ZTOP

Review: Gigabyte GA-H55N-USB3 (mini-ITX para Core i3/i5/i7)

Mais associada com chips de baixo consumo e desempenho modesto, o padrão mini-ITX ganha um verdadeiro impulso (de foguete) com a chegada da placa-mãe Gigabyte GA-H55N-USB3, primeiro modelo compacto com suporte para os novos processadores Core ix.

Medindo apenas 17 cm x 17 cm (L x P), a GA-H55N-USB3 tem o mesmo tamanho de outras mini-ITX que já passaram aqui pela Zumo-caverna, como a Intel D510MO, a PCWare IPXLP-MB DC ou a ASUS AT3N7A-I. A grande diferença entre essas placas e a da Gigabyte é que a GA-H55N-USB3 vem equipada com um soquete LGA 1156 + chipset Intel H55 Express permitindo assim a montagem de um PC realmente compacto equipado com um dos novos processadores Intel Core i3, i5 e até mesmo i7.

De fato, a impressão que temos é que os engenheiros da Gigabyte pegaram o layout de uma placa mini-ATX e passaram a tesoura nela, tirando todos os excessos…

 

… mantendo apenas o que podemos considerar essencial para os dias de hoje, como quatro portas SATA 300, dois conectores USB 2.0 (= quatro portas), conectores para o painel frontal (liga/desliga, reset, LEDs), som etc. Para aproveitar ao máximo o espaço disponível na placa, note a posição pouco convencional dos conectores Sata e USB e das saídas para o painel frontal.

E como esse layout costuma só ter espaço para um slot para placa de expansão, a empresa optou por manter a PCI-e X16 (yay!) o que permite instalar uma placa de vídeo externa, multiplicando assim as possibilidades de uso dessa placa como uma plataforma de entretenimento, em especial para jogos. Para mim uma decisão acertada já que ela faz mais sentido do que trocá-la por uma PCI normal.

Apesar do pouco espaço para expansões, a GA-H55N-USB3 é uma placa até que bem servida em termos de portas de saída como podemos ver no seu painel traseiro. Podemos ver (a partir da esquerda) duas portas USB 2.0, uma entrada para mouse ou teclado PS/2, SVGA, DVI, S/PDIF, HDMI, mais duas USB 2.0, eSATA, rede Gigabit Ethernet e saída de som HD de 7.1 canais.

Destaque mesmo fica por conta das duas portas USB 3.0 facilmente reconhecido pelo seu conector interno na cor azul controlado por outro conhecido nosso, o chipset D720200F1 da NEC. Entre ele e o novo SATA 3.0, acredit0 que a Gigabyte tomou a decisão acertada já que a nova USB tende a ser a opção mais interessante a medida que mais dispositivos de armazenamento de altíssima capacidade equipados com essa porta cheguem ao mercado.

Entre os recursos diferenciados que vimos nessa placa, nos chamou a atenção ela ter um indicador luminoso batizado de Phase LED que mostra o quanto de energia bruta que o sistema está consumindo. Segundo o manual, ele trabalha em conjunto com o recurso Dynamic Energy Saver 2 uma ferramenta de software que gerencia dinamicamente o consumo de energia da placa.

De fato, os LEDs brilham a toda carga durante a carga inicial do sistema.

Outro recurso mais obscuro é a presença de um conector de 11 pinhos chamado Debug Port. O manual não explica claramente sua utilidade, mas acredito que ela seja usada pela fábrica em algum tipo de sistema de diagnóstico ou manutenção.

 

 

 

 

 

Entre os outros recursos disponíveis destaque para o Dual BIOS (backup da BIOS num segundo chip de memória Flash), @BIOS (atualizacão da BIOS dentro do Windows), Smart 6 (utilitários diversos), ON/OFF Charge (recarrega dispositivos USB mesmo com o PC desligado) e o Auto Green, um curioso gerenciador de energia que se conecta a algum dispositivo com interface Bluetooth (como um telefone celular) como um meio de monitorar a presença de um usuário na frente do PC. Para mais detalhes sugerimos dar uma olhada no nosso review da placa GA-890GPA-UD3H, onde gravamos até um pequeno vídeo para mostrar esse recurso.

Sob Testes

Devido às reduzidas dimensões dessa placa, seu procedimento de instalação e montagem é bastante simples: utilizamos um processador Intel Core i3 530, um chip dual core com HT de 2,93 GHz e 4 MB de cache. Fora isso, adicionamos 4 GB de SDRAM DDR3 1066 distribuídos em dois pentes Kingston KVR1066D3N7/2G de 2 GB cada e um disco rígido Seagate Barracuda XT ST32000641AS SATA 600 de 2 TB. O sistema operacional utilizado foi o Windows 7 Ultimate de 32 bits.

Podemos ver na montagem final, como essa placa realmente é pequena se comparada com seu potencial de processamento:

 

 

 

Mas, de volta ao que interessa, nos testes realizados, o Índice de Experiência do Windows 7 ficou em 4,8 pontos, como era de se esperar por causa do seu desempenho gráfico em relação ao resto do conjunto.

O que não significa necessariamente que essa plataforma não seja boa para aplicações de midia, de fato ela alcaçou o melhor resultado nos testes de Play HD Experience do HDxPRT.

Nos outros testes, a plataforma da Gygabyte bateu 178 pontos no Sysmark 2007 Preview 1.05, 6.108 pontos no PCMark Vantage. No AutoGK 2.45, o sistema levou 1h3m1s para transformar um filme em DVD para um arquivo AVI de 700 MB. O processo oposto (criar uma imagem de DVD a partir de um arquivo de vídeo) feito com o DVDFlick 1.3.0.6 foi de 2h50m048s utilizando um thread e 2h13m45s com três threads.

Para avaliar o desempenho do processador rodamos o novo Cinebench 11.5:

E o Super-Pi do David Lopes:

Para uma placa de apenas 17 cm de lado, o desempenho da GA-H55N-USB3 foi muito bom, de fato, ela se deu melhor que a GA-890GPA-UD3H equipada com um Phenon II  x3 720 de 2,8 GHz. Mas se desempenho não é problema, acredito que o usuário precisa estar ciente do ele está exatamente comprando: Se de um lado ganha-se na economia de espaço permitindo assim a montagem de computadores realmente compactos ou de desenho diferenciado, do outro o usuário perde um pouco na versatilidade da plataforma, já que a GA-H55N-USB3 praticamente não oferece suporte para nenhum dispositivo legado, seja ele na forma de uma porta paralela ou serial ou mesmo na oferta de um slot PCI. De um certo modo ele é um produto que olha pra frente e não para o passado.

Assim eu acredito que o público alvo da GA-H55N-USB3 seja inicialmente os entusiastas que desejem ter um PC compacto para uso geral ou mesmo um MPC sem ter que abrir mão do desempenho, inclusive para jogar, algo por sinal não atendido pelas mini-ITX com processador Atom que melhor se encaixam no perfil de uso de um PC de entrada ou mesmo aplicações especiais como terminal de dados ou mesmo um pequeno servidor doméstico.

De qualquer modo acredito que o padrão mini-ITX para deskrops começe a ficar mais popular a medida que novos padrões de formato comecem a se popularizar no mercado, em especial o padrão all-in-one onde esse tipo de placa se encaixa perfeitamente no conceito.

Resumo: Placa-mãe GA-H55N-USB3

O que é isso? Placa-mãe compacta para entusiastas e gamers.
O que é legal? Apesar de pequeno não abre mão de desempenho. Já vem com USB 3.0.
O que é imoral? Poderia vir com duas portas PS/2, pouco (ou nenhum) suporte para interfaces legadas.
O que mais? Talvez a única opção (por enquanto) de placa mini-ITX com suporte para processadores Core i3/i5/i7.
Avaliação: 8,5 (de 10). Entenda nosso novo sistema de avaliação.

Preço sugerido: R$ 371

Onde encontrar: br.giga-byte.com

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Julio Torrel

    Onde comprar ?

  • Pingback: Tweets that mention Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Review: Gigabyte GA-H55N-USB3 (mini-ITX para Core i3/i5/i7) -- Topsy.com()

  • Diego

    Bem que poderia ter um wifi embutido também 🙂

  • rubens

    Pow Nagano, a placa verde é micro-ATX, não mini.
    Enfim. Belo review.

    O problema é que faz tempo que um chipset não apresenta diferenças de desempenho fora de uma margem de erros. Diferente da época dos chipsets pra 478 e 462.
    Ainda mais agora com a "tranca" que a Intel pôs nas licenças para seus chipsets (e depois da compra da ATI e redução de atividades da nvidia).
    O que diferencia uma placa da outra são os recursos e isso parece bem destacado no review.

  • dflopes

    ótimo produto. Ideal para HTCP ou media center (junto da TV). E como já vem com BT, já podemos comprar um teclado com touchpad…

    Só faltou o wifi,mas poderá ser instalado numa porta USB.

    E onde comprar? E que gabinete usar? Não encontro gabinetes desse tipo nas lojas daqui da cidade!

    P.S.: E obrigado pelo Super-Pi. Uma baita máquina, bateu 14s o teste de 1M

    • mnagano

      Oi David,

      Nope, ele não vem com bluetooth, mas você pode adaptar um numa porta USB.

    • rubens

      Várias lojas online dispõem do gabinete.

      e-armazem, kabum, oficina dos bits,

      De marcas como Thermaltake, CoolerMaster, K-Mex, até a Nilko. 🙂
      (se não me engano até a Leadership/Goldship tinha/tem um modelo, não que eu recomende…)

  • Guilherme Mattos

    Tb. gostaria de saber em que gabinete e com que fonte montar essa belezura. Vc poderia indicar marcas, modelos, onde encontrar?
    Abs

  • Roberto

    Nagano, qual a fonte necessária para utilizar esta MB com um placa de video razoável ? Vc usou qual fonte ? Excelente review.
    Abs!

    • mnagano

      Nossa fonte de referência aqui da bancada é uma P420-RP da Super Micro, uma fonte para servidor de 420 watts (real) que comprei baratinho (~R$ 90) nova numa loja de ponta de estoque de componentes eletrônicos lá na região da Santa Ifigênia.

      http://www.pacificgeek.com/product.asp?id=21519

      Me arrependo até hj por não ter comprado mais uma de reserva.

  • Pingback: AMD Radeon HD 6850 / HD 6870 (Hands-on) | Zumo()

  • Pingback: Gabinete mini ITX Mtek ItMini (Hands-on) | zumo()

  • Pingback: Pen drive de 32 GB: é rápido mesmo! | zumo()

  • Rafael

    Eu tenho uma placa mãe igual a essa!Ela é muito filé..
    Ela esta com 8 gb de ram,uma placa de video de 2 gb da nvidia,windows 7 ultimate 64 bits,Processador i7,gabinete de ar crilico com neon azulm,fonte de 800 wats reais…enfim esta muito filé,ela roda qualquer jogo na maior moleza…
    Tambem pelo tanto q eu gastei..
    R$: 5,500,00
    aBRAÇOS..