ZTOP

Sobre códigos e a fúria das massas online

Desde ontem í  tarde, pleno feriadão do dia do Trabalho, a chamada blogosfera se movimenta em relação ao temido código que quebra a proteção dos HD DVDs. Em resumo, o código saiu num blog, depois foi para o Digg, que entrou num modo “proí­be-não proí­be” a publicação de notí­cias sobre o assunto (explicações mais a fundo aqui e aqui). Web 2.0 é colaboração, certo?

Tal comportamento dos leitores do Digg não difere muito do “internauta padrão” que acha que tudo pode no mundo online. O Digg, após proibir a publicação do tema, voltou atrás. Em nada se diferencia do povo que invade o Orkut alheio quando fulano fica famoso/comete gafe/é-pego-fazendo-sexo-na-praia. Tirou, outros vão lá e colocam de novo. Claro que, na teoria, os leitores do Digg são mais nerds/alfabetizados/inteligentes/usuários inteligentes de internet. Só que a partir do momento em que a turba online se enfurece (tô errado, xiitas do Linux?), sai debaixo. E o Digg foi só mais uma ví­tima – ou a primeira grande de muitas outras por vir.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin