ZTOP+ZUMO 10 anos!

Ainda sobre o caso Cisco

Mais questões que esclarecimentos, na verdade:

  • O “ex-presidente” da Cisco no Brasil, Carlos Carnevalli, é presidente para América Latina da Cisco (do mesmo modo que os outros executivos, teve seu perfil removido do site brasileiro, mas não do argentino).
  • E os outros paí­ses? Será que as off-shores atuavam no resto da região?
  • Como fica a Cisco-mãe nos Estados Unidos, com tantas leis por lá regulamentando seu comportamento fiscal (como a Sarbanes-Oxley?)
  • Como vai se portar a concorrência da Cisco em relação ao escândalo? E os produtos da Cisco? Aumentam de preço? Somem do mercado por um tempo?

E que venham os próximos capí­tulos – espero que menos sombrios.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Pingback:   Zumo: resumão da semana by Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência.()

  • Fred Thompson

    O fim da picada e’ ver o descaso dos USA e da Cisco Americana.

    Segundo eles a Cisco Americana nao se beneficiava do esquema… Da para acreditar? Quer dizer que a venda de produtos, aumento de market share, monopolizacao de canais, jogo de compadres em apresentacao de concorrencia em licitacoes, etc, nao gera beneficios para a Cisco?

    Alem do que o modelo de canais da Cisco Brasil era tao bom que um dos motivos da promocao do Carlos Carnevali para Presidente de toda a regiao da America do Sul era para que ele pudesse replicar o modelo nos outros paises tambem.

    Alem de que a Cisco sabia do envolvimento do Carnevali com a Mude.

    Agora eles se fazem de cegos!

    Uma auditoria iria mostrar que o Carlos e’ tao bem visto dentro da Cisco que o foco da comunicacao oficial da empresa nos EUA e’ o suporte a familia dos funcionarios que foram decretadas a prisao preventiva.

    Nenhuma palavra discute o fato de ter 2 anos de investigacoes por tras disto.

    Quanto a isso a imagem que sobra e’ de que deve ser mais um ato de um governo corrupto para tirar uns dolares a mais de uma empresa tao boa como a Cisco – que no fim se coloca de vitima.

    Esta percepcao e’ colocada explicitamente do texto deste artigo abaixo:
    http://www.technewsworld.com/rsstory/59916.html

    Nenhuma palavra que o Keith Goodwin e o Franklin Grovesnor tinham conhecimento do esquema.

    O suporte da matriz americana e’ tao discarado que o Pedro Riper foi autorizado a retomar suas funcoes normais.

    O que diria a Sarbanes-Oxley, SAS99, PCAOB e “Foreign Corrupt Practices Act” disto?

    No minimo seria que o Pedro vai manter um ambiente de controle disfavoravel para que a fraude seja descoberta.

    Abre o olho Cisco! Se a compania nao passar a dar a devida atencao ao problema, vai ser mais um indicativo do envolvimento da Matriz Americana!

    Alem disso quanto tempo vai levar pora o SEC identificar que isso e’ um tem efeito cascata nos Financeiros da empresa?

    Caso seja provado que a Cisco tenha um passivo legal de $500 milhoes no Brasil, o resultado da empresa sera’ afetado de maneira significante neste ano.

    Case a conexao com a Matriz seja provada de maneira bem clara, a responsabilidade fiduciaria dos executivos sera colocada em questao.

    Alem disso multiplicando pelo impacto potencial do Carnevali ter tido sucesso em extender as operacoes para toda a America do Sul, o impacto sera’ muito maior, alem de que esse tipo de operacao so’ seria possivel com muito mais gente ligada no topo da empresa.

    E ainda fica a questao: Como sera’ que a Cisco esta comercializando produtos em outras regioes do mundo?