ZTOP

Misturando (e desmisturando) sinais de TV Digital

Como alguns já sabem, eu subi uma antena UHF externa aqui no teto de casa para realizar meus testes de recepção de TV Digital transmitida em UHF. Assim, tenho agora duas fontes de sinal (VHF e UHF) vindo de antenas e cabos diferentes o que me causa um problema já que apenas um cabo coaxial consegue chegar perto da minha TV por meio de um longo conduite embutido na parede, por onde também passam um cabo CAT-5 de rede e outro de telefone, ou seja. Por lá não passa mais nem formiguinha se arrastando.

Na maioria dos casos, isso pode ser resolvido com um Misturador de Sinal, uma engenhoca que combina os sinais da antena VHF e UHF em um único cabo que vai para o aparelho de TV e, dependendo do modelo, ele já reconhece e separa automaticamente os sinais.

Entre os conversores de TV digital que já tive contato, a maioria vem com uma uma entrada e saída de sinal de antena de TV, que funciona mais ou menos como nos videocassetes: o sinal entra no conversor e pode sair do mesmo em direção à  entrada de TV. Novamente, apenas um cabo com sinal misturado resolveria o problema. Mas existem exceções, como o conversor de TV Digital DMX-DT1, da Sony, que só tem uma entrada de antena, de modo que é necessário um segundo cabo para ligar na entrada de antena da TV.

Resumindo: eu sabia que precisaria misturar os sinais de VHF + UHF para mandar o sinal por um único cabo, mas será que seria necessário um  “desmisturador de sinal” na outra ponta para obter sinais de VHF e UHF independentes em cabos diferentes?

Como nãoo manjo muito desse assunto, durante minha peregrinação semanal à  região da Sta Ifigênia em São Paulo, passei em algumas lojas especializadas em antenas e acabei na SAT Imagem da rua Aurora, 148, onde expliquei meu problema.

O primeiro balconista que me atendeu (muito atencioso por sinal) confessou não saber como essa ligação poderia ser feita e foi perguntar para um colega com mais experiência que sugeriu o uso de um divisor de sinal no fim do cabo (do lado da TV) e que ligasse uma saída direto na TV e outro no conversor de TV digital.

Gastei uns R$ 17,50 em material e fiz as ligações de acordo com as instruções do pessoal da loja (veja a entrada dos fios que vem das antenas na foto acima e saída para a TV e conversor digital na foto abaixo)  e não foi que realmente, a instalação funcionou de primeira? (yay!)

Agora posso assistir aos canais de TV analógica e digital na mesma TV sem ter que ficar ligando e desligando fios.  :^)

Happy happy, joy joy…

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Jorge

    Na realidade, o divisor não “desmistura” os sinais somados de VHF e UHF obtidos na saída do misturador, mas sim os divide em potencias praticamente iguais entregando em cada saída do divisor os dois sinais somados, não “desmisturados”.

  • Brigadão pelo esclarecimento mais técnico Jorge. De fato, esse foi o pulo do gato que eu não entendia. Usei o termo “desmisturar” mais como uma metáfora para facilitar a compreensão do meu problema.

  • Marcelo

    Só por questão de curiosidade, esse misturador e divisor possuem funcionamento diferentes ? Será que invertendo eles ( colocando o divisor no lugar do misturador e o misturador na saida) não funcionaria da mesma forma ???
    ps: nem parei pra pensar se essa “hipotese” procede ou não…haeuheauh

  • Oi marcelo,

    Não tenho a mínima idéia e nem penso em ver se funciona. Uma das poucas coisas que aprendi em manutenção eletrônica é o seguinte: “Se o rádio começar a falar, pare de mexer nele!!!” ;^)

  • Alessandro

    Marcelo, não funciona, pois no misturador existem filtros em cada uma das entradas, ou seja : entrada VHF só passa sinal VHF, entrada UHF só passa sinal UHF, depois disso é que os dois são “misturados” internamente, de maneira que ambos os sinais passem pelo cabo sem problemas.
    No caso do divisor, como citou, pode até funcionar alguma coisa, mas pode ter certeza de que será bem ruim, pois além de não ter a função de unir sinais de faixas diferentes, causará muita perda em ambos os sinais, impossibilitando qualquer boa recepção.
    O divisor só é utilizado “invertido” como você sugeriu, quando temos de juntar sinais de antenas diferentes, mas pertencentes à mesma faixa, por exemplo : em sistemas de antena coletiva, podemos utilizar uma antena específica por canal de VHF, e para uní-las, uma possibilidade seria utilizar o divisor “invertido”, embora seja aconselhável amplificar o sinal antes de combiná-las com o divisor, pois as perdas costumam ser consideráveis.

  • Dorival

    Só complementando o que já foi dito:

    Embora o misturador tenha identificação de Entradas e Saída, ele é passivo (sem alimentação elétrica), logo é bidirecional. O que irá determinar o uso de um (des)misturador ou divisor é se você quiser separar novamente os sinais para, por exemplo, alimentar o conversor de HDTV só c/ UHF e o sinal de VHF p/ o outro equipamento.
    Mas c/ um divisor fica mais flexível por disponibilizar ambos os sinais.

  • tom

    Oi pessoal, gostaria de saber como fazer o mesmo esquema com Net -TV a cabo e CFTV, qual misturador devo usar?

  • Tiago

    Prezado;

    Comprei uma tv com conversor digital… até aí ok!! O problema é como ligar minha tv a cabo (via conector rf) e minha coletiva do prédio que ja vem com o sinal misturado vhf e uhf? Não gostaria de usar chaveador, tem outra forma?

    Mesmo lendo todos esses tópicos ainda estou com dúvidas.

    Obrigado;

    Tiago

  • Joselito

    Preciso do esquema interno desse misturador