ZTOP

IDC: tchau Symbian, oi Windows Phone (em 2015)

O sistema operacional Windows Phone, da Microsoft, recém-adotado pela Nokia, será o segundo mais usado no mercado de smartphones mundial em 2015, de acordo com um estudo divulgado hoje pela consultoria IDC, à frente do iOS, da Apple. Em compensação, daqui a 4 anos o Symbian estará virtualmente morto.

A liderança ficará, entretanto, com o Android, do Google, que já assume a posição neste ano.

Para o IDC, em 2015 o mercado de smartphones será composto por Android (45,4% de mercado, contra 39,5% previstos para 2011), Windows Phone 7/Windows Mobile (20,9% versus 5,5% em 2011), iOS (15,3% versus 15,7%) e BlackBerry (13,7% e 14,9%). Em 2015, o Symbian, atualmente usado pela Nokia, estará quase extinto, com apenas 0,2% de participação de mercado – o IDC estima que o sistema terá 20,9% de mercado ainda em 2011.

O mercado mundial de smartphones, de acordo com a consultoria, vai continuar a crescer. Os números do estudo indicam que os fabricantes vão entregar 450 milhões de aparelhos neste ano para venda, contra 303,4 milhões enviados em 2010. Segundo o IDC, o crescimento do Android significa a consolidação das estratégias dos fabricantes feitas em 2010.

Não entendo nada de previsões – e acredito que muitas vezes elas erram -, mas esses números do IDC para Windows Phone + Nokia me levam a entender que a Nokia vai se consolidar como o único vendedor de Windows Phone no mercado (e Android, mesmo líder, se fragmenta entre diversos fabricantes que vão brigar pelo público novo de smartphones em preço e funcionalidades). Para a Nokia, pelo menos, os números são bons, né?

 

 

 

 

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin