ZTOP

ZTOP: retrospectiva 2012

Este foi o ano mais incrível deste ZTOP desde o início da sua existência.

Tivemos a maior audiência do site desde seu modesto lançamento cinco anos atrás ainda como Zumo, e fizemos muitas coisas legais nos últimos 12 meses. Veja o que foi mais lido por aqui na nossa retrospectiva 2012.

Fato é que hoje tem gente grande no mundo do hardware falando que 2013 será o ano da convergência. Mmm, não. A convergência já é.

Dispositivos móveis de acesso à internet são mais que objetos de desejo (caso dos primeiros iPhones, lá em 2007/2008): viraram ferramentas de produtividade, de diversão, de vida social, ainda que online.

Pelo menos é o que diz nossa lista. Nossos posts mais lidos do ano são:

1) Review: Samsung Galaxy S II Lite (+de 60 mil pageviews)
2) LG Optimus L7: o preço do aparelho (+de 29 mil pageviews)
3) Review: Motorola RAZR i (+27 mil pageviews e crescendo, vídeo com 74 mil views e crescendo)
4) Preview: Windows 8 em português (+21 mil pageviews)
5) Samsung Galaxy S Duos chega ao Brasil (+21 mil pageviews)
6) Review: LG Optimus L3
7) Opinião: Windows 8 marca o fim do desktop como conhecemos
8) Review: Motorola RAZR Maxx
9) Review: Samsung Galaxy S III
10)Review: Nokia Lumia 710
11) Review: Sony Mobile Xperia U
12) ZTOP Explica: o que é uma TV 4K?
13) Diferenças entre Samsung Galaxy Tab 2 e o Galaxy Note 10.1
14) Review: Sony Xperia S
15) Hands-on: câmera Sony NEX-F3
16) Review: multifuncional Epson L200 (com tanque de tinta)
17) Samsung Galaxy S III mini é real
18) Asus Taichi: tela dupla com Windows 8
19) Computex 2012: os híbridos chegaram
20) Review: Samsung Galaxy Note

O que isso quer dizer?

Uma coisa apenas: Estamos no caminho certo ao investir em conteúdo original em português. É algo que fazemos desde sempre e que vamos continuar a fazer.

Crescemos, em audiência, mais de 70% em comparação com 2011 e quase 50% em relação a 2010 (quando estávamos no UOL ainda).

A lista acima prova que se esforçar para produzir reviews de qualidade e que se tornam referência entre leitores e anunciantes. Notem a tendência de crescimento entre smartphones intermediários – são os posts mais lidos no geral.

Quanto mais profundidade e menos bobagem (ou “notíciário de tecnologia de comportamento humano“, com notícias fúteis e superficiais, rumores caça-pageviews etc.) para a gente, melhor.

Entendemos que os leitores querem isto, e os anunciantes também procuram alternativas.

O que vem por aí?

Ainda estamos fechando nossos novos planos para 2013. Meta inicial: cobrir a CES 2013 com foco e precisão, sem sair atirando para todo lado. Menos cobertura de notícias diárias, mais reviews profundos, mais análise de mercado. Mais cérebro, menos babaquice.

Aguardem novidades.

Obrigados e tal

Não podemos encerrar 2012 sem agradecer aos nossos parceiros de crime, sem ordem de preferência. Amamos todos vocês (menos os trolls, claro):

Ao pessoal da F451 pela acolhida em 2012.

Ao pessoal do Terra, melhores parceiros que já tivemos. Helio Gomes, Ismael, Guilherme e toda a equipe (mais Leo Godoy, Eva, Rafa e Emily, que estão fazendo outras coisas hoje), nosso eterno agradecimento. Um terço da nossa audiência vem daí, então obrigado mesmo.

Aos anunciantes do ano: Asus, Seagate, Bradesco, Gafisa, Locaweb, Claro e Zoom. Obrigado por entender que o ZTOP entrega um leitor qualificado.

Ao mercado de tecnologia brasileiro, que nos manda produtos para teste, muitas vezes com exclusividade, e todo o ecossistema envolvido (agências de imprensa, marketing, comunicação).

Aos leitores e amigos: <chavão> sem vocês, mais de 2,1 milhões de pessoas do outro lado da tela que clicam e se interessam todo ano, não seríamos nada</chavão>. Bônus: obrigado por comentários inteligentes e pertinentes.

e é isso. Valeu mesmo.

Henrique e Nagano

Nagano comenta: Também agradeço a todos que até hoje acreditaram no nosso taco e na proposta deste blog tocado por dois cabeças-duras, em especial ao Caio e a F451 (que recebeu a gente), as gerências de comunicação e  assessorias de imprensa (pela atenção e paciência), o mercado de TI como um todo (pelo respeito e consideração) e todo mundo que desde o primeiro dia nos trataram como um veículo de comunicação de verdade.

E como sempre, obrigado a todos aqueles que gostam do que escrevemos, a todos aqueles que não gostam do que escrevemos e até mesmo a todos aqueles que não estão nem aí para o que escrevemos.

Acredito que a maioria gosta. E para aqueles que discordam — sorry rapeize — a gente é assim mesmo!