ZTOP

[IFA 2014] Mais Lenovo: De smartphone octacore a PC num cartucho

Empresa apresenta mais de uma dezena de novidades para o segmento de mobilidade, computadores de uso pessoal e corporativos.

No segmento de smartphones, o destaque da Lenovo fica para os Vibe X2 e Vibe Z2 dois modelos topo de linha leves e finos com telas de 5,0 e 5,5 polegadas.

O Vibe X2 é uma versão atualizada do Vibe X (também anunciado na IFA do ano passado) que deixou para trás as suas linhas suaves e curvas — por sinal, muito parecidas com o tablet Lenovo S5000 — ganhando linhas mais retas e monolíticas que lembram até o TMA-1 (Tycho Magnetic Anomaly One) do filme “2001 Uma Odisséia no Espaço”.

Lenovo_IFA_2014_Vibe_X2

Com apenas 7,27 mm de espessura e 120 gramas de peso, o Vibe X2 vem equipado com uma tela LCD IPS de 5″ com resolução Full HD, câmera frontal de 5 MP e traseira de 13 MP, 2 GB de RAM, 32 GB de armazenamento interno, slots dual-SIM, suporte para redes 4G, bateria de 2.300 mAh e sistema operacional Android 4.4 com interface Vibe UI que permite acionar algumas funções do aparelho por meio de movimentos e toques, mesmo com ele travado.

Lenovo_Ifa_Vibe_x2_camada

Novo design “em camadas”

Porém, a grande novidade do X2 é o fato dele ser o primeiro smartphone da casa a vir com o novo SoC MediaTek MT6595m de 8 núcleos baseado no novo processador ARM Cortex A-17 de 2 GHz que tem a capacidade de que cada núcleo trabalhe individualmente, ao contrário dos antecessores que trabalhavam em pares. Com isso a Lenovo afirma que seu aparelho teve um ganho de 20% de desempenho ao mesmo tempo em que consome 20% menos energia.

Fora isso, o Vibe X2 adota um novo conceito de camadas, onde os acessórios que se encaixam na parte de trás do produto e que pode ser uma capa colorida, caixa de som com tecnologia JBL ou bateria estendida. Ele chega ao mercado em quatro cores — vermelho, branco, cinza escuro e dourado — e seu preço sugerido começa em US$ 399 e a previsão é que chegue ao mercado chinês já em setembro e em outras geografias a partir de outubro. Lenovo_IFA_2014_Vibe_X2_PU_cover

O Vibe Z2 também é uma evolução do Vibe Z original, recebendo melhorias como um novo corpo em metal escovado do tipo Unibody (semelhante ao do Vibe Z2 Pro anunciado em agosto) de apenas 7,8 mm de espessura e 165 gramas de peso.

Ele vem equipado com uma tela LCD HD de 5,5″ de alto brilho (o que facilita o seu uso sob a luz do sol), câmera traseira de 13 MP equipado com o novo sensor Exmor BSI da Sony com estabilizador de imagem e uma câmera dianteira de 8 MP, muito atraente para os fãs de selfies que podem até bater uma foto por meio de um sorriso, piscando ou fazendo o gesto de “V de vitória”.

Lenovo_IFA_2014_Vibe_Z2 Também é a primeira vez que a Lenovo adota um processador Qualcomm Snapdragon de 64 bits o que permite que, com o passar do tempo ele também possa migrar para a futura versão do Android de 64 bits que deve ser lançada até o fim deste ano. O Vibe Z2 também oferece suporte para redes 3G/4G (HSPA+ e LTE), slots dual-SIM, bateria de 3.000 mAh, 2 GB de RAM +32 GB de armazenamento interno. Ele chega ao mercado em três cores — branco, titânio e dourado — e seu preço sugerido é de US$ 249 e também chega ao mercado chinês em setembro e nas outras geografias em outubro.

Vale a pena observar que a Lenovo já confirmou sua intenção de trazer o Vibe Z para o Brasil, de modo que fica a dúvida que eles vão manter essa promessa ou mudar para esse novo modelo.

Já no segmento de tablets, o único lançamento da casa foi o novo Lenovo Tab S8 que já foi anunciado ontem, junto com os PC para gamers. é o primeiro modelo com Android da empresa baseado na plataforma Intel, ou mais exatamente no Atom Z3735G um SoC quadcore de 1,83 GHz. Ele vem equipado com uma tela LCD IPS de 8″ com Infinity Glass e resolução nativa de 1.920 x 1.200 pixels e alto falantes frontais com tecnologia Dolby Audio.

Lenovo_Ifa_Tab_S8

O Tab S8 tem apenas 7,9 mm de espessura e 299 gramas de peso… Lenovo_Ifa_Tab_S8_espessura
… e estará disponível em diversas cores (preto, branco, amarelo e azul) além de diversos acessórios como suportes e capas com função de “wake-up”. Seu preço inicial é de US$ 199 e chega ao mercado em setembro.

Lenovo_IFA_2014_Tab_S8_tras

Já no limite entre os tablets e os All-In-One, a Lenovo anunciou o Horizon 2e

Lenovo_IFA_horizon_2e_Desktop

… e o Horizon 2s, dois tablets de tela grande — ou segundo a empresa: Tabletop PCs — cuja proposta é de ser um sistema que permite a interação de duas ou mais pessoas em diversas atividades como compartilhar conteúdos localmente e até com dispositivos externos como um smartphone (até quatro ao mesmo tempo), ver fotos…

Lenovo_IFA_2014_Horizon_2S_tab

…  e até brincar com joguinhos casuais num mesmo ambiente operacional que nos outros equipamentos costuma atender a apenas uma pessoa:

Lenovo_IFA_horizon2s_tabuleiro

O Horizon 2s vem equipado com uma tela LCD de 19,5″ com resolução Full HD (1.920 x 1.080 pixels) com interface de toque para até dez dedos simultâneos. Seu processador já é o novo Intel Core ix de quarta geração codinome “Haswell”. Entre as melhorias apresentadas no 2s estão a sua menor espessura e peso (~2,5 kg) maior autonomia (~ 3 horas de uso contínuo) e uma rica biblioteca de software que tira o máximo proveito dessa plataforma.

O sistema ainda conta com interface NFC e bluetooth 4.0 permitindo assim sua rápida conexão com dispositivos externos, melhorando assim a sua experiência de uso. Novidade também é sua nova base de acoplamento que além de recarregar a bateria do 2s ainda melhora a ergonomia do tablet quando usado como desktop. Seu preço sugerido começa a partir de US$ 899 e a previsão é que ele chegue ao mercado já em setembro.

Lenovo_IFA_2014_Horizon_2S_desk

Já o Flex 2 Pro (ou Edge 15 nos EUA) é uma versão maior e mais sofisticada do Flex 14 original que nasceu como um modelo de entrada/mainstream mas que agora tem uma versão Premium. Ele vem equipado com tela de 15 polegadas, gabinete em alumínio e opção de gráficos discretos (NVidia GeForce GT480M + 4GB memória de vídeo).

Lenovo_IFA_Flex 2 Pro_1

Seu gabinete tem aproximadamente 19,9 mm de espessura o que faz dele um dos notebooks de 15″ mais finos do mercado.

Lenovo_IFA_Flex 2 Pro_2

Nas versões mais avançadas ele pode vir com processadores Intel Core i7 de quarta geração “Haswell”, 16 GB de RAM e 256 GB de disco SSD. Seu preço sugerido começa a partir de US$ 699 e as vendas começam em setembro.

Lenovo_IFA_Flex 2 Pro_3

No segmento corporativo, o grande lançamento da Lenovo é o Novo ThinkPad Helix, um modelo 2-em-1 cuja tela de 11,6 polegadas pode ser removida do teclado, transformando-se assim num tablet com Windows 8.1 totalmente funcional.

Lenovo_IFA_2014_TP_HelixA maioria dos ajustes finos nesse projeto foram feitos a partir do feedback dos seus usuários e se comparado com o original, o novo Helix ficou 12% mais leve, 15% mais fino e agora ele é totalmente “fanless” ou seja, não possui mais ventoinhas para dispersar o excesso de calor gerado pelo sistema, melhorando assim a sua eficiência e confiabilidade.

Sua bateria no teclado acumula mais carga que combinado com o menor consumo dos chips Core iX de quarta geração, melhorou sua autonomia para até 12 horas (segundo a empresa).

Lenovo_IFA_2014_TP_Helix2

Fora isso, o novo Helix ganhou novos acessórios como uma capa “Quick Shot” (uma dobra na aba traseira que expõe a câmera e permite uma foto rápida), leitor de Smart Card e uma docking station para ligar o seu portátil num teclado, mouse e monitor de desktop. Seu preço sugerido começa em US$ 999 e chega ao mercado no fim de outubro deste ano.

Lenovo_IFA_2014_TP_Helix3

Outro conceito inovador e muito interessante é o ThinkCentre Tiny-in-One 23 (ou TIO 23) um desktop do tipo All-In-One com tela de 23″ (duh!)…

Lenovo_IFA_2014_TIO_23_1… onde a CPU em si (placa-mãe, processador, memória, disco, etc.) tem a forma de um módulo na forma de cartucho que é inserido num slot existente na parte de trás do monitor como se fosse um cartucho de jogo:

Lenovo_IFA_2014_TIO_23_2

Essa idéia nasceu a partir de pesquisas de mercado que mostram que as empresas até que gostam do conceito do All-in-One, principalmente por causa da facilidade de manipulação e economia de espaço. Porém, elas não gostam muito da idéia de descartar os monitores LCD junto com a CPU, já que muitas empresas costumam manter um monitor na ativa por 7~10 anos enquanto que as CPUs são trocadas a cada 3~4 anos.

Lenovo_IFA_TIO 23_ Product tour_04 Ai, a grande sacada na Lenovo foi de criar um conceito modular baseado num desenho padronizado que garante que o atual e os futuros módulos de processamento sejam compatíveis com a atual plataforma do monitor + teclado + mouse + conectores, garantindo assim a preservação do investimento.

Lenovo_IFA_TIO 23_ Product tour_02 Fora isso, no caso de algum defeito no módulo de processamento, ele pode ser facilmente substituído por qualquer pessoa por outro de reserva e a unidade ruim pode ser facilmente ir e voltar da assistência técnica até pelo correio, reduzindo assim os custos de manipulação e transporte.

Além desses produtos em destaque, a Lenovo também divulgou as imagens de outros itens que serão mostrados na IFA 2014, porém sem mais detalhes. A saber:

O Lenovo B50 All-In-One

Lenovo_IFA_2014_B50_AIO

… e o seu irmão menor, o Lenovo B40 All-in-one:

Lenovo_IFA_2014_B40_AIO

O notebook Lenovo G70 com tela de 17″:

Lenovo_IFA_2014_G70

Os desktops Lenovo H30 e H50:

Lenovo_IFA_2014_Lenovo_H30_H50 E o notebook Lenovo M50:

Lenovo_IFA_2014_M50

Bastante coisa, né?

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Só uma correçãozinha, Nagano: “Vibe X2 e Vibe X2” lá no começo do artigo. 😉
    Lenovo cheia de inovações! Gostei muito da idéia do módulo do All-in-One e das capas do X2. Vem Lenovo!

    • Mario Nagano

      Ops, falha nossa!

      Brigadão pelo toque. 😀

      • Adriano De Lima

        Ótimo artigo como sempre, só faltou colocar a quantidade de memória RAM também no começo do arquivo, faltou café não foi?

        • Mario Nagano

          Sim, a quantidade de RAM é 2 GB. É que esses anúncios foram feitos via Webcast e não tive acesso ao material impresso de modo que tudo q vc leu no texto foi anotado na mão enquanto o cara falava.

  • Vagner “Ligeiro” Abreu

    Amei o “TIO 23”. Amo tecnologias modulares deste tipo. E poderiam fazer isso com notebooks também: criar um módulo “swap” que ajude a não descartar o note, mas sim transforma-lo em outro 🙂