ZTOP

Olympus e Panasonic encolhem as D-SLR

A Olympus e Panasonic se uniram para o desenvolvimento do novo padrão Micro Four Thirds. Baseado no sistema Four Thirds (já usado em modelos da Olympus, como a E-410 e E-420, a menor D-SLR do mercado), a novidade vai permitir a criação de câmeras digitais com lentes intercambiáveis (D-SLRs) menores e mais leves.

Em comparação ao padrão original, o Micro Four Thirds tem uma distância 50% menor da lente ao sensor, com lentes 6 mm menores em diâmetro e um pouco mais de contatos elétricos (9 para 11) na baioneta.

Do comunicado oficial, “o Micro Four Thirds System permitirá aos usuários ter imagens de alta qualidade geradas pelos sensores 4/3 do Four Thirds em uma câmera com corpo mais compacto, além de poder usar lentes mais compactas, principalmente as grande angulares e de zoom estendido. Vai tornar possí­vel desenvolver câmeras com lentes intercambiáveis ultracompactas. O aumento no número de contatos elétricos na baioneta vai permitir novos recursos e um aumento nas funcionalidades do sistema no futuro.”

Um adptador vai permitir a donos de câmeras com Four Thirds usar suas lentes nos modelos com Micro Four Thirds. Como o projeto de desenvolvimento foi anunciado hoje, não há previsão ainda de lançamento das micro D-SLR.

Nagano comenta: como usuário do sistema Four Thirds, fico surpreso com esse anúncio, já que ele abre caminho para câmeras e lentes ainda menores que o padrão atual, podendo até criar uma nova categoria de câmeras (rangefinders digitais?) que poderiam brigar com os atuais modelos de bolso com a vantagem de trabalhar com lentes cambiáveis. Apesar disso, não vejo muita vantagem em adaptar as atuais lentes Four Thirds para o Micro, já que algumas lentes premium Digital Zuiko da Olympus já chegam a pesar mais que as linhas E-4xx e E-5xx, o que chega a desbalancear o conjunto, o que não acontece com o uso de corpos mais “maciços” como a E-1/E-3.

Uma das curiosidades da baioneta Four Thirds é que, devido ao grande diâmetro da sua “boca”, ela permite o encaixe de lentes Olympus OM e de outros fabricantes por meio de adaptadores como rosca universal (M42), Pentax-K, Nikon-F, Exakta, Yashica/Contax, Leica R etc.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin