ZTOP

Zumo no Intel Developer Forum 2010

Enquanto o Henrique está perdido lá na Europa tentando chegar à ilha dos bretões, o editor de testes deste Zumo sai de fininho e embarca para os EUA para cobrir a edição de outono do IDF 2010.

Como nos anos anteriores o evento ocorre em meados de setembro e tem início na próxima segunda feira 13/07 indo até o dia 15/07.  E como o ano passado foi um ano “Tick” — época em que a Intel introduziu seu novo processo de fabricação de 32 nm — este ano “Tock” é tempo da Intel anunciar sua nova microarquitetura cujo codinome  já é conhecido desde o ano passado e responde por Sandy Bridge.

Acredita-se que o Sandy Bridge seja mais um produto evolucionário do que revolucionário (como foi o Core ix em relação ao Core 2) ou seja, que essa nova família de produtos seja uma versão mais refinada do Nehalem em especial em relação à sua GPU que hoje ainda é um chip independente de 45 nm e montado ao lado do núcleo de processamento, possa evoluir para uma nova versão de 32 nm podendo assim se integrar ao núcleo do processador tornando-se assim uma solução monolítica. Fato é que a Intel precisa fazer algo em relação à sua aceleradora gráfica integrada já que, a partir dos próximos meses — e quem sabe até  antes/durante/depois do keynote de Paul Otellini — a AMD apronte alguma com sua nova microarquitetura Fusion que está a ponto de bala para entrar no mercado.

Fora isso, acredito que ouviremos falar muito da nova divisão de pesquisa da empresa, batizada de IXR Interaction and Experience Research) liderada pela antropóloga Genevieve Bell, cujo foco é de compreender cada vez mais as maneiras com que as pessoas interagem com a tecnologia e, com esse conhecimento, desenvolver novos produtos e serviços mais adequados para esse público.

Estaremos lá para conferir, fiquem ligados.

Disclaimer: O Zumo viaja a São Francisco a convite da Intel.

Ainda em Tempo:

Na próxima terça-feira (14/09) terá início em Londres o Nokia Developer Summit 2010/Nokia World 2010 e o Henrique estará por lá para ver as novidades e os novos brinquedos da empresa finlandesa, em especial o tão esperado N9 com Meego.

Como a Intel é parceira no desenvolvimento desse novo SO, quem sabe não sobra uma casquinha pra nós lá na Califórnia.


Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • rubens

    Sandy Bridge vai ser interessante.
    E a GPU parece ter um potencial maior que as melhores onboards atuais (gf 9300 e HD42x0).

    Será que vai ter novidades relacionadas ao suporte de USB 3.0 e Light Peak nos chipsets deles?

  • Ligth Peak, ai sim! USB 3.0 dá para usar uma plaquinha ali num PCIE 4X.

  • dflopes

    Please,

    Peça a henrique perguntar lá pra Rainha se vai ter alguma versão do meego pro n900 – que acabou de ser lançado no Brasil.

  • rubens

    pelo (boato/pouco) que li, o LP foi pensado pela Apple (igual ao 1394) e "dado" pra Intel. vai saber…
    Mas foi criado para ser um superset de vários barramentos (firewire, sata, talvez o HyperTransport, etc.). Então ao invés de nicho acho que pode ser o padrão popular.
    (quem esperou anos pra usar a porta USB com teclados e impressoras baratas vai entender :p)
    Apesar das promessas feitas ano passado, tudo leva a crer que vão atrasar (pelo menos) um ano no LP. (assim como aconteceu com o SSUSB)