ZTOP

Varal automático quer extinguir pior exercício doméstico

De todos os “exercícios físicos domésticos” existentes, um dos mais ingratos no quesito esforço sem dúvida é levantar o varal lotado de roupas – quando sai aquela fornada de toalhas da lavadora, então, é um suplício. Não só por causa do peso, mas porque as cordas de varal são cruéis pedaços de nylon que chegam até mesmo a cortar os dedos das pessoas – não, isso não é um exagero e eu já vi acontecer em dias mais frios.

Eis que chegou em nossas caixas postais esta semana um invento que promete mudar essa história: um varal automático, que levanta sozinho com um apertar no controle remoto! Como ninguém pensou nisso antes?

Isso porque nem levamos em consideração o inconveniente tamanho das áreas de serviço atuais, né? (área? que área?)

Ideia de Altimar Marcondes da Silva, o “secador de roupas automatizado” com motor elétrico e controle remoto, ao contrário dos varais motorizados, dispensa as cordas e roldanas – e, com elas, além do esforço, qualquer risco de rompimento daquele nylon maldito. Segundo o inventor, basta programá-lo para a altura desejada, pendurar as roupas, apertar o controle remoto e ver o varal subir, subir.

 

Altimar, que já requereu a patente nacional e internacional do dispositivo, está em busca de parceiros para criar toda uma linha de varais automáticos para todos os gostos, necessidades, alturas e tamanhos de área de serviço.

Se você aí, seu empresário do setor de prendas domésticas, estiver lendo por um acaso esse post e achar que pode ser uma excelente ideia colocar um varal desses no mercado (o povo aqui de casa já pré-aprovou), basta procurar o povo da Associação Nacional dos Inventores.

 

  • deleted1390232

    A idéia é bacana. Me lembrou o "Elevador de Gato" (tem até o vídeo que vi no Trendy House).

    Não por mal, e nem querendo revelar o segredo como um Mister M, mas já revelando, isso aí é um sistema de elevador de portão de garagem, né não? Pela descrição e pelas fotos, notei que é um eixo que levanta o braço do portão, só que com adaptação para uso em um varal. E já existem outros sistemas de varal retrátil, mas normalmente é um motor que puxa a corda para subir. O bacana deste é que é um mecanismo que levanta todo o varal.

    Realmente bem bolado 🙂 Tomare que a patente seja num valor justo, para que a produção seja com um preço justo também 🙂

    • Altimar

      Obrigado pelo seu comentário. Realmente é um sistema de portão pivotante. Se quiser ve-lo funcionando, o que os desenhos apresentados não são suficientes para entender veja…..


      Quanto ao preço, estamos procurando parceria para fabricação.
      Obrigado mais uma vez e um grande abraço

  • Já vi varais elétricos, em que um motor levanta o varal puxando a corda. E tem uma variação que tem controle remoto, então este não é novidade. É uma maneira diferente de erguer o varal, e nem sei se é melhor do que a opção com corda.

    • Altimar

      Obrigado pelo seu comentário. Realmente não reenventei o varal de roupas, é apenas mais uma opção de facilidade para manuseá-lo. Ontem mesmo recebí um e-mail de uma pessoa deficiente me questionando quando entraria no mercado o meu produto pois quando ela precisa usar o varal ela não sabe se segura as cordinhas ou as muletas.Diante dessa dificuldade você imagina quando quebra uma cordinha dessas o que ela não passa. De qualquer forma, se você quiser ver melhor esse produto veja…………… .http://www.youtube.com/watch?v=_E8UWObnHOg
      Um abraço

  • Eu quero

    • Altimar

      Obrigado pelo seu comentário. Estamos procurando um parceiro para produzirmos esse varal. Quem sabe em breve.
      Se você quizer ver mais sobre o varal veja a minha entrevista e o varal funcionando no
      ………. .http://www.youtube.com/watch?v=_E8UWObnHOg
      Um abraço

  • eu prefiro acoplar uma manivela às cordas. Se for elétrico, melhor ainda.

    O Problema desse invento é a necessidade de se embutir o “suporte” na parede.

    Ninguem vai querer um poste no meio da área de serviço – que estão cada vez menores nos apartamentos atuais.

    Mas desejo sucesso ao inventor

    • RenataMesquita

      Davi, eu pensei nisso, mas ainda acredito que pode economizar espaço, ainda mais se pensar que você não vai precisar de "área de manobra" (de qualquer forma, isso só dá pra saber na prática). O interessante seria descobrir se o varal, quando fora de uso, pode ser dobrado para ficar rente ao suporte. De qualquer forma, cordas de varais rompidas é meio que um pesadelo para mim, então, se for para se livrar delas, qualquer iniciativa é bem-vinda.

