ZTOP

Procura-se: testador de cabine de avião

Se você é uma daquelas pessoas que se sentem como uma pedrinha de jogo de Tetris quando anda de avião, esta é sua chance de fazer a sua experiência de vôo um pouco mais agradável.

Isso porque a Universidade de São Paulo e a Embraer estão convidando pessoas que já tenham viajado de avião a colaborar no desenvolvimento de cabines mais confortáveis.

Batizado de “Conforto e Design de Cabine” esse projeto é uma parceria entre a Embraer, Departamento de Engenharia Mecânica da Escola Politécnica da USP, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e utilizará um simulador especialmente construído para esse fim que reproduz as condições de um vôo real (pressão, temperatura, ruído e vibração), construído nas dependências da USP.

Além disso esta fase do projeto visa aprofundar o conhecimento sobre o comportamento dos passageiros ao embarcarem na aeronave, ao longo da viagem e também ao desembarcarem cuja avaliação será feita por meio de questionários respondidos pelos voluntários. Os selecionados receberão uma ajuda de custo.

Os ensaios ocorrerão de fevereiro a junho de 2011 nas dependências da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e os  interessados em participar podem se cadastrar no site da iniciativa.

Henrique comenta: essa ideia vem ao encontro do projeto da Anac de colocar selos de eficiência nas poltronas. Uma coisa é real: nem precisa de simulador. Não existe classe de transporte de gado econômica confortável, ao menos para vôos acima de 5 horas de duração, sempre com o risco de um AVC. Eu, com 1,83m de altura, sei bem o que é isso (e brigo pra sentar na saída de emergência sempre).


A Universidade de São Paulo convida pessoas que já tenham viajado de avião a colaborar no desenvolvimento de cabines mais confortáveis. Os selecionados farão testes em um simulador que reproduz as condições de um vôo real (pressão, temperatura, ruído e vibração), construído nas dependências da USP.

O projeto “Conforto e Design de Cabine”, uma parceria entre a Embraer, Departamento de Engenharia Mecânica da Escola Politécnica da USP, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), tem como objetivo desenvolver técnicas para aperfeiçoar o conforto no interior de aeronaves, estabelecendo harmonização entre padrões de estética e de funcionalidade.

Esta fase do projeto visa aprofundar o conhecimento sobre o comportamento dos passageiros ao embarcarem na aeronave, ao longo da viagem e também ao desembarcarem.

A avaliação do conforto será feita por meio de questionários respondidos pelos voluntários que participarão de um vôo no simulador especialmente construído para esse fim. Os selecionados receberão uma ajuda de custo.

Os ensaios ocorrerão de fevereiro a junho de 2011 nas dependências da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

Os interessados em participar podem se cadastrar no site

http://www.lete.poli.usp.br/confortodecabine/inicio.html

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.