ZTOP

Projeto Limão no ar. E agora, Estadão?

Home page do LimãoEm busca de uma informação sobre o Orkut, encontro um Limão no caminho.

Já tinha ouvido falar que o pessoal do velho e bom “O Estado de S.Paulo” estava com projeto de reformular o site e até então Limão era só um codinome para mim. Pra uma empresa tão Estadão, colocar na manchete “Esse é o Limão, o espaço mais inquieto da web brasileira” é bem ousado mesmo.

Mas não imaginei que fosse algo tão… diferente (o design é bem bonitão, tem uma coisa meio Mac OS X no visual). Limão é um site (ainda em beta, para aproveitar a moda) colaborativo, baseado em jornalismo cidadão e wikis, blogs, com serviço de e-mail (aparentemente deixaram um link lá pro Google Enterprise deles, ou será que vem parceria do Google com o Estadão aos moldes do iG?) e muitas outras coisas (discador? ahn?) aparentemente por vir.

Curioso é ver uma iniciativa dessas no ar depois da polêmica dos blogs, que vou me abster de comentar por aqui. Das duas uma: ou vai dar pano pra manga e render algo novo na web-velha guarda (digo, dos jornais) brasileira, criando um novo paradigma pra Web 2.0 tupiniquim ou vai cair no limbo (vide o próprio projeto de comunidade Link, do Estadão. Descanse em paz, será essa a mensagem?). A conferir os resultados.

Mário comenta Fico imaginando como é que os idealizadores desse projeto chegaram nesse nome e como ele será visto pelos internautas que falam inglês. É que na lí­ngua dos bretões, limão (= lemon) além de fruta, tem outro significado como gí­ria – algo como abacaxi no Brasil:

lem·on: (lÄ›m’É™n)
1. A spiny, Asian evergreen tree (Citrus limon) widely cultivated for its yellow, egg-shaped fruit.
2. The fruit of this tree, having a yellow aromatic rind and juicy, acid pulp.
3. Informal One that is unsatisfactory or defective: Their new car turned out to be a lemon.
(fonte: American Heritage Dictionary)

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • limonada

    Limão é o nome do bairro onde fica a sede do Estadão na cidade de São Paulo.

  • Alexandre Barbosa

    O nome do projeto deriva do bairro do Limão, onde a sede do Estadão se encontra. Sim, de fato há o conflito óbvio do conteúdo colaborativo com a campanha de meter a boca nos blogueiros quando da renovação do portal Estadão. MAs há outras perguntas no ar: funcionará como um agregador aberto ou fechado aos produtos online do Grupo Estado. E, se for o segundo, veja bem, o Estadão praticamente não tem equipe própria de geração de conteúdo original para a internet, já que a maioria dos profissionais se limita a reaproveitar conteúdos do JT, Estadão e Agência Estado e, claro, o copidesque rotineiro que fazem da concorrência.

  • Limão

    * Quem sou eu
    * Eu sou assim
    * Meu mundo
    * Minha vida digital
    * Minha cara

    PERFIL

    *
    QUEM SOU EU
    * Apelido:Limão
    * Nome Completo: limao limao
    * Eu me defino como:Por que Limão? E por que não?

    Ninguém fica indiferente ao Limão. Vai bem com doce e salgado. È um catalizador natural. É refrescante. È azedo, amargo, transformador, é atitude !!!

    O que eu sou para você?
    * Sexo:Masculino
    * Aniversario:25 de Outubro
    * Onde vivo:Floripa – SC
    * Onde Nasci: –
    * RelacionamentoBoa Pergunta
    * Filhos: 9
    * Vivo com: Minha família
    * Orientacao Sexual: Curioso(a)

    *
    EU SOU ASSIM
    * Meu estilo:Moderno
    * O que vejo no espelho:Vontade incontrolável em transformar, agregar, evoluir, contextualizar, melhorar, animar, entreter, viver !!!
    * O que me atrai:Dar relevância e contexto à internet. Organizar e hierarquizar o mundo digital
    * Meus amigos são:Quem compartilha o propósito de criar algo inovador na internet.

    – Criatividade
    РInova̤̣o
    – Contexto
    РRelev̢ncia
    – Atitude
    – Inquietude

    *
    MEU MUNDO
    * Meu trabalho:Estou chegando agora, mas procuro dar ferramentas para que sua vida digital tenha mais cor, sabor, atitude, relevância. Tenho 3 principios:
    РBeta Eterno РEvolṳ̣o constante
    РOpen Source РConte̼do e aplicativos desenvolvidos abertamente
    РWiki (Colaborativo) por̩m buscando relev̢ncia e contexto
    * Meus estudos: Fui buscar o que havia de mais moderno na internet mundial e ainda estou aprendendo, novidades aparecerão a todo momento. Parcerias
    são fundamentais…Colaboração e aprendizado constante.
    * Meu tempo livre:Na gastronomia estou sempre presente e sou fera. A música com limão dizem que fica mais interessante. Não dispenso uma praia, mas cuidado comigo ao sol…

    Esportes, então, nem se fala. O Palmeiras já me contratou, mas acho que vai haver uma grande disputa pela minha camisa.

  • O Limão é porque a sede do Grupo Estado fica no bairro com este nome, em São Paulo 🙂

  • Renata

    Eu nunca vou entender as estratégias de internet de duas empresas: do Estadão e da Abril. E olha que lá se vão 12 anos do início comercial da web por aqui, e pelo menos 10 que essas duas empresas estão dando murro em ponta de faca… Já discuti tanto o assunto que cansei. 🙂

  • caros, escutem quando o alexandre barbosa fala em “copidesque rotineiro que fazem da concorrência”.
    o cara conhece do riscado – http://felitti.wordpress.com/2007/02/07/do-jornalismo-de-tecnologia-brasileiro/
    abraço,
    guilherme felitti

  • Rômulo

    Apenas uma correçãozinha ao comentário do Mário: limão, em inglês, é na verdade lime (e lima é lemon; sim, eu também fiquei surpreso quando me contaram isso, mas os dicionários confirmam).

  • A unica coisa que não entendo eh essa: pq no Estadao de hj (12 de Nov) tem um MONTÃO de informações sobre Limao…mas o site ta em beta e a base de convite? “Nesta fase de testes, o acesso de usuários é limitado.” QUE EH ISSO? Toda aquela marketing pra nada?

    Eh que o pessoal do Limao estao com medo do MySpace brasileiro e do Orkut atualizado – entao resolveram sair por ae falando do Limao…mas que bom vai fazer, se ta em base de teste?

    Que burrice.