ZTOP

Gadget do dia: Mabeee (ou controle sua bateria pelo smartphone)

Acessório com tecnologia de IoT permite ensinar novos truques para seus velhos brinquedos movidos a pilha.

Da série “a internet das coisas vai pegar você (ou pelo menos tomar seus brinquedos)”  o Mabeee ( “マビー” para os nipões) é um curiosa engenhoca/aplicação de IoT que permite controlar remotamente diversos dispositivos movidos a pilha por meio de uma app de smartphone com iOS ou Android.

Desenvolvido pela empresa Novars e um dos ganhadores do prêmio Good Design Award de 2016 o Mabeee é na sua essência, uma chave/controlador de voltagem na forma de uma capa de pilha AA de 1,5 volt onde o usuário insere uma pilha palito (AAA), sendo que sua corrente é liberada (ou não) por meio comandos enviados pelo smartphone via bluetooth Low Energy (ou BLE):

Para cada produto a ser controlado, apenas um Mabeee é necessário independente do número de pilhas que ele utilize (na verdade, até quatro). Já a app é capaz de controlar até dez Mabeee’s ao mesmo tempo.

O interessante é que a liberação da corrente pode ser total (funcionando assim como uma chave liga/desliga) ou progressiva o que permite, por exemplo, acelerar ou desacelerar um motor; porém não é possível trocar a polaridade da bateria, o que é muito usado para inverter o giro de motores de corrente contínua.

Fora isso, é possível tirar proveito dos recursos do smartphone para enviar comandos para o Mabeee, como por exemplo por comandos de voz, pela variação de distância do fone em relação ao Mabeee, contagem de tempo, ou até mesmo inclinando levemente ou chacoalhando o aparelho.

A primeira vista, o Mabeee pode parecer algo muito simples e até meio besta, mas para mim a sua grande sacada está na simplicidade de uso e no seu imenso potencial criativo, já que qualquer um pode pegar uma dessas pilhas e criar suas próprias aplicações por mais úteis ou fúteis que possam parecer — algo por sinal muito apreciado pela chamada comunidade de Makers e fãs do “faça você mesmo”:

Fora isso, o Mabeee permite dar uma nova vida àqueles velhos brinquedos de pilha (em especial aqueles que brincam sozinhos) permitindo que as crianças possam ter uma nova interação com os mesmos, criando novas regras, brincadeiras, etc. ou seja, as possibilidades são infinitas.

Sobre isso, a boa notícia é que a Novars também possui uma página para que desenvolvedores de software independentes criem suas próprias apps para o Mabeee — o KuMaBeee

O Mabeee pode ser encontrado no varejo japonês sendo que o seu preço sugerido é de 5.378 ienes (~ R$ 148).

Mais informações aqui.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.