ZTOP

VIA mostra placa-mãe x86 compatível com Android

A Via Technologies anunciou que vai dar suporte ao sistema operacional Android nas suas plataformas x86. O primeiro produto a incorporar essa estratégia é a nova placa-mãe VIA EITX-3002:

Ocupando uma área de apenas 17 x 12 cm (L x P), a EITX-3002 faz parte de um padrão de formato que a fabricante chama de “Em-ITX” que chega a ser menor que o Mini-ITX (17 x 17 cm) e pode vir equipado com um processador dual core VIA Nano X2 de 1.2 GHz ou VIA Eden X2 de 1.0 GHz com chipset MSP VIA VX900, que incorpora a aceleradora gráfica VIA Chrome 9  HD com suporte para DX9 e aceleração de vídeo para os codecs MPEG-2, WMV9, VC1 e h.264 e resolução de tela máxima de 2.560 x 1.600 pixels.

Entretanto, o que mais chama a atenção desse produto é o número de interfaces e portas de comunicação que a VIA conseguiu espremer nessa plaquinha, entre elas duas portas de rede Gigabit Ethernet, uma SATA 2.0, duas seriais RS-232/422/485 (uia!), uma Paralela (uia! uia!), seis portas USB 2.0, duas USB 3.0 (opcionais), slot para cartão CF e slot para memórias SO-DIMM (DDR3 1066),  saída SVGA e HDMI, som HD e até suporte para telas touchscreen. A placa incorpora um conversor de energia de CC  para CC (DC-to-DC) que aceita entradas de 7 a 36 volts.

Outro detalhe interessante desse projeto é que tanto o processador (o chip menor marrom) quanto o chipset (à sua direita) estão montados na parte de baixo da base o que permite o uso de uma curiosa solução de cooler…

 

… na forma forma de uma grande base metálica com microaletas nas laterais que dispersam o calor sem o uso de ventoinhas, resultando assim numa solução mais compacta e de perfil mais baixo.

Como dissemos no início desse post, o maior atrativo dessa solução é que ela permite o desenvolvimento de novos tipos de aplicações Android que funcionem em outros dispositivos além de tablets e smartphones — como totens de informação, terminais de consulta e auto-atendimento, setup boxes, media center, sistemas embarcados ou computadores de bordo.

E isso sem falar na possibilidade de integrar facilmente essa plataforma a outros dispositivos padrão de mercado que dificilmente interagem com esse SO como discos SATA, rede cabeada, diversos dispositivos USB como scanners ou webcams e até impressoras com interface serial ou paralela, equipamentos por sinal ainda muito populares no mundo da automação comercial.

A empresa também divulgou um vídeo demonstrando a EITX-3002 rodando Android:

Mais informações aqui.

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Nossa realmente este sistema vai ser uma ajuda e tanto no meio comercial, trabalho com automação comercial a mais de 5 anos e não consigo entender o porque das emissoras de comprovante fiscal usar interface serial, sempre ficamos na correria para achar meios viáveis para adaptar nos clientes, com este tipo de aparelho vai ajudar muito, só precisamos descobrir o valor e se irão desenvolver apps bons para ser usados.

  • uma alternativa bem mais barata para se montar um GoogleTV…

  • Yapis

    A nível de computação pessoal não sei qual a real utilidade…
    O android é uma ótima plataforma móvel, mas… Vamos ver o que vão fazer com essas possibilidades!

    Acho dificil se livrar do velho e bom PC… Eu sou um da resistência! hehehehe

    • mnagano

      Essa placa também tem suporte para Linux, Windows XP e 7, incluindo as versões embedded.

    • Claro que um PC sempre será um PC – não compro nem Mac para não me contaminar 😀

      Mas surgiu umas ideias aqui:
      – um embedded-device de atendimento ao público… como um totem de informações turisticas;
      – uma placa para testar drives de um equipamento (proprietário) em diversos OS's (ao invés de ter dezenas de equipamentos na bancada)
      – se rodar video HD, pode montar um HTPC com servidor de torrent acoplado (com baixíssimo consumo de energia)
      – será que serviria como um server para cameras de vigilancia (camera wifi Foscam)?
      – um CarPC (para mídia, GPS, monitoramento do motor)

      só lembrei disso. 😉

  • Marvels

    bem interessante!

  • Anderson Ramos

    Qual o custo dessa placa?

  • Dorival

    Sugere bastante possibilidades. Alimentação de 7 a 36V e só tem 3 capacitores (mixurucos) na parte de alimentação?
    Estranho…

  • Piero

    Por que x86? Entre um x86 manco ou um novo ARM dual core, prefiro o segundo. E ainda ficaria livre daqueles dissipadores laterais. Vou fazer um "computador de bordo" para o carro com a placa do meu velho Motorola Milestone quando ele se aposentar.

    • mnagano

      Arrã… E ainda vai dar pra fazer um robozinho com as peças que sobrarem.

      • Fernando

        Bem que eu gostaria de que os celulares tivessem uma arquitetura aberta que pudesse ser reaproveitada… tenho já dois parados (um e398 e um a1200) que ainda são aparelhos bons mas atualmente só servem de peso de papel, e meu E71 pelo jeito vai pelo mesmo caminho :-/
        Essa placa aí parece legal, espero que ela saia barato. Placas mini-ITX dá para encontrar na Sta Efigênia por volta de 150~200 reais, o que eu acho bem barato. Mas quem quiser coisa menor ainda pode procurar por BeagleBoard ou Raspberry-PI (infelizmente só importando).