ZTOP

Lenovo mostra (de longe) ThinkPad “Tablet” com Android

Durante o lançamento do ThinkPad X1, a Lenovo disse que irá lançar dois tablets no Brasil, sendo que o primeiro será um ThinkPad voltado para o mercado corporativo.

O anúncio foi feito hoje por Jaison Patrocínio, diretor de produtos da linha ThinkPad que — do nada — sacou o objeto acima afirmando ser o futuro ThinkPad Tablet, um tablet com teclado destacável muito parecido com o Transformer da Asus.

Ao contrário dos seus modelos conversíveis da linha X, o ThinkPad Tablet não é baseado em x86 e sim na plataforma NVIDIA Tegra 2 (dual core) rodando uma versão do Android  “Honeycomb”. Fora isso, ele vem com uma tela de 10,1″ de 1.280 x 800 pixels, capa/suporte de tela com teclado equipado com uma espécie de trackpoint, com um sensor óptico (e não mecânico, como nos Thinkpads) que lê o movimento do dedo sobre o pino. Fora isso ele será o primeiro tablet com tela capacitiva a trabalhar com stylus.

A previsão é que ele seja apresentado oficialmente para o mercado daqui a três ou quatro semanas, sendo inicialmente importado e — com o passar do tempo — fabricado no Brasil.

Patrocínio, da Lenovo, foi bastante crítico ao dizer que alguns fabricantes estão pegando plaquinhas de telefones celulares, colocando uma tela de 10 polegadas e vendendo como tablets. Ele afirma que sua empresa não entra nessa dança e que irá desenvolver uma solução completa para o usuário final com o sistema operacional em português e que incluirá até uma lojinha própria de aplicativos.

Ele disse que a versão para o consumidor final também está em desenvolvimento e que seu lançamento só acontecerá quando ele estiver redondinho. A única data que eles deram é que eles gostariam que ele estivesse nas lojas até a época do natal.

E o preço? Ele garante que seu produto não irá brigar apenas por preço e sim para oferecer a melhor relação entre custo x benefício, garantindo que seus tablets serão comparáveis ao produto líder de mercado, só que bem mais em conta.

Estamos esperando pra ver.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.