ZTOP

YouTube: novo visual simplifica site de vídeos

O YouTube muda de cara nesta quarta (31), para melhor. Finalmente o Google entendeu que um monte de recursos novos inseridos no supersite de vídeos estavam entulhando cada vez mais a página, e a opção foi pela simplicidade. “Quisemos trazer de volta o foco para o vídeo”, promete Shiva Rajaraman, diretor mundial de produto para YouTube.

As mudanças, entretanto, são também de usabilidade. Menus drop-down unificam áreas específicas (número de vídeos do canal, por exemplo), as listas de vídeo ficam mais fluidas na lateral direita (note que o espaço publicitário continua ali). “Lançamos muitos recursos nos últimos dois anos e eles eram forçados a competir um com o outro”, afirmou Rajaraman, em uma conferência por telefone ontem à tarde.

O projeto do novo desenho levou oito meses para ficar pronto, e as novidades vem sendo testadas nos últimos dois meses com usuários selecionados. Agora, “pelas próximas seis semanas, vamos testar novamente as otimizações baseados no retorno dos usuários”, diz o diretor.

Pra mim, a grande mudança aparece no fim das estrelinhas de avaliação de cada vídeo: agora, apenas um “polegar pra cima” ou “polegar para baixo” para mostrar se gosta ou não do tema – e um mais um menu drop-down abre as estatísticas (de quantos gostaram ou não). Comentários mais bem avaliados vão para o topo, mas faço parte da turma que já desistiu de ler comentários sem nenhum nexo no YouTube, então deixa pra lá (não entendo como a audiência do YouTube consegue ser tão… nem aí pra tudo e escreve qualquer besteira).

De qualquer modo, ainda acredito que o YouTube é a grande rede social que o Google ainda não entendeu que é sua… grande rede social – ou por qual outro motivo o site me indicaria amigos/contatos/canais com tanta facilidade?

Screenshots do novo YouTube: um do site antes da mudança, um depois da mudança e um pequeno guia (em inglês) do que mudou. A nova interface passa a valer para todos a partir desta quarta (se não der problema na migração, né?).

Antes:

Depois:

E o guia (clique para ampliar):

:

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin