ZTOP+ZUMO

5 minutos com Nokia Música (Lumia 800)

Quando fiz o review do Lumia 800, achei que aparelho de testes enviado pela Nokia estava com a versão final dos apps nativos e exclusivos. Faltou um, que já está presente nos smartphones oferecidos pelas operadoras: o Nokia Música.

Por enquanto, o que a Nokia traz com o Música é sua loja de músicas online, repetindo um conceito que estreou no 5800 Xpress Music M em 2009 (e parece que faz uma eternidade). Entretanto, porém, todavia, contudo, não existe mais o Comes With Music, que oferecia um ano de música grátis no telefone.

O Nokia Música, como diz o nome, também serve para gerenciar seus álbuns e canções no Lumia 800, do mesmo modo que o Zune (Música+Vídeo) da Microsoft faz.

Mas o que interessa aqui mesmo é a loja: a primeira tela é de faixas principais promovidas pela Nokia (note a seleção de pop-farofa, e na sequência – rolando a tela para a direita – os principais álbuns e uma divisão por gêneros.

O preço geral que encontrei navegando na loja é de R$ 25 por álbum, ou R$ 2,50 por faixa. A busca por artista me pareceu eficiente, e a interface, comparada ao que era oferecida na época do 5800, é excelente.

Ao escolher um artista, o Música também pode te recomendar artistas relacionados:

Todo o processo de compra é relacionado à sua conta Nokia (com cobrança via cartão de crédito). Simples, rápido e fácil.

Bônus track: ao navegar por gêneros (note o destaque para country/sertanejo e gospel/cristã), entrei em independente…

Encontrei uma falha na Matrix: você consegue ver?

Em tempo: acho incrível a Nokia continuar a oferecer músicas no celular, do mesmo modo que a Apple faz com seu iPhone (e, afinal, vale lembrar que a Nokia vende música no telefone há mais tempo que a turma de Cupertino no mercado brasileiro). Faz falta, claro, o Comes With Music (ou algo similar), mais isso já está na nossa lista de pedidos para os Lumia.

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Luiz Alberto Franco 29/03/2012, 09:56

    Artic Monkeys e Snow patrol são Independentes?? 😛

  • Rodrigo Ghedin 29/03/2012, 10:06

    R$ 25 por álbum/R$ 2,50 por música tá bem caro, hein?

    • dnmessias 29/03/2012, 11:12

      Super caro. Na iTunes vi faixas mais caras a $1,2, que dá ~2,16R$. Na maioria elas são de .99$. E normalmente os álbuns são mais baratos ainda. Realmente isso decepcionou.

    • Rafael 29/03/2012, 12:06

      Tá bem caro. Poderíamos pensar que é por causa de impostos brasileiros, mas não é. Nos países da zona do euro o preço é de 0,99 euros, o que dá um pouco menos de R$2,50. Mesmo assim, caro!

    • Felipe Cepriano 29/03/2012, 14:37

      Pelo que lembro, na época que a Nokia começou a vender músicas por aqui o dólar estava mais caro e os R$25 estavam bem próximos dos US$9.99 por album cobrados no iTunes. Hoje não vale tanto a pena…

    • ursinhomalvado 29/03/2012, 17:36

      Não esqueça de contabilizar que na iTunes você paga em dólar, o que exige pagamento de IOF (6,38%). Imagino que na Nokia, com preços em Reais, isto não aconteça.

  • meninuigu 29/03/2012, 10:10

    HINO DO CORINTHIANS. (e uma faixa do Snow Patrol que nem independente é. pfv)

  • Anderson 29/03/2012, 15:51

    a contradição é: indepentende (torcida do são paulo) x hino do corinthians.
    grande nokia.

  • Carlos 29/03/2012, 16:32

    "Principais faixa" é ótimo. Se ja não bastasse a ausência dos caracteres especiais, agora teremos que admitir erros gramaticais?

    – Péssimo, Nokia. Péssimo!

    • henriquem 29/03/2012, 16:37

      é Principais FaixaS – é que o S só aparece quando você rola a tela pro lado.

  • mcfake 29/03/2012, 23:28

    Shakira e RHCP pop farofa? Falou o cara que procurou por kraftwerk. rs

    • henriquem 29/03/2012, 23:30

      ui, ele é fake