5 minutos usando o novo Orkut

5

novoorkut02

Ok, já estou no novo Orkut, anunciado hoje pelo Google. Tá, mas o que muda? Mmmm, muda, mas não muda muito não.

Não, eu não tenho convites do novo Orkut para distribuir. Todo mundo vai migrar gradualmente até o final do primeiro semestre de 2010. E se tivesse não daria pra gente mal-educada! 😉

Então, uma lista rápida de primeiras impressões:

1) sim, está mais rápido. todo o código do Orkut foi reescrito e exige mais da máquina e menos do servidor. É, segundo o Google, mais seguro também. A melhor notícia: não roda no Internet Explorer 6 (só se for com o Google Chrome Frame). Estou no Chrome e funcionou muito bem.

2) a interface mudou um pouco. tem um campo para “contar algo para seus amigos” (FacebookFeelings) e assim você fala mais com as pessoas. Na verdade, já existia esse recurso, mas agora deixaram mais visível.

3) amigos sugeridos é a função mais bonitinha do momento. Os contatos que o Google sugere para você (FacebookFeelings de novo) aparecem numa área que mostra as fotos/nomes num modo CoverFlow (iTunesFeelings).

4) de resto, a organização dos amigos, comunidades continua nas mesmas posições de tela. O que vai aumentar, e muito, o scroll da tela são as atualizações dos amigos, já que acho que as pessoas vão usar mais essa funcionalidade. Tem mais recursos de comunidades, vídeos e fotos, mas, definitivamente, não são recursos que eu uso hoje em redes sociais.

5) última frescura de interface: dá para trocar a cor do seu perfil. Era tudo que eu precisava para deixar o Facebook e voltar ao Orkut (NOT).

Frase do dia: “Google não quer ruído desnecessário para quem tem muitos amigos”, Vitor Ribeiro, diretor de produto Orkut para América Latina. Pra bom entendedor, pingo é letra.

ATENÇÃO: CONVITES PARA O NOVO ORKUT NESTE LINK. Agora, falando sério, tem que seguir o Danilo Miedi no Twitter ou ir ao blog dele.

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos