ZTOP

Huawei prepara sua invasão Android (e tem tablet!)

Tempos audaciosos pro pessoal da Huawei: de fabricante de infra-estrutura hardcore, de três anos para cá resolveram entrar no mercado de terminais (leia-se celulares, smartphones, modems USB, telefones GSM fixos e… tablets!).
Ano passado lançaram, de maneira um tanto discreta, o Pulse, seu primeiro Android. E têm mais aparelhos na manga para lançamento neste semestre, incluindo um smartphone que terá o sobrenome “With Google” (Huawei Ideos) e um tablet de 7″ bem interessante.
Para o semestre, estão no forno cinco modelos de Android, fora o tablet S7. Pelo menos um deles chega ao mercado “por volta de setembro, outubro”, de acordo com Marcelo Najnudel, gerente de marketing para terminais da Huawei. Grandes apostas? Todos com Android 2.1, assim como o hardware obrigatório para cada Googlephone: 3G, Wi-Fi e GPS (e os que estavam em demonstração… a bateria acabou!).
O amarelinho da foto que abre este post é um mockup (modelo) do Huawei Juni (o aparelho oficial estava em demonstração para uma operadora). Tem tela de 2,6″ resistiva, teclado QWERTY e um botão central de rolagem, no melhor estilo BlackBerry. Virá em “diversas cores” (pelo menos branco e amarelo, a definir ainda) e tem um acabamento emborrachado.

Já o modelo acima é o Huawei ESP, um modelo com tela capacitiva de 3,2 polegadas e câmera de 3,2 megapixels. O botão central, diz a Huawei, funciona como um mouse óptico também. Dois modelos (Ivy e Selina) têm a configuração muito parecida: ambos com tela de 2,8″ resistiva (“pra ficar mais barato”, diz Najnudel) e câmera de 3,2 megapixels.
Esse aqui é o Ivy:

Além desses, a Huawei prepara ainda o lançamento de um aparelho com apoio do Google, segundo Najnudel. É o Ideos, um aparelho que virá com a marca “With Google” atrás – uma espécie de “Nexus One” mais barato e popular. Esse é o smartphone que estava fora da demo rápida porque tinha ido passear em uma operadora. “Só dois fabricantes terão aparelhos com esse apoio do Google”, diz o executivo. Entre as novidades prometidas no Ideos, Android 2.2 de fábrica e o incrível Swype instalado. A conferir, em breve.
Finalmente, o tablet S7: tela de 7″ resistiva, Android 2.1, GPS, Wi-Fi, Bluetooth e 3G. E é um telefone (ligações via fone Bluetooth apenas, claro). Os meninos do Gizmodo também viram o S7 e subiram um vídeo de demonstração. Essas são as minhas fotos:
Tem um apoio pra mesa, conector USB e entrada pra fonte externa:
Saída pra fones 3,5mm:
Controle de volume:
E conector para dock e um slot microSD (yay!):
A câmera é frontal e tem 3,2 megapixels de resolução:
E, surpresa bacana, a bateria é removível (!) e fica ao lado do slot pro SIM card:
Como a Huawei ainda está definindo quais smartphones vêm pra cá, não temos ideia de preço sugerido ainda – o mesmo vale para o tablet S7. Eu, particularmente, acho bem interessante um fabricante fugir da mesmice do monótono Android 1.5 que domina o mercado local (lembrando que hoje temos apenas dois aparelhos com 2.1 no Brasil: os Motorolas Milestone e FlipOut).

O design da Huawei, pelo menos nos smartphones, não é o mais original do mundo (depois do iPhone, todos aparelhos touch viraram sabonetes, certo?), e o tablet mostra um bom potencial de para onde o Android pode ir. Vamos esperar pra ver – e torcer pras parcerias da Huawei com operadoras e varejo serem cada vez maiores.


Em tempo (números enormes!): junto aos Androids, a Huawei fez demos de HSPA+ (o “3,75 G”) e de LTE (4G). Sente o drama da velocidade de upload em LTE na imagem abaixo (a parte em vemelho representa download, que já tinha acabado, e a em vermelho, upload em andamento):

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Pingback: Tweets that mention Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » Huawei prepara sua invasao Android (e tem tablet!) -- Topsy.com()

  • hmmm legal, mto interessante. o design dessa empresa me surpreendeu, parece mto bom… se algum desses androis vier a uns 800 eu pego um.

    • x2

    • Marcelo Najnudel

      Prezado. Ele virá abaixo de R$ 800,00 no varejo ou até em um plano pré-pago de alguma operadora. Aguarde!

      • Marcelo,

        Parabéns, é a primeira vez que vejo alguém da fabricante particpando de um blog onde fanáticos por tecnologia se encontram… (pelo menos é o meu caso)

        Sua atitude me faz pensar seriamente em ter um Hauwei como meu próximo smartphone!

        Sucesso pra vocês, que vendam muitos aparelhos e continuem crescendo.

        • dflopes

          corroboro suas palavras, ou traduzindo:
          [2]

    • Gostei MUITO desse tablet! Dependendo do preço, é capaz de aparecer um desses lá em casa!…

  • Pingback: Nerdirama: De nerd pra nerd()

  • Ken

    Tela resistiva à essa altura do campeonato é complicado heim…

  • NoOb

    "depois do iPhone, todos aparelhos touch viraram sabonetes, certo?"

    Errado
    O conceito de "apenas tela" já vinha sendo considerado, mas por "medo" não era muito valorizado porque era um mercado novo e desconhecido. O que a apple fez foi "ver no que da".
    O conceito de Tablet sempre esteve no ar, em 2001 uma odisséia no espaço aparece um "tablet" onde um astronauta assiste noticias enquanto come.
    O fato de que uma empresa lançar um conceito ja existente e lucrar com isso não significa que ela Criou o conceito.

  • Eu até que achei interessante o amerelo que abre o post, mas ao prestar atenção, notei que as teclas parecem não estar alinhadas umas com as outras, mas como você disse que era um mockup, tomara que o modelo final não apresente esse defeito (nem aparente ter!)

  • tonyfrasouza

    Já me apaixonei pelo tablet, bonito, tem câmera, entrada usb, cartão, bateria fácil de trocar… Parabéns para a huawei.

  • dflopes

    Tenho um tablet com WinXP. Mas queria testar esse com Andoird… Early-adopter (e pobre) é fogo! E eu pensando que a Huawei só fazia modenzinhos!

    E temos specs dessa tela? e processador?

    Terá a possibilidade de venda avulsa ao consumidor? Não quero deixar minha alma na operadora.

    Usar um tablet pra falar me lembra do Nokia NGage e do HTC Shift… No final, o 3G serve para conexão e ligações esporádicas (ou de de emergencia)

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » IFA 2010: os Androids (e outros bichos) da Huawei()

  • Pingback: Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência. » PlayBook: agora a BlackBerry brinca de tablet()