ZTOP

Hands On: Placas ATI Radeon HD 3870 e HD3850

ati_hd3800_placas.jpg

No iní­cio dessa semana, recebi um pacote que parecia mais um embrulho de mercearia. Ao abri-lo notei que seu conteúdo era realmente vermelho como filé, apetitoso como filé e até mais divertido que um filé. De fato não era apenas um, mas sim dois filés: as novas placas de ví­deo ATI Radeon HD3870 e HD3850, anunciadas oficialmente no dia 15/11 pela AMD.

A nova famí­lia de produtos HD 3800 faz parte da futura plataforma Spider e adota uma nova nomenclatura que – finalmente – põe fim ao sistema de sufixos LE, SE, PRO, GTO, XT, GTX etc. que mais confundiam do que ajudavam o usuário a escolher a melhor placa para seu perfil e orçamento.

 

ati_hd3800_specs_2.jpgAs duas primeiras placas a sair do forno são os modelos HD 3870 e 3850, cujos principais atrativos são a compatibilidade com o novo padrão DirectX 10.1, PCI Express 2.0 e o chamado CrossFireX, que permite conectar até quatro placas ao mesmo tempo na mesma placa-mãe compatí­vel com essa tecnologia.

Fora isso, as novas placas investem forte nos recursos de ví­deo em alta definição, como o UVD, saí­das para S-video, video componente e até HDMI com som integrado de alta definição (os dois últimos recursos via adaptador), além de suporte para telas com resolução de até 2.560 x 1.600 pixels.

A AMD sempre trabalhou próxima a Microsoft no desenvolvimento do DirectX 10 e agora na versão 10.1 – prevista para sair junto com o SP1 do Vista. Segundo a empresa, os maiores ganhos estarão na melhoria na qualidade de imagem, o novo Santo Graal da ATI depois que a corrida pelo maior número de quadros por segundo chegou a um ní­vel tão elevado que começou a perder um pouco o seu sentido.

Mais interessante ainda é saber que as novas GPUs da série HD 3800 são produzidas no processo de fabricação de 55 nm da TSMC, o que resultou num chip ao mesmo tempo performático e mais eficiente em termos de consumo de energia, conceito que está virando moda na atual onda da computação verde, hoje comum nos PCs, mas ainda pouco explorado no mundo das placas gráficas de alto desempenho.

ati_hd3800_specs.jpgAssim, enquanto a HD 3870 se posiciona como o novo topo de linha da empresa ao lado da série HD 2900 XT, a HD 3850 vem com a proposta de oferecer uma boa relação entre desempenho e consumo de energia, além de um preço mais camarada.

Sob Testes

Para avaliar tal afirmação, fiz algo diferente. Em vez de me concentrar nos testes de desempenho em 3D, analisei também o consumo de energia no PC – com o auxí­lio de um medidor de voltagem – com diferentes placas de ví­deo, para verificar se existe alguma diferença em termos de consumo de energia diretamente do plug da tomada, o que impacta diretamente na conta de luz.

Para isso, incluí­ nesse teste mais duas de ví­deo PCI-E X16 também da ATI para referência: uma Radeon X300 SE, um modelo meio antiquado, porém ainda válido como exemplo de placa totalmente low-end e uma Radeon X1950 PRO, um modelo topo de linha da ATI de duas gerações passadas.

Também utilizei nosso PC de referência equipado com processador Pentium 4 HT de 3,2 GHz, placa-mãe D915GUX com 1.024 MB DDR2 533, HD Seagate 7200.10 SATA de 80 GB e Windows XP Pro.

ati_hd3800_3dmark06.jpg

Nos testes realizados com o 3DMark 06, podemos ver que tanto o HD 3870 quanto a 3850 apresentaram um significativo ganho de desempenho se comparado com a X1950 PRO, algo como 42% e 38%, respectivamente. Mais interessante é notar que a diferença entre os modelos 3850 e 3870 ficou em menos de 3%.

ati_hd3800_consumo_b.jpg

 

O gráfico acima apresenta alguns resultados muito interessantes, já que eles mostram o consumo de energia do PC sem fazer nada (mí­nimo) e rodando os testes do 3DMark (máximo). Também podemos notar como a HD3850 consumiu ligeiramente menos energia (8,9%) que sua irmã mais velha, perdendo apenas 3% de desempenho.

ati_hd3800_consumo_total.jpg

O consumo total de energia do PC pode ser melhor observado do gráfico acima. Durante os testes, as placas HD 3870 e HD 3850 foram realmente mais econômicas.

No geral, podemos afirmar que até onde fomos, a nova série HD 3800 cumpre o que promete, ou seja, oferece melhor desempenho e cria um novo paradigma em termos de colocar o consumo de energia como vantagem competitiva, Principalmente no caso da HD 3850, que deixa claro que sua proposta é algo como um motor de baixa cilindrada com 16 válvulas e turbo, ou seja, oferecer uma certa economia quando estiver “andando devagar” e desempenho quando solicitado. A HD 3870 apresenta um perfil diferente, mais voltado para aquele que precisa do máximo em termos de desempenho.

Com o tempo esperamos ter uma nova oportunidade de avaliar a série HD 3800 numa máquina com Windows Vista com SP1 e verificar o que o DirectX 10.1 tem para oferecer além de um decimal a mais no nome.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Pingback:   AMD apresenta plaforma de desempenho baseada no Phenon by Zumo Blog: Tecnologia. Opinião. Inteligência.()

  • Reginaldo Jr

    Em relação ao seu comentário a respeito do consumo de energia é só da placa, ou o consumo total do micro, pois para ter uma placa dessas pelo que vc. colocou é necessário ter uma fonte com no mínimo 700 watts de potência.

  • Oi Reginaldo,

    Os números de consumo em watts/hora se referem ao valor total do PC + placa de vídeo. Nessa montagem usei uma fonte Akasa AK-P460PG de 460 watts que funcionou sem problemas. E olha que o P4 HT de 3,2 GHz é bem fominha.

  • Leonardo

    Meu pc
    Athlon X2 4000+ cooler box| Gigabyte GA-MA69VM-S2|2GB Kingston|hd 80 ide|DVDRW LG| 4 cooler no gabinete
    Minha fonte é uma Akasa 350W. eu poderia usar essa placa com essa fonte?

  • Oi Leonardo,

    Não vejo problemas em usar qq dessas placas no seu PC. Observe porém que essa MB só tem um slot PCI-E x16, de modo que ele não funciona no modo CrossFire. Certidique-se também se sua fonte de alimentação possui uma saída de energia e um conector específico para placa PCI-E. Caso contrário será necessário usar um adaptador. DICA: nesse ultimo caso, procure evitar ligar outros periféricos no mesmo cabo qie irá alimentar a placa de disco (como um HD ou gravador de DVD).

  • Daniel

    Olá!
    Tenho um athlon 4200+ X2 e HD 160gb, q fonte ficaria tranquilo usar a HD3850? Estava pensando em uma seventeam 420W?

    Obrigado