5 apps que não podem faltar numa Smart TV

5

Nós, do ZTOP, somos daqueles caras que gostam de futebol só em época de, errrr, Copa do Mundo. Não acompanhamos estaduais, regionais, municipais, quiçá interplanetários ou mesmo mundiais. Não conseguimos entender a paixão nacional.

Hoje inauguramos por aqui uma série especial de posts para quem procura o contrário: serviços, tecnologias, dicas e TVs que, bem, farão você fugir do bate-bola quando o grande campeonato começar e te deixarão entretido, divertido e alheio ao resto do mundo, sem sair da sala de casa – porque nem todo mundo gosta de ver um monte de marmanjos correndo atrás de uma bola.

E, claro, para fugir do óbvio mas sem fugir da TV, smart TVs podem ser uma solução: não acredito na Smart TV como “substituto do computador e do tablet” como alguns fabricantes quiseram vender no começo, mas sim como uma alternativa viável para ver serviços online que complementam a experiência da velha e boa televisão convencional (ou a cabo).

Aqui em casa uso o que dá – seja o computador ligado na TV, seja no Chromecast ou na Apple TV (que acabam sendo muletas para deixar a TV mais inteligente).

Selecionei alguns exemplos de apps indispensáveis que estão presentes nos modelos mais novos da Philips (e, por sorte, em outros fabricantes também):

1) Netflix

Os R$ 16,90 mais bem gastos por mês no meu cartão de crédito pertencem à Netflix. Motivos não faltam: no começo eu achava que o serviço era uma grande sessão da tarde, mas suas produções originais e o catálogo enorme (ainda com muita coisa velha, confesso, mas com muita coisa nova e que não vi ainda) compensam o investimento.

E tem produções originais exclusivas Arrested Development, Orange is the New Black (preciso acabar a primeira temporada) e o incrível-sensacional-maravilhoso Frank Underwood, meu malvado favorito de House of Cards:

 

2) YouTube

O que mais me surpreende no YouTube (além do fato de o Google não ter acordado ainda para o fato de que essa é sua verdadeira rede social) é o povo se empolgar e criar canais específicos de coisas que você nem imagina na vida, como montanhas-russas (pra mim, algo melhor que gritar… gooool?):

Bônus para YouTube na TV: invariavelmente num almoço, jantar, churrasco ou festinha de amigos alguém vai tirar um celular do bolso e mostrar um vídeo do YouTube. Melhor na TV, certo?

3) Vimeo

Vimeo é o YouTube alternativo, de projetos indie, cabeça, com aspiração cinematográfica, alternativa. Adoro o canal de Sundance e a série Timescapes (que é ótima, por sinal, pra testar a qualidade de imagem da sua TV).

4) Skype

O único grande app que não envolve vídeo/áudio em Smart TVs e eu respeito é o Skype, pelo simples motivo de permitir fazer videoconferências com amigos, parentes e (por que não) colegas de trabalho numa tela grande. Então, Skype entra na lista por substituir equipamentos caros pelo televisor.

5) Spotify

Smart TVs precisam de música. O Spotify, serviço excelente (também pago) de música online, pode vir a preencher essa lacuna em um futuro próximo (na Europa, a Philips já anunciou o app para alguns modelos). Quem sabe o pessoal da Spotify quando sair do esquema “devagar” do lançamento brasileiro anuncie também seu app para smart TV.

[disclaimer: a partir de hoje e nas próximas semanas o ZTOP tem patrocínio das TVs Philips – sem interferência editorial nos posts sobre o tema; todos os textos e opiniões são nossos.

logo mais aparecem uns banners pelo site ;)]

Sobre o autor

Henrique Martin

Henrique Martin é o fundador do ZTOP+ZUMO e da newsletter de tecnologia Interfaces. Já escreveu na PC World, PC Magazine, O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e criou o ZTOP+ZUMO em 2007, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC.

RSS Podcast SEM FILTRO




+novos