ZTOP

Nokia mostra celular touchscreen no Cavaleiro das Trevas

O Coringa sensacional de Heath Ledger (foto: divulgação)

Acabei de chegar em casa (mais de 0h30 enquanto escrevo), vindo da uma pré-estréia de”Batman – O Cavaleiro das Trevas. (o filme é incrí­vel e, sim, o Coringa é de Heath Ledger É melhor que o do Jack Nicholson, mas isso não vem ao caso neste blog).

Num raro filme de Hollywood sem aqueles computadores com maçãzinha branca í  vista, a Nokia aproveitou o enredo para divulgar seus aparelhos e, numa ação maluca/viral/muito bem pensada, soltou um novo e futuro celular nas mãos de um dos personagens, mais especificamente nas de Lucius Fox (Morgan Freeman): sim, é aquele que todos os rumores dizem ser o 5800 Express Music (ou “Tube“, o já demorado concorrente pro celular com tela sensí­vel ao toque da mesma fabricante da maçãzinha branca, outrora com as cores do arco-í­ris).

(alguns spoilers do filme depois do clique)

É jogo rápido. Em Hong Kong, o personagem de Fox entra em um prédio com segurança reforçada. Na portaria, pedem que ele deixe o telefone ali durante a visita. Durante sua reunião, um celular toca no bolso de Lucius Fox, que atende e desliga o aparelho, se fingindo de besta porque estava com um telefone onde não deveria estar.

Dá para ver bem que o celular Nokia é TODO touchscreen, muito parecido com as fotos que já vazaram por aí­.

Depois, Fox deixa o prédio e o telefone que estava na portaria continua lá, pois ele tem outro papel a desempenhar no filme (e você vai assistir pra ver o que é).

Então, não irei me surpreender (nem o leitor do Zumo) se o 5800 Tube ou algo parecido for lançado nos próximos dias. Afinal, “O Cavaleiro das Trevas” estréia na próxima sexta-feira em quase todo o mundo. Claro que dá pra duvidar de tudo e achar que é só um golpe publicitário. Mas seria gastar dinheiro demais com algo fake, não?

Ah, outros personagens do filme usam celulares Nokia, a maioria modelos antigos já fora de linha (vide o comissário Gordon). Mas só o de Morgan Freeman é touchscreen.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin