ZTOP+ZUMO 10 anos!

A volta dos mortos-vivos: The Industry Standard

The Industry StandardA The Industry Standard voltou das cinzas. A “bí­blia” da indústria digital, editada pelo IDG, teve curta vida lá fora (1998-2001) e mais curta por aqui (na qual tive o prazer de trabalhar) – foi lançada em 2000 e morreu em 2001, quando teve uma sobrevida local de mais alguns meses com o nome “Business Standard”.

Hoje, a Industry Standard é “beta” (êta chavão) e, em vez de revista, é um novo site especializado em previsões para o mercado de tecnologia e internet.  Você se cadastra, ganha “dólares Industry Standard” e passa a apostar nas previsões, em um ‘espí­rito de comunidade’.

Queria ser uma mosca nessa hora pra saber o que o John Batelle (“pai” da Wired e da The Standard e, dizem as más lí­nguas, teve em sua cabeça dura a fonte para o fim da Standard nos EUA) acha dessa história.

Torço para que, em sua nova encarnação, a The Standard sobreviva no mundo da web 2.0 de um jeito melhor que sobreviveu na época da bolha 1.0.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin