ZTOP+ZUMO 10 anos!

A nova guerra dos Mac-clones

Mais cedo ou mais tarde isso iria acontecer: com a “Intelização” da plataforma Macintosh e a viabilidade técnica de rodar Mac OS X em PCs genéricos por meio de modificações de software (não autorizados pela Apple, diga-se de passagem), a Psystar, de Miami, lançou o primeiro “Mac-clone” desde que Steve Jobs acabou com essa moleza, logo após sua volta para a Apple.

O “Psystar Open Computer” nada mais é que um PC capaz de rodar o kernel do Mac OS X sem modificações. Pela bagatela de US$ 399,99 (US$ 200 a menos que um Mac Mini lá fora) o usuário leva pra casa a versão básica equipada com um processador Intel Core 2 Duo E4500 de 2,2 GHz, 2GB de memória RAM DDR2 667, aceladora gráfica Intel GMA 950 (integrada), HD SATA de 7.200 rpm e 250 GB e gravador de DVD com LightScribe. Observe que esse valor não inclui o Mac OS X Leopard, que pode vir pré-instalado por mais US$ 155.

Como qualquer integrador de PC, a empresa oferece opções de gabinete (branco ou preto) e opções de processadores, placas de ví­deo e portas USB/Firewire adicionais. De fato até existe uma versão OpenPro a partir de US$ 999,99 com opção de instalação de Linux, Windows Vista/XP e Mac OS X.

Pelo visto, só a InformationWeek conseguiu falar com a empresa ontem. A revista diz que um funcionário identificado apenas como “Robert” afirmou que não acredita que estejam violando a licença de uso do Mac OS X e que vão continuar a vender o produto que, por sinal, tem atraí­do a atenção de muitos interessados, já que o site da Psystar caiu de tanta gente tentando ver o site ontem (esse blogueiro incluso).

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Éden Teles 16/04/2008, 23:57

    Pessoal,

    Hoje eu li uma matéria interessante sobre a Psystar no Gizmodo, eles foram atrás da empresa através do endereço fornecido por eles no site e não encontraram a empresa, entraram em contato novamente e mudaram o endereço, e lá foram novamente e para surpresa mais uma vez o endereço incorreto, bom na terceira tentativa o pessoal também não achou a Psystar, muito estranho.

    Recomendação deles não compre nada da Psystar!!!
    Acesse a materia http://gizmodo.com/380488/psystar-exposed-looks-like-a-hoax.

    Abraços,
    Eden