ZTOP

N900 chega ao Brasil, nove meses depois…

Pelo menos nove meses (uma gestação!) separam o anúncio do Nokia N900, em agosto de 2009, da sua chegada às lojas brasileiras, algo que deve acontecer nos próximos “sessenta a setenta e cinco dias”, de acordo com a companhia. A mesma afirmação – com um prazo menor – vale também para o N97 mini e para o X6 (que chegam, respectivamente, em abril e maio ao varejo).

Em tempos que a concorrência traz Androids com semanas de diferença para o mercado brasileiro (caso dos Motorola Milestone e Backflip), já com subsídio das operadoras, três trimestres (movidos a certa indecisão, entendo) importam.

Fato é que enquanto eu escrevo este post, o vice-presidente Anssi Vanjoki, responsável por “mercados” na Nokia, fala aos funcionários da companhia brasileira. Hoje de manhã ele anunciou a chegada do N900, junto com a do N97 mini, do X6 e de outros dois aparelhos mid/low-end (5325 e 2730 classic). Não dá para negar a influência da Nokia no mercado de celulares: 1,3 bilhão de consumidores em todo o mundo, 13 telefones sendo vendidos por segundo, 1,5 milhão de downloads/dia na Ovi Store (agora Ovi Loja, em português e com aplicativos pagos já no segundo semestre, via cartão de crédito ou operadora).

Bingo! Se realmente vier com os aplicativos pagos, a Nokia vai ser a única (sem ser loja de operadora) com apps pagos no Brasil (iPhone e Android ainda operam no modo gratuito – da Apple, até creio em alguma mudança até dá para baixar programas pagos, do Android, não tenho nenhuma esperança – meus emails para a Open Handset Alliance nunca foram respondidos).

O que dá a entender que tais atrasos – um tanto propositais – mostram que a Nokia está em modo de espera. Sobre o próprio N900, já haviam dito oficialmente que não viria ao Brasil (e, curiosamente, o porta-voz que falava disso trocou a empresa pela Apple, junto com outros três membros da equipe de produtos). De qualquer modo, o N900 vai ser um aparelho caro (sem detalhes de preço, mas não boto minha mão no fogo por um valor abaixo de R$ 2.000).

O N900 é um divisor de águas na Nokia, e foi apenas o primeiro e único com Maemo adaptado para celulares: Linux de verdade, altamente modificável, tornando finalmente o celular em um computador pessoal. Mesmo com o atraso, é uma excelente notícia para o mercado brasileiro (hora de começar a poupar para trocar de celular). Mas não venha me dizer que a Nokia “descobriu” que existem desenvolvedores Linux aqui – eles estão no seu ecossistema faz tempo (vide o monte de coisas bacanas que o INDT fez para esse sistema, como o Canola).

O modo de espera deve passar logo. Os smartphones com Symbian, em uma nova encarnação com Symbianˆ3 e Symbianˆ4, estão batendo à porta. Questionei Vanjoki sobre o ataque de sinceridade que teve em relação ao N97 recentemente e se os compradores do N97 mini deveriam se preocupar: a resposta foi “o mini veio certo desde o começo. Os problemas de qualidade do N97 foram corrigidos”.

Os Symbian vão migrar para aparelhos mid/low-range e dar lugar aos aparelhos com Meego (o nome miguxo para a fusão do Maemo com o Moblin, da Intel). E aí a Nokia vai mostrar que ainda está pronta pro jogo – só tinha parado para descansar um pouco. Espero que as próximas apostas venham mais rápido para cá. Os concorrentes se mexem com velocidade, é hora dos finlandeses também fazerem isso. Afinal, como reiterou o presidente da operação local, Almir Narcizo, o Brasil já está entre os dez maiores mercados da Nokia para o mundo (ocupando a nona posição).

Em tempo: no final deste mês começam a vencer as primeiras licenças de um ano do serviço “consuma tudo que puder de música” Comes With Music. Diz a Nokia que prepara uma “oferta especial” para os clientes, tanto para renovação da licença de uso quanto para a aquisição de novos aparelhos (X6 e N97 mini vêm com o serviço, por sinal), tanto via Nokia quanto via operadoras – a conferir. Por enquanto, a loja brasileira continua vendendo músicas com DRM (lá fora já existem licenças de venda sem essa proteção). Mas fiquei curioso com a marca “Ovi Music” que apareceu em um dos slides de Vanjoki, ah, fiquei.

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Sérgio

    Na verdade a Apple Store tem aplicativos pagos no Brasil, sim.

    Só não estão disponíveis todos os aplicativos da loja americana por restrições dos próprios autores dos programas, e não da Apple.

    • valeu a dica, vou atualizar o texto.

  • Já vou juntar a grana.

    • Eduardo

      Ola meu nome é Eduardo. Moro na Europa atualmente (Luxemburg) e por aqui o N900 só chegou no começo de Novembro. Achei que este seria o meu proximo celular. O tamanho é bom e o software tb mas quando senti o peso dele desisti na hora. Muito pesado. Pra quem procura um smartphone tudo em um como eu é melhor esperar pelo novo iphone. Além do que pagar mais de 2000 reais neste aparelho é uma piada. Só no Brasil mesmo. Iphone 4g te espero. Não se enganem brasucas.Edu

      • E quanto você acha que um iPhone custará?

  • dflopes

    Que bom. Esse é um celular fantastico.

