ZTOP

Hands-on: Asus Zenbook UX21

A Asus lança no final de novembro no Brasil sua linha Zenbook, com dois modelos ultrafinos. Serão os primeiros Ultrabooks a chegar por aqui, ainda importados e com um preço bastante alto, com configuração também topo de linha.

>>>AMD Vision Challenge + ZTOP: vote e ajude a Cruz Vermelha

Já vimos uma prévia do Zenbook em agosto, quando a Asus nos mostrou um protótipo do produto, que deveria ter chegado às lojas ainda este mês (ah, previsões…). Agora, a máquina passou por pequenas mudanças estéticas e ganhou novos recursos. A máquina que vimos hoje foi o Zenbook UX21.

No Brasil, serão vendidas uma configuração do Zenbook UX21 com tela de 11,6 polegadas, 128 GB de armazenamento (SSD) e processador Intel Core i5 e uma do irmão maior (Zenbook UX31), com tela de 13,3″, 256 GB de armazenamento (SSD) e processador Intel Core i7 (preço láaaa no final, pra não chocar, tá?)

Comparações com o MacBook Air são inevitáveis, e ver um Zenbook de perto deixa mesmo a impressão de que a Apple desenvolveu um projeto de máquina ultrafina em parceria com a Intel e que conseguiu exclusividade por certo período de tempo – por isso a demora de mais de um ano para esse tipo de design e engenharia chegar ao mundo dos PCs.

O Zenbook vem em uma capa de couro/tecido bem discreta.E o UX21 tem apenas 3 milímetros de espessura na frente e 9 mm na parte traseira. É bastante fino.

Com a máquina aberta e funcionando (em um teste rápido, foram 20 segundos para boot do Windows com o notebook desligado e cerca de 3 segundos para retornar do modo de hibernação), a Asus inseriu diversos widgets para controle de consumo de bateria – a duração estimada pela fabricante é de 5 horas. Vale lembrar que a interface de disco é SATA 3 que, somado ao SSD, deixa a máquina bastante rápida mesmo.

O acabamento externo, todo em alumínio, não impede marcas de dedos ou suor. E é o mesmo design usado no vindouro tablet Transformer 2.

Do lado esquerdo da máquina, a porta miniVGA (pensei ser uma mini DisplayPort, mas não é), uma USB 2.0 e a saída para fones de ouvido padrão 3,5 mm.

A parte mais fina do Zenbook.

E, do outro lado, indicador de uso do SSD, uma saída microHDMI e a porta USB 3.0, devidamente sinalizada pela cor azul. Mesmo com a máquina desligada, dá para recarregar a bateria de gadgets (smartphones, por exemplo) por essa porta. Um aplicativo interno controla e limita a quantidade de energia a ser utilizada.

Na extremidade, o conector da fonte de energia. Nada de drive óptico, nada de leitor de cartões de memória (só na versão de tela maior, diz a Asus). Note o pequeno recuo na parte inferior: é um dos alto-falantes.

Na parte inferior, nada de tampa de bateria – apenas diversos parafusos de fixação. Como nos MacBooks, a bateria é interna e não removível. E da versão inicial que vi em agosto, deu a impressão que Asus deixou as extremidades um pouquinho mais arredondadas (e menos afiadas).


O detalhe de um dos alto-falantes: agora, a tecnologia de som do Zenbook é Bang & Olufsen, como já ocorre em outros notebooks da Asus.

Os selos da Intel e da Microsoft (ao contrário da máquina que será vendida por aqui, essa estava com um Core i7). E é o primeiro notebook com Windows que vejo com um touchpad completo clicável coberto por vidro – mais uma inovação que veio dos MacBooks.

Acima da tela (resolução de 1.366 x 768), uma webcam básica (0,3 megapixel) e uma pequena aba para ajudar a abrir a tela do portátil.

O detalhe interno “UX 21 Series Ultra Slim” escrito com fonte manual continua na parte interna do UX21. E o teclado estilo “chiclet” é bem confortável.

Finalmente, alguns detalhes do software. Primeiro, uma visão geral do desempenho do Windows 7.

Uma montagem com os widgets de consumo de bateria – achei bem interessante a ideia de dizer a estimativa de acordo com o uso. E o Instant On, que pode ser ligado ou desligado por ali também para a reinicialização rápida em modo de espera.

Essa máquina também veio com ferramentas da própria Asus – já vimos algo similar nos tablets da fabricante.

As primeiras máquinas da família Zenbook da Asus têm previsão de chegar ao varejo brasileiro no final de novembro – ainda aguardamos Acer e Lenovo se manifestar sobre seus modelos de ultrabooks no Brasil.

O preço sugerido estimado (e que pode mudar até lá) é de R$ 3.999 para o modelo UX21 (repetindo: tela de 11,6″, 128 GB de SSD, Intel Core i5) e de R$ 5.999 para o UX31 (tela de 13,3″, 256 GB de SSD, Intel Core i7). Vale lembrar que, nos EUA, a máquina mais barata da linha Zenbook sai em média por US$ 999 (custo Brasil, custo Brasil…)

Mais infos sobre as especificações do produto no site oficial (e ainda hoje eu atualizo este post com um vídeo do boot do UX21). E, quando a Asus liberar, publicamos um review completo por aqui (oi, Nagano!)

Henrique Martin já escreveu na PC World, PC Mag, Folha de S. Paulo e criou o Zumo em 2007. Em 2011, o Zumo se transformou no ZTOP, referência em conteúdo original sobre tecnologia em um mundo pós-PC. Siga-o no Twitter: @henriquemartin

  • Com essa textura metálica em espiral na tampa (breeeeeeeeeega), nem se custasse menos. E esse preço? Alôôu, o MacBook Air de 13,3" custa R$ 3.800…

    Mas eu aceito um para testar, viu ASUS? 😀

    • Emertech

      Um macbook air 13 com essa configuração (core i7 256GB SSD) é quase 200 dilmas mais barato, 3800 é com core i5 e 128gb SSD.

      • Marcelo

        E ainda vem com OS X Lion 🙂 e esse ASUS Zenbook ta cheio de parafuso !

    • Quem vcs acham que subsidia o preço lá fora para os gringos pagarem mais barato? Nós, bestas brasileiros. Aqui pagamos um e meio, este meio é para manter o preço dos gringos mais em conta. O custo Brasil é responsável, mas não é o único. Desta forma vou continuar cliente das lojas da Santa Ifigênia. e os meus amigos cariocas frequentando o Saara.

  • Guilherme

    É, um Macbook Air com Bootcamp é muito mais jogo prá quem quer Win7. E muito mais barato.

    • Fatalis

      Tu é muitooooooo doidooooooo
      ta caro demais compra macbook air que é mais negocio

  • Roger_tiago

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    O meu Deus do ceu …….
    Vi na casas bahia uma note com core i7 4 gigas de ram hd de 650 da Sim+
    E num berava a casa das 2000 Dillmas

    QUem vai comprar?

    • glaucopgomes

      Esse da Asus é bem mais caro, mas tb não tem como comparar com um Notebook Sim+, são categorias diferentes Ultrabooks são bem mais caros que Notebooks e SSDs são bem mais caros e melhores que HDs. Mas que esse da Asus ta muito caro, tá.

  • Dude!

    Henrique: na verdade esse é o Custo Explora Brasil. Não tem qualquer explicação racional pro UX21, que custa a mesma coisa que o Air 11 lá fora, receber acréscimo de mil reais no preço – frente ao air – só pra falar português. Pior ainda é a situação do UX31, que deveria ser mais barato que o Air 13…

    É a Asus trollando o Brasil, só pode.

    • eu chamo de custo otário brasil,

      pois nois vai lá e compra!

  • Depois me chamam de louco quando digo que o MacBook Air é "barato"

  • pagar tudo isso por um "quase clone" de design do macair. e ainda ter windows e nao macosx??? to fora.

  • Ricardo Cubas

    Seria até aceitável um aumento de preço de fator 2,5 ou 3, mas, 4 vezes mais o preço em dólar? não tem justificativa para isso. Acho que o Lenovo X1 está muito mais à frente desse UX31…

  • Diego

    Me responde uma coisa HENRIQUE M os notebooks da samsung da linha séries 7(que inclusive têm configurações parecidas com o macbook air) serão vendidos aqui no brasil ?

    • henriquem

      já vendem os série 9 por aqui

  • Só aquele “UX 21 Series Ultra Slim” em letra cursiva já devia valer uns 20% de desconto.
    Depois reclamam de quem defende a Apple (que conste, não tenho um Mac), mas em um computador tão pequeno, é redundante termos uma porta vga e uma porta hdmi (e deixaram de fora o leitor de cartões). Não seria melhor colocar uma DisplayPort e unificar tudo em uma única porta?

