ZTOP

Skype tenta entender o Brasil, seu quinto maior mercado

40_conversations_tab

E o pessoal do Skype está no Brasil. Quer tentar entender, em uma espécie de turnê oficial (com direito a lobista da empresa no congresso norte-americano), o que acontece por aqui. Afinal, é um país que representa o quinto maior mercado em número de usuários do serviço.

Na verdade, o encontro de hoje foi com um trio de executivos do Skype: o sorridente Don Albert, vice-presidente e diretor geral para Américas, Cristopher Libertelli, diretor sênior de assuntos governamentais e regulatórios, e Tom Yeung, diretor de produtos e planejamento de negócios para as Américas.

Novidades no front? Oficialmente, nenhuma: falaram do Skype 4 para Windows, do Skype 2.8 para Mac, do Skype para iPhone e celulares e tal. E deram alguns números/informações bem bacanas de como funciona o Skype pelo mundo. Acompanhe:

– São 443 milhões de usuários em todo o mundo, 420 mil novos por dia; Américas são a menor parte (94 milhões), Europa, Oriente Médio e África representam 198 milhões de usuários; Ásia-Pacífico tem 114 milhões. “O resto” são 6 milhões de usuários. “Tem muito o que crescer ainda na América”, diz Albert.

– Skype representa 8% das ligações de longa distância em todo o mundo;

– só no último trimestre de 2008, foram 100 bilhões de minutos acumulados em ligações via Skype;

– Focos para 2009: melhorar a qualidade dos serviços e sua facilidade de uso; vídeo-chamadas; sistemas de assinaturas.

– Skype para iPhone foi baixado 2,8 milhões de vezes (ou, diz a empresa, por 10% dos donos de iPhones e iPod touch em todo o mundo).

Ainda na questão da mobilidade, o Skype atua em três áreas: download para o aparelho (versões para Windows Mobile, Java e Android prontas, BlackBerry sai em maio ainda); direto com as operadoras (tem o tal “caso” de sucesso da Hutchinson 3, na Inglaterra, com um celular exclusivo com Skype que já vendeu mais de 500 mil unidades e “alta taxa de ativação dos serviços”) e uma nova área, de “pré-carregamento” em dispositivos (algo que vai começar com o Nokia N97 ainda este ano – pelo que vi no Nokia Developer Summit, é uma estratégia da Nokia de trazer diversos “nomes fortes” para terem widgets no N97 – inclua aí Skype, Facebook, MySpace, Qik, AP…).

Aí você pergunta sobre o que eles vieram fazer aqui e as respostas divergem. Libertelli, o lobista, Yeung, o cara de produtos, e Albert, o chefão, definitivamente não vieram fazer turismo. Não confirmam negociações com operadoras, nem se vão falar com elas para trazer algo similar ao exemplo da 3 na Inglaterra. Está no plano, sem dúvida. Mas quem e quando, nada ainda. Curiosamente, ninguém (nem eu) perguntou sobre relacionamento do Skype com o eBay – afinal, alguém ainda lembra que o eBay é dono do Skype?

Outro fato no mínimo curioso é que eles dizem que não têm operação no Brasil, mas talvez pensem na possibilidade – apagando totalmente da memória a existência de um executivo local que atuou por um certo tempo na América Latina. Vai ver é a cultura da empresa adaptada à realidade local.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Brasileiros são comunicativos e têm parentes em tudo quanto é buraco do mundo.
    E querem gastar como norte-americanos com salário menor.

    e segue…

  • Hugo

    podiam aproveitar a visita ao brasil e trocar a representante TRANSIT TELECOM que está fazendo um trabalho de péssima qualidade, SKYPE-IN não funciona mais!!! só dá ocupado !!! GRRRR

  • Lucas Jardim

    Acho que a chance do skype decolar mesmo, no mundo seria uma verão mobile, que funcionasse em smartfones com 3G (mas um 3g descente, não essa porcaria que esta no Brasil atualmente). Imagina eu, na minha net ou no meu smartfone fazer uma ligação voIP pra outro SKYPEFONE usando somente o plano de banda larga… seria MARA!!!

  • Uso muito os serviços Skype. Poderiam aproveitar a visita para pensar em algo DECENTE de suporte técnico. Tive 3 problemas SÉRIOS e fiquei a ver navios. IMPLOREI por atenção, resposta, e nada! Falta ded respeito TOTAL!!! Uma empresa sem suporte digno não pode ser respeitada! Denunciei isso duas vezes em meu blog bloglauco.com

  • Pingback: BLOGlauco » Post Topic » A Skype e o Brasil()

  • Pingback: BLOGlauco » Post Topic » A Skype e o Brasil()