ZTOP

Notebooks Toshiba agora são “made in Brazil”

Toshiba_portege_intro

Fabricante nacional finalmente adiciona a marca ao seu portfólio de produtos e irá montar por aqui os modelos Portégé e Tecra.

A Semp Toshiba anunciou que irá montar noteboks da Toshiba no Brasil. — Ao ouvir essa notícia, muitos podem pensar “Como assim, eles já não vendem Toshiba por aqui?”

Para responder a essa pergunta vale a pena esclarecer que a Semp Toshiba não é da Toshiba e sim da Semp, uma empresa histórica fundada em 1942…

…  e que em 1977 fechou uma parceria com a japonesa Toshiba que mantém uma participação minoritária na empresa. O produto mais conhecido dessa nova era são as TVs em cores que ficaram famosas por oferecer garantia de fábrica de cinco anos.

Em 1996 a empresa fundou a Semp Toshiba Informática (STI), que tem o mérito de desenvolver muitos de seus desktops e notebooks localmente, o que pode causar uma certa confusão na cabeça de alguns consumidores, já que eles vendem computadores cujo projeto não é necessariamente “da Toshiba” (que, por sinal, que nem fabrica desktops no Japão). Para botar ordem na casa, a companhia até criou uma nova identidade visual para consolidar a marca como um produto de personalidade própria:

Mas agora, a STI resolveu voltar as suas atenções de volta para a marca japonesa, e anunciou ontem que irá montar dois modelos de notebooks da Toshiba no Brasil, voltados especialmente para o mercado corporativo. Vai bater de frente com os Elitebook da HP, Latitude da Dell ou mesmo o sThinkPad da Lenovo.

O primeiro deles é o Portégé R830, um portátil leve e fino (2,5cm de espessura e peso a partir de 1,5 kg) equipado com bateria de longa duração, com até 8 horas de autonomia.

Ele possui uma tecnologia de resfriamento batizada de Airflow, que controla o fluxo de ar e dissipação de calor, minimizando assim o seu desgaste além de consumir menos energia. Equipado com processador Intel Core ix de segunda geração (Ivy Bridge), a fabricante afirma que o Portégé é dono de um design único para a absorção de choques e batidas, além do corpo de altíssima qualidade que esconde uma estrutura em forma de colmeia que é ultra-resistente.

 

Já o Tecra R840 é um modelo mais voltado para produtividade e desempenho e também conta com uma estrutura reforçada para a absorção de choques na forma de colméia com chassis de fibra de vidro que aumenta sua durabilidade e rigidez, além de ter proteção contra líquidos. Ele também vem com porta USB Powered + eSata combinado, o que permite carregar dispositivos mesmo com o computador desligado. Ele estará disponível em três configurações diferentes.

 

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.