ZTOP

GPS da Motorola chega ao Brasil

gps_motorola

Fomos convidados nesta manhã (01/abril) pela Motorola para dar uma espiada em sua nova linha de GPS para carros, que chega ao mercado até o final da semana e conta com dois produtos: o MOTONAV TN20, com tela de 3,5″, e o TN30, de 4,3″.

Luiz Passaro, gerente de produtos da Motorola do Brasil, informou que é a primeira vez que a empresa lança um acessório automotivo que não depende necessariamente de um celular. Eles nasceram da experiência adquirida com o SmartPhone Moto Q11 e o Motonav T805, um sensor GPS com porta Bluetooth.

A diferença básica entre eles — além do tamanho da tela — é que o TN30 oferece suporte de viva-voz para qualquer celular Bluetooth. Isso permite receber e fazer ligações diretamente na tela sensível ao toque ou por comando de voz, se o telefone dispor desse recurso.

Em ambos os modelos o sistema de mapas cobre 1.300 cidades brasileiras (sendo que 300 recebem auditoria para atualização constante). Além disso, vem com o conteúdo do Guia Telelistas e do Guia Quatro Rodas já embarcado – o que significa mais de 440 mil pontos de interesse marcados entre postos, oficinas, bancos, restaurantes etc. A Motorola estuda, ainda, a possibilidade de impementar mapas de outros países no aparelho, para agradar ao público que costuma viajar para o exterior. O plano inicial é oferecer atualizações de mapas e conteúdos para seus usuários a cada seis meses, sem cobrar por isso.

gps_motorola_tn20a

A plataforma de software é baseada no Destinator 8, a interface do produto já está em português e todos os comandos podem ser inseridos diremamente na tela. Além da orientação visual, o sistema conta com guia de voz feminina nas versões em português do Brasil, inglês e espanhol – há um pequeno alto-falante montado na parte de trás do produto:

gps_motorola_tn20_back

Notamos que tanto o TN20 quanto o TN30 são equipamentos de uso simples e direto. Ou seja, nada de player de música embutido, reprodutor de vídeo ou interface de som. Apesar de possuir um slot para cartões SD, ele serve apenas para instalar novos mapas no equipamento.

gps_motorola_tn20_side

Ambos os modelos devem chegar ao mercado pelos preços sugeridos de R$ 799 (TN20) e R$ 1.199 (TN30), em sites como o da FNAC e Fast Shop. A empresa ainda está desenvolvendo um site de suporte para o produto, que ficará dentro do site oficial da Motorola.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Rafael

    Alguém aqui usa um GPS portátil, tendo hoje diversos aparelhos celulares que possuem essa tecnologia embutida e sem pagar nada a mais por isso?

  • muito caros, para apenas GPS!!!

    Uma pessoa que paga por um GPS de 1200,0 já tem som automotivo com BT – se não tem, não sabe usar GPS. rs

    As coisas boa são o destinator, que é um programa de localização e rotas, e a base de dados da Telelistas e Quatro Rodas – vc precisa saber onde fica o próximo posto de combustivel na sua viagem SP-Fortaleza!

    MAs como “Rafael” mencionou muito bem. Meu TytnII já tem GPS com programa open source de lolização (GPSVT), que permite usar mapas do projeto tracksource e faz downloads – e salva em cache – do Google Maps (quando conectado)!