    Ja uso o Maemo4 (N810) e fiquei impressionado com os videos e reviews do N900 – e todos os hacks possíveis (controlar um Lego Mindstorm, tirar fotos de uma pipa, etc). Além de ser possivelk instalar o easy debian nele e contar com o Open Office.

    Mas pq será tão caro…. pq???

    • Porque ele é bom! Atualmente todo aparelho TOP custa mais ou menos isso… aliás, pouco a menos que isso.

      • Mais ou menos. O milestone usa rigorosamente o mesmo hardware (OMAP3430, se não me engano), também é baseado em Linux (logo, não custa nada pra Motorola) e custa bem menos.

        Parte do problema do Maemo é que ele tem alguns binary blobs (problema antigo e discutido desde o Maemo 1.0) e custos operacionais maiores por conta da Nokia, que tem que bancar toda a infra de desenvolvimento pra ele (coisa que no caso do Android, ficou por conta do pessoal de Montain View).

        Milestone vs N900? Optei pelo Milestone, abandonei o Maemo5 (mas permaneço fiel ao Maemo 2.2) e aceitei o peso de trocar de plataforma principal. Eu não gosto da UI do Maemo5 (A UI do Maemo4 era muito boa!)

  • preço caro por um simples motivo: importação!

    • Não, a gente tem visto lançamentos de aparalhos top na faixa de R$ 2.000,00 mesmo… (sem subsídio)…

  • Pingback: uberVU - social comments()

  • Se esse Smart não fosse tão grosso…Vou esperar o slim!!!

  • Pingback: TecNews: Noticias Tecnofagia()

  • Uma otima jogada da NOKIA sem dúvida,mais ela precisa ser mais rápida nos lançamentos
    e trazer em questão de semanas esses pro Brasil.Fazendo isso ela ganha tempo,consumidores, e ajuda a impulsionar de vez a virada pra cima da Apple.Estamos todos cuirosos p/ vermos váriso smarth com a plataforma MEEGO e assim se fortalecer da concôrrencia…..

  • Acabei de ler um "e-mail marketing" da nokia: N97 Mini = R$ 1.799 !!!!
    Assustador… pra não dizer "espantador" hehehehe
    Abraços a todos
    Rogério

  • Guido

    É uma pena que uma empresa como a Nokia produza equipamentos que apenas aparentemente possuem tecnologia avançada, mas que no processo de produção não passam de sucatas velhas. Sem contar que pagar mais de R$ 2.000,00 por uma tecnologia que já sai de fábrica com placa de circuitos oxidada e com falhas. Fiquem atentos as reclamações sobre os equipamentos desta empresa em sites como o RECLAME AQUI e tirem suas conclusões. Já passei por isso e as asssitências técnicas sempre dizem a mesma coisa: O USUÁRIO CAUSOU O DEFEITO DE EXIDAÇÃO. Oxidar mais de R$ 2.000,00 me parece um pouco de exagero, não é mesmo?

    • se deixar o telefone no banheiro enquanto toma banho oxida mesmo, não importa a marca nem o preço do gadget…

      • djudju

        telefones de qualidade vêm com proteção na placa contra oxidação …

  • Rodrigo F Bertelli

    É, acho que agora vem mesmo. Já estão faendo até promoção do N810:
    http://virtuais.submarino.com.br/c/Uo8i4vYK888V8D

  • Pingback: Podcast Dois: Google na China, N900 e um aniversário na bancada « Podcast()

  • George Nunes

    N97 é muito ruim, antes de comprar, teste um para ter certeza se é isso que você quer mesmo…
    Recomendo assistir esse video tambem:
    http://www.youtube.com/watch?v=vJpEuMidcSU
    Parece até que é mentira mas não é :S
    Estava até ancioso pelo N900, mas tela resistiva é sacanagem…
    Abraços

  • rafael

    procuro um celular com uma boa camera ,3g,e pricipalmente ter tv …estava em mente o n97 …alguem tem uma outra opçao melhor ???

    • RAFAEL

      eu estava super enpolgado pra ter o n97 …

      mas depois de asistir esse video ….

      desanimei ….

      se possivel me da um dica ….

      de um celular com uma camera boa ,seja 3g e tenha tv ???

      muito grato ….

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Nokia Comes With Music: mais 1 ano de musicas gratis()

  • Alguém já sabe QUANDO o N900 será lançado?

  • Estou com um N900, e nossa, não me vejo mais sem ele para minhas tarefas no dia a dia.
    Acho que o mais impressionante dele é a forma como ele junta todas as informações dos seus contatos (celular, skype, msn, gtalk, twitter e assim vai) de forma automática, explico melhor aqui: http://obaugeek.com/2010/05/15/una-todas-as-infor

  • Ronald

    ja tenho n900 recomendo a osx usuarios de celulares avaçados! mt bom!!!

  • Daniel

    Onde consigo comprar esse celular??

  • irineu

    Eu não compraria um celular de R$2000,oo sem garantia

    A nokia do brasil ersta usando a “oxidação” como subterfúgio para não honrar a garantia.

    É só pesquisar no google: “oxidação nokia” ou entrar em site de rclamações tipo http://www.reclamequi.com.br

  • Jonatas

    Pessoal, dá uma olhada no link abaixo ??? http://my-symbian.com/other/preview_n900.php

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Com N7, C6 e C7, Nokia grita ao mundo: ‘estamos de volta’ (sem Meego ainda)()

  • Pingback: Hands-on: Nokia N9 — ZTOP ZTOP()