ZTOP+ZUMO 10 anos!

Advogados da RIAA atacam AllOfMP3.com com tudo

Tem gente sem senso do ridí­culo… louca para ver o site russo AllOfMP3.com fora da Internet, a RIAA decidiu processar os proprietários. Quer o valor máximo de 150 mil dólares por música “ilegalmente distribuí­da” pelo site entre Junho e Outubro de 2006. Como são 11 milhões de músicas, o valor total que a RIAA quer é de absurdos US$ 1.65 trilhão. Isso é mais que todo o PIB da Rússia no último ano. Será que eles realmente esperam que alguém vá levar a sério um processo desses?

Para situar, o AllOfMP3.com é um site que vende músicas pela Internet, como a iTunes Store da Apple. Mas com duas diferenças importantes: não se importa com onde diabos no mundo você está (basta ter um cartão de crédito internacional, excelente para o povo no Brasil) e entrega as músicas em formato MP3 sem DRM, ou seja, sem proteção anti-cópia nenhuma. O que significa que você pode colocá-las no player que quiser (mesmo os chineses baratinhos), copiá-las para quantos computadores quiser, jogar em redes P2P, não importa. Você pagou pelas músicas, elas são suas, faça como bem entender.

A RIAA, claro, não gosta nada da idéia. A acusação principal é de que o AllOfMP3 vende músicas sem pagar pelos direitos autorais, ou seja, faz pirataria da brava. Já a turma do AllOfMP3 alega que tem, sim uma licença da ROM (a RIAA russa) para vender músicas, paga uma taxa de 15% sobre as vendas e que a legislação russa, não muito clara quanto ao mundo online, abre brecha para que ela possa distribuir os arquivos a todo o mundo. E o pior, para a RIAA, é que os caras estão certos.

Como até pouco tempo atrás era incapaz de atacar o AllOfMP3 diretamente (já que a Rússia não faz parte da Organização Mundial do Comércio), a RIAA já tentou de tudo para afundar o galeão, inclusive pressionar as operadoras que processavam as transações de cartão de crédito entre os usuários e o site. Mas os russos são resistentes, e sempre arranjam um jeito de voltar í  tona. A briga vai ser feia e promete se arrastar por muito tempo. Mas se os russos vencerem, podem mudar todo o panorama da venda online de músicas. Fiquem de olho.

  • claudio taulois

    Senti muito o fechmento do Allofmp3, pela variedade e extensão do repertório ali oferecido – meu problema não é não pagar, mas não ficar restrito a rock e pop recente.
    Há outros sites com opera/classico, pop anos 40/50/60?

  • Paulo

    Os caras abriram outro site. Igual, com nome diferente. http://www.mp3sparks.com

    É o allofmp3 com roupagem nova.