    • Rafael

      O uso da porta VGA ainda é muito comum em quem usa projetores para apresentações…

  • hugosilva

    Como pode ser possível uma cópia xing-ling custar muito mais caro do que o original da Apple?

    • leonardoulian

      Vai beijar o caixão do S.J. vai…

  • Marcos Oliveira

    Uma pergunta besta: Qual a cor da borda da tela? Na maioria das fotos ela parece preta mas na foto que mostra a webcam, mais aproximada, ela parece cinza claro e na foto do “UX 21 Series Ultra Slim”, que também é próxima, parece preta de novo…

    • henriquem

      é um cinza-chumbo bem escuro – a luz do local onde foram feitas as fotos não ajudou muito.

  • Vinicius

    Mas ele roda Battlelfield 3??? O meu roda:

    • para isso eu tenho um PS3 😉

  • Emertech

    Os ultrabooks chegaram pra ficar. Não sou fanboy, mas o design do Air vai ser referência. Tanto que esse da Asus é um clone chingling.
    Será que só copiaram a cobertura de vidro do trackpad ou conseguiram fazê-lo tão multitouch como é o do Air? Pois o multitouch do Air é incrível. Espero que lembrem-se de testá-lo a fundo no review.
    A Samsung ainda teve a decência de usar outro material de revestimento no série9, a Apple poderia entrar com um processo contra a Asus, pois a cópia é muito descarada!
    Poderiam fazer um embate desses ultrabooks: Apple X Asus X Samsung pois a proposição e configuração deles é praticamente a mesma.

    • leonardoulian

      aham, senta lá claudia…. um notebook da Asus ser copia xingling da maçãzinha… eh muita puxação de saco mesmo. Agora a Apple é dona do design de notebook fino de aluminio né? Eu quero mesmo entendender onde raios o Air é referencia de design. Coloque o de sempre, teclado, mousepad, e tela em um notebook fino e de aluminio que vc tera um clone do Air, argumentações ridiculas de fanboys

  • spectroman80

    Ta cheio de parafuso, nao tem OS X e custa mais caro que o AIR ? Sem chance !

  • Orion

    Nem Apple, nem Sansung, nem Asus, nem HP, Dell ou o que for. Esses notebookizinhos que só tem beleza e preço. Notebook de verdade é esse aqui: com 2 hds, Nvidia Gforce, Blue-ray e memória pra vender, com uma boa bateria >
    http://us.toshiba.com/computers/laptops/qosmio/X7

    🙂

  • Plínio

    Tamanho não é documento! Quero saber qual é o peso…

  • Luia

    Para os que apenas especulam , ou palpiteiros de ocasiao, voltei agora dos EUA e trouxe um ux21 com core i7, realmente impressionante, mesmo usando win7 home premium, da um banho no meu antigo mba i5… recomendo fortemente, parabens a Asus q conseguiu bater a grande maça. Ja ate anunciei meu mba a venda, dessa vez a apple vai ter q oferecer algo melhor pra quem quer um portatil poderoso, e detalhe n meu o indice minimo do wndows ficou em 5.5.

  • Pingback: Hands-on: Asus Eee Pad Transformer Prime (Tegra 3!)()

  • fabiolsgomes

    Aguardando review do Acer S3!!!

  • Pingback: Aspire S3: Ultrabook da Acer também será vendido por aqui()

  • Christian

    Estou na Suiça e vi ha poucos dias o X31, pelo preço de 1299 francos, o equivalente a 2600 reais…..eita Brasilzinho terra dos impostos !!!

  • Christian

    Em tempo….comprei aqui na Suiça faz 15 dias um note Toshiba core i7 quad core, 8 gb ram ddr3-1333, HD 750 GB, porta USB 3.0, nvidia com 1 gb ddr3 dedicada, leitor e gravador de blu-ray e sintonizador de tv digital….paguei o equivalente a 1900 reais…..

  • Pingback: HP DM3: mais um Ultrabook, só que para 2012()

  • Pingback: Review: Asus ZENBOOK UX31E (parte 1 de 2)()

  • Pingback: [Computex 2012] Hands-on: Asus Zenbook UX21A (e um ultrabook popular) - ZTOP()