ZTOP

Gadget do dia: ZTE Open (finalmente)

O ZTE Open, mostrado no Mobile World Congress em fevereiro, chega às lojas na Espanha amanhã por um preço sugerido de 69 euros em modelo pré-pago pela operadora Telefónica – a mesma que semana passada jurou amor ao concorrente Windows Phone. Quem comprar o aparelho ganha um crédito de 30 euros.

O Firefox OS quer ser o sistema operacional de entrada, fazendo a migração do celular convencional para o mundo dos smartphones. Para isso, vai ter que brigar com os Androids baratos (na Europa, já na média dos 49 euros), os Nokia Asha, os Samsung Rex e os Windows Phones de entrada.

Briga complicada e que chega tarde à festa: a Fundação Mozilla prometeu os primeiros aparelhos com o sistema baseado em HTML5  à venda no final de 2012 (e que o Brasil seria o primeiro mercado a receber os aparelhos. Fuen, fuen, fuen. No comunicado oficial, nada de menções ao Brasil, por sinal – nem no da Fundação Mozilla).

Voltando ao ZTE Open: é um telefone com tela sensível ao toque de 3,5 polegadas (480 x 320), 256 MB de RAM/512 MB de ROM/4 GB no cartão microSD e câmera de 3,2 megapixels. O navegador Firefox é padrão (óbvio) e diz a Telefónica que ele tem cliente de e-mail, calendário, rádio FM, mapas HERE (Nokia) e filtros para a câmera. A loja de apps se chama Firefox Marketplace.

A Telefónica diz que vai lançar outros aparelhos com Firefox OS este ano das marcas Alcatel OneTouch, Huawei, LG e Sony (repetindo as informações do MWC). E que Colômbia e Venezuela receberão o ZTE Open “nas próximas semanas” (de novo, nada de Brasil…).

Em tempo: espanhóis que quiserem comprar o ZTE Open em um plano pós-pago têm de assinar um contrato de dois anos e pagar incríveis 2,38 euros/mês pelo aparelho.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin