ZTOP

Toyota contrata diva virtual para promover Corolla 2011

Da série “quando os nerds dominarem a terra”, a maior montadora de carros do planeta iniciou uma campanha estrelada por Hatsune Miku, personagem fictícia do sintetizador Vocaloid.

===

===

Quando vi o comercial, acima confesso que duas coisas me intrigaram: primeiro é que o vídeo está sendo veiculado nos EUA (e não no Japão). Segundo: Hatsune Miku não é exatamente um personagem de anime ou mesmo de quadrinhos, o que faz dela um fenômeno de mídia ainda mais interessante.

Ela não nasceu como personagem e sim como uma voz foi criada a partir de amostras fornecidas pela atriz Saki Fujita que foram sintetizadas e empacotadas em um programa musical chamado Vocaloid, produto originalmente criado pela Yamaha e voltado para profissionais, mas que caiu no gosto dos entusiastas japoneses que começaram criar suas próprias canções (com vocal e tudo) direto em seus computadores, divulgando-as depois na web.

Apesar de mais de 20 versões de Vocaloid existirem no mercado, a mais popular delas é com certeza Hatsune Miku, criada pela Crypton Future Media, cujo personagem estampa a embalagem do programa.

 

Outro produto correlato é um curioso utilitário conhecido como MikuMiku Dance, que permite coreografar números de dança no PC a partir do material gerado pelo Vocaloid. Assim o usuário pode compor, produzir, ensaiar e dirigir seu próprio showzinho no aconchego do lar.

===

===

E com o passar do tempo a popularidade de Miku foi aumentando o que levou a criação da sua própria carreira musicallinha de brinquedos e de videogames, foi mascote de equipe de corrida e chegou até a estrelar seu próprio concerto solo com direito a banda ao vivo em março de 2010:

===

===

Segundo nota publicada no “The Wall Street Journal“, a campanha da Toyota foi criada para atingir o consumidor americano de origem asiática e faz parte de uma grande ação de mídia social. Mas, até onde se sabe, não existem planos de estendê-la para outros grupos étnicos.

Fico imaginando que se essa iniciativa fosse trazida para o Brasil qual seria o personagem que seria contratado para estrelar a campanha — Mônica Jovem?

(AAI MEU SANTO!!!)

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.