Resultados de buscaradiohead

Radiohead: Tron 2008?

R

Radiohead, sim, eles mesmos, de novo, agora com um ví­deo lançado no Google Code (!).

Desta vez, em um clipe (da canção “House of Cards”, do In Rainbows) feito com a mesma tecnologia usada no Google Street View, totalmente filmado sem câmeras ou iluminação, numa viagem visual incrí­vel em 3D com tecnologias fornecidas pela Lidar e pela Geometric Informatics. Vá ao site, veja o ví­deo de novo, o making-of, baixe os arquivos para fazer suas próprias visualizações. E ainda tem a música, que é lindona.

Falei pro Gui hoje í  tarde: isso é Tron versão 2008. Imagina daqui uns 5 anos.

Saul Williams: Radiohead faz escola

S

Saul Williams - tela do site, capa do disco?Já ouviu falar de Saul Williams? Eu não, até receber um e-mail de Trent Reznor, do Nine Inch Nails, dizendo que produziu o disco novo do cara, “the inevitable rise and liberation of niggytardust!“, e que a obra estará pronta para download direto em 1º de novembro, com duas alternativas de “compra”: doando 5 dólares ou pagando nada. É uma variante do que o Radiohead fez alguns dias atrás.

Na versão paga, os arquivos virão em MP3 (192 e 320 Kbps) e Flac. Na gratuita, apenas em 192 Kbps. Em tempo: Reznor já disse que abandonou sua gravadora, e não é de assustar essa notí­cia, deve ter mais por vir por aí­ por conta dele.

Não conheço nada desse Saul Williams, mas já fui até o MySpace dele ouvir as músicas daqui a pouco pra ver qual é o estilo (um eletrônico deprê-modo NIN misturado com rap? trip-hop?). Tem uma versão doida pra uma música do NIN (Survivalism) que até que é boa. De qualquer modo, já reservei meu download – gratuito, claro.

Radiohead: experimentos na música digital

R

In RainbowsPrimeiro, a teoria da conspiração: paguei, anteontem, 5 libras pelo novo disco do Radiohead. Recebi o link para download hoje cedo, baixei rapidinho, ouvi, gostei.

Pelo menos dois conhecidos que compraram ontem e pagaram menos (0,5 e 1 libra, respectivamente) não receberam os links até agora. E o site para compras está congestionado. Ou será que quem comprou antes recebeu antes?

Agora, a parte séria. Conversei com o Felipe Llerena, do iMusica, sobre a “questão Radiohead’. (o iMusica anunciou alguns dias atrás uma parceria com Nokia e Claro para lojas online de música digital no celular para o Brasil e América Latina. A idéia é recuperar o velho e bom comprador de discos, o adolescente impulsivo, que terá no celular uma nova plataforma para compra sem precisar usar o cartão de crédito – vai direto para a conta mesmo).

(mais…)

Sobre o Radiohead e o download de músicas

S

Nem tinha visto a notí­cia do Radiohead (entre as bandas favoritas deste Zumo) vendendo seu disco novo no novo e inédito método “pague quanto quiser” na semana passada. Tava no Japão (lá, a Tower Records realizou um velho sonho de comprar aqueles CDs japoneses cheios de extras a preços… de Japão!) e só “comprei” o In Rainbows ontem – depois de ler no jornal, dá para acreditar? (Paguei 20 reais no disco, que acho mais que justo por um CD).

Bem, o download será liberado amanhã para os “doadores”. A gravadora/loja online do Radiohead mandou um e-mail dizendo que o disco virá em um arquivo zipado de 48,4 MB e os dez MP3 dentro do pacote têm qualidade de 160 Kbps, DRM Free. Eu poderia facilmente ir ao torrent e baixar amanhã mesmo. Mas fiz questão de pagar ao artista. Infelizmente, as lojas online de música no Brasil ainda engatinham e, com DRM, sem condição de eu deixar meus suados trocadinhos por lá.

É mais uma lição pra surrada indústria fonográfica. Fico muito mais feliz em pagar direto ao artista do que a um intermediário que, nos dias de hoje, não se faz mais necessário. Aos poucos, e este Zumo acredita nisso, essa transição vai atingir outras mí­dias. A TV, da qual é impossí­vel no modelo atual se livrar de uma grande corporação, começa a trilhar caminhos interessantes pelo meio digital. E, por que não, o jornalismo?

Nokia na CES 2012: ao vivo (Lumia 900 LTE!)

N

Já estou aqui esperando começar a coletiva de imprensa da Nokia na CES 2012 – em 10 minutos, mais ou menos. Fiquem ligados (enquanto isso, toca Bjork e Radiohead ao fundo).

