ZTOP

USB PD: Alimente notebooks, monitores e até impressoras via porta USB

IDF 2013:  Novo padrão permitirá transmitir correntes de até 20 volts x 5 ampéres via cabo USB.

Passeando pelo showcase do IDF 2013 topei com uma nova tecnologia que pode se tornar relevante (ou até mesmo indispensável) em alguns anos.

Trata-se do USB PD (= Power Delivery), um novo padrão cuja proposta é de alimentar equipamentos e periféricos de informática de maior porte — como notebooks, monitores LCD e impressoras — via cabo USB, do mesmo modo que fazemos hoje com smartphones, tablets, GPS, câmeras digitais e alguns discos externos. O padrão está sendo definido sobre o padrão USB 3.0 de modo que ele também será retrocompatível com o 2.0 e 1.1.

USB_PD_proposal

 

Já falamos sobre isso no ano passado na época do seu anúncio e pela primeira vez vimos um protótipo funcionando em cores e ao vivo aqui no IDF no stand da ROHM Semiconductor, empresa japonesa especializada em componentes eletrônicos. A demo em si era bastante simples: ao conectar um cabo USB na saída da placa, acima o medidor mostrava que a corrente que passava pelo cabo era de aproximadamente 20 volts! Bem mais que os 5 volts do USB padrão.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A empresa também apresentou um modelo de avaliação de uma fonte de alimentação que converte a energia da tomada para USB PD:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Segundo o pessoal da ROHM, o desenvolvimento do USB PD ainda está no início mas o seu potencial é bastante promissor já que ele racionaliza ou pelo menos reduz bastante a necessidade de uso de uma fonte de alimentação para cada equipamento.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ele também comentou que para trabalhar com o limite máximo de 100 watts, é preciso o uso de um cabo USB especial e certificado para suportar essa potência. O interessante é que caso o usuário opte por usar um cabo “padrão” (que suporta apenas 7,5 watts), o circuito é capaz de identificar isso e baixar a corrente para níveis seguros, impedindo assim possíveis acidentes.

Mais informações no site da empresa.

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.