptação, pq já tem aparelhos com 2.1 aqui (Flipout/Miles)….

    #motorolafail

  • Utópico 03/09/2010, 10:09

    A empresa tem o direito de não atualizar o seu produto. Mas se ela "trava" o upgrade do aparelho é de se esperar que ela própria forneça as atualizações e por um bom período. Se não o fizer, vai refletir como os consumidores mais "esclarecidos" vão se comportar em relação à empresa nas próximas compras… Ninguém compra uma aparelho de R$ 1500 (ou mais) para trocar todo ano…

  • DHB 03/09/2010, 11:09

    A Motorola está deixando seus clientes na mão, pior são os usuários dos demais aparelhos com android 1.5 que até agora não receberam atualizações (inúmero programas disponíveis no market só rodam em versões superiores do android). Apesar da promessa de atualização nenhum aparelho até agora recebeu o upgrade.

  • Danilo 03/09/2010, 11:17

    Uma pena que o blog tenha feito uma entrevista tão rasteira, lembro que o usuários dos aparelhos DEXT e BACKFLIP não terão atualizações para o Androi 2.1, um verdadeiro absurdo. Infelizmente o blog nada perguntou sobre os demais aparelhos da marca. Veja a informação do site da própria Motorola para o update dos demais aparelhos com android:

    BACKFLIP (Latin America and Mexico) Will not have software upgrade to Android 2.1
    DEXT (Latin America and Mexico Will not have software upgrade to Android 2.1

  • Daniel 03/09/2010, 20:22

    Creio q a atualização vai sair sim diante deste barulho, aos q dizem q nunca mais vão comprar Motorola dúvido!!! vão comprar samsung ou sony, pq HTC vai ser meio dificil….rs e daqui alguns meses vão estar reclamando do mesmo jeito, nós geeks somos assim reclamamos de tudo.