3h03 – começou. o foco, como esperado, será a estratégia da Nokia para o mercado norte-americano. Stephen Elop, CEO da Nokia, sobe ao palco e retoma a história recente da Nokia e suas mudanças. Fala da resposta positiva de países emergentes aos produtos da linha Asha…

3h04 – e a estratégia de smartphones com a parceria com a Microsoft na “guerra de plataformas”. E louva os produtos da linha Lumia e seus recursos (alguém tentou aplaudir, mas não deu certo).

3h06 – Lumias à venda na Europa e Ásia, assim como o Nokia 710 nos EUA com a operadora T-Mobile, diz Elop. “Existem concorrentes fortes nessa área, mas agora queremos estabelecer nossas trincheiras e estamos conseguindo isso”, afirmou.

3h08 – “Temos muito mais a fazer na América do Norte. Então, hoje lanço o terceiro aparelho, o Nokia Lumia 900”. É o primeiro aparelho LTE da Nokia, que vai rodar na rede da AT&T com exclusividade. Tela de 4,3 polegadas AMOLED Clear Black, disponível em azul e preto, bateria de 1800 mAH, câmera com lentes Carl Zeiss (f/2.2, 28 mm). Pense em um Nokia Lumia 800 com uma tela maior.

 

3h14 – demo do Lumia por Kevin Shields, vice-presidente executivo da Nokia. Ele repete o mantra de Elop que o Lumia 900 foi feito especificamente com o consumidor americano em mente.

3h20 – Elop fala de parceiros da Nokia para aplicativos: CNN, EA (+de 20 games a caminho para Windows Phone)

3h21 – Steve Ballmer, CEO da Microsoft, no palco. Fala da parceria de mais de 1 ano com a Nokia, os mais de 50 mil apps para Windows Phone. “Nokia anda rápido”, diz Ballmer – menos de 1 ano para parceria andar e lançar produtos. “É fantástico”, diz Ballmer. “O design, hmmm”. (eu ri). “É um lançamento excitante, parabéns a Nokia pelo novo produto”.

Peraí, essa imagem é muito boa. repeat!

3h24 – Elop também fala das parcerias com operadoras – e sobe ao palco Ralph de La Vega, CEO da AT&T, que, bem, fala bem das parcerias com Nokia e Microsoft. “Somos grandes fãs do Windows Phone”.

3h27 – Detalhes sobre preços do Lumia 900 serão divulgados pela AT&T nas próximas semanas. “Estamso de volta ao mercado americano”, encerra Elop. O Lumia 900 começa a ser vendido “em breve” e, por enquanto, Elop diz que não vai divulgar os planos de lançamento do aparelho em outros mercados – mas citou a América Latina em seu comentário.

Homenagem a Marcelo Nóbrega

H

Na foto: Rafael Rigues, Marcelo Nóbrega, Luis Joly, eu e Gustavo Miller

Este Zumo está de luto com a partida súbita do grande amigo Marcelo Nóbrega, um dos melhores jornalistas de tecnologia da minha geração e editor do Futuro.vc. Ele se foi ontem em um ataque cardíaco fulminante. 

Sem muito o que falar e muito o que lamentar, decidi subir um vídeo que está relacionado a uma das últimas conversas que tivemos pessoalmente, na saída do show do Radiohead em São Paulo. MarceloN, fica aí a minha homenagem. 

(mais…)

A realidade aumentada da Autodesk (vídeo)

A

realidade_aumentadaSempre ouço falar de realidade aumentada, mas é difícil ver isso na prática (tirando alguns jogadores de baseball, por exemplo). Conheci hoje Gonzalo Martinez, diretor de pesquisa estratégica do escritório do CTO (sim, é esse o cargo) da Autodesk, para falar sobre o tema. O cara é o braço direito em ideias malucas para criar novas tecnologias, com direito até a falhar bastante (e isso faz parte do processo).

(mais…)

Girl Talk faz o “In Rainbows”

G

Girl Talk - Feed the Animals

Nem todo mundo é famoso suficiente pra ser o Radiohead e bancar um lançamento de disco no esquema pague-quanto-quiser.

Mas o Girl Talk lançou seu disco novo, “Feed The Animals” com o mesmo método. Vale oferecer nada e ver o breve questionário em inglês (e se questionar sobre como serão as gravadoras/indústria fonográfica em… menos de três anos?).

Já baixei, não ouvi ainda, não paguei (e sei lá por qual razão confundi Girl Talk com Hot Chip).

Vai lá.

(tks Matias!)

+novos