      • Altimar

        Obrigado pelo seu comentário e pela defesa Renata. Não consegui ainda um parceiro para frabricar, mas o protótipo que é mais do que o necessário ocupa exatamente o mesmo espaço que ocupava quando ainda usava cordinhas.
        Na realidade não é um poste é uma pequena coluna de 6 cm de lado e uma pequeno motor que hoje é utilizado para mover um portão de 400kg, mais do que superdimensionado, já que minha esposa lavou o maximo de roupas que el
        a conseguiu e quando eu pesei chegou a 12kg. Se você quiser ver a minha entrevista e ele funcionando veja por favor …….. .http://www.youtube.com/watch?v=_E8UWObnHOg
        Um abraço e mais uma vez obrigado

    • Altimar

      Obrigado pelo seu comentário. Realmente pelo desenho que foi divulgado ficou a impressão de um "poste". Mas com os meus croquis o desenhista pode representar o varal corretamente. Você pode ver isso em minha entrevista, em que o desenho foi corrigido e ele aparece funcionando. O endereço é…….


      Um abraço

  • Ana

    Prefiro levantar varais lotados a ter de pendurar as roupas – rs… e discordo que puxar a cordinha seja o pior exercício, pois passar aspirador (direito) é bem pior que isso…

  • eduardo

    Espero que ele consiga investidores e melhore um pouco a aparencia do produto, digo com relação ao mastro, e tmb que consiga chegar a um preço popular, imagino que hoje esse modelo deve ter o custo do minha maquina de lavar..rs

    Ps.; que absurdo não posso logar pelo face…kkk

    • Altimar

      Obrigado pelo seu comentário também Eduardo.
      Estou a procura de parceria para tornar esse produto mais bonito e mais accessiv quanto ao preço. Como já mencionei em outras respostas foi um equívoco do desenhista pois ele não timnha material necessário quando fez o primeiro desenho. Enviei a ele os meus croquis e ele reaparece inclusive em uma entrevista que concedi a ANI em São Paulo, e que hoje está no youtube. Se quiser conferir o varal funcionando e o desenho real mostrando a proporção em relação a um tanque veja ……… .http://www.youtube.com/watch?v=_E8UWObnHOg
      Um abraço

  • robson

    o custo para se produzir um varal destes é enorme.. o equipamento é pesado e tem o problemas da estética que ao meu ver é muito feio.

    mas pega ae minha dica:

    Faça tudo com material pultrudado que além de leve, tem a resistência do aço inox, o peso e o valor comparados ao alumínio, pode ser feito nas cores que quiser e é soldável.
    o motor por colocar um de pouca potencia acoplado com um diferenciador torque/rotação.

    boa sorte.

    • Altimar

      Obrigado pelo seu comentário Robson.
      Estamos procurando um parceiro para fabricar esse varal. O desenho apresentado não dá a verdadeira idéia de como é o produto em relação a dimensões. Aparecendo um parceiro mencionaremos você. Mas se você quiser ver o produto, que ainda é um protótipo, funcionando veja .. .http://www.youtube.com/watch?v=_E8UWObnHOg….inclusive aparece o telefone de contato nele.

  • robson

    claro que esta faltando uma cortina de segurança caso alguma criança fique debaixo do varal quando ele esta abaixando

    • Altimar

      Bom dia Robson!

      Já respondi a sua pergunta,mas não sei porque não foi editada. Repetindo, o desenho que você viu estava errado. Passei os meus croquis para o desenhista da ANI e ele refez. O varal fica como os convencionais, no teto e não no chão como o desenho nos fazia acreditar. Ele fica instalado no mínímo na altura de um interruptor, ou seja 1,30m. Tal qual o varal de cordinhas ele desce até a altura necessária para se colocar a roupa, normalmente 1,5m por mais baixa que a pessoa seja, ou mais alto que isso. A diferença é que o usuario diz a qual altura quer de desça e qual quer que suba. Ou para onde quizer sem ultrapassar esses limites. Jamais irá abaixar até a altura de uma criança.
      Um abraço

  • Gostaria de saber o preço?? Já vi isto numa feira de utilidades, com melhor acabamento e fui informado que é patenteado desde 2005??? Eu vi a patente, mostrada na Feira.