ZTOP

Gadget do dia: Void Cube

void_cube

Nesses últimos anos temos visto um “revival” do bom velho Cubo Mágico, um das maiores manias munidiais vinda de um país comunista em plena guerra fria (o outro foi o videogame Tetris, do russo Alexey Pajitnov que, por sinal tem uma, história muuuito interessante*).

O interessante é ver que desde seu surgimento na década de 70, esse engenhoso brinquedo transformou-se num ícone cultural, e mesmo o quebra-cabeça em si evoluiu para uma grande família de produtos, incluindo alguns itens bem sádicos como o cubo 5 x 5 ou invenções caseiras como o Cubo Mágico Siamês.

No mundo virtual existem diversos joguinhos on-line, entre eles o hypercubo mágico de quatro dimensões e que só existe no mundo virtual. O meu favorito é o Executive self-esteem Cube ou Idiot’s Cube — um cubo mágico com a mesma cor em todas as faces.

No início desse ano, a empresa Gentosha Toys lançou uma nova releitura do cubo — o Void Cube — uma versão sem o elemento central. (Não confudir com o Rubik’s Revolution).

void_cube_2

Criado pelo designer Katsuhiro Okamoto, a resolução desse quebra-cabeças segue a mesma receita do cubo original, com a vantagem do jogador não ter que se preocupar com a cor central, o que pode facilitar um pouco as coisas (acho eu). By the way, outro cubo bizarro, o Ruibik’s Mirror Blocks também parece ter sido bolado por outro japonês — Hidetoshi Takeji.

O brinquedo custa em torno de 1.050 ienes (~ R$ 26)  e pode ser encontrado no Amazon.co.jp, assim como o Mirror Blocks.

* Em 1994, a BBC produziu um excelente documentário intitulado Tetris: From Russia With Love que conta toda a saga de como um produto valiosíssimo vindo de um sistema político onde não existia “direito autoral” chegou ao mundo capitalista.

Ele pode ser encontrado para download (vocês sabem aonde) <wink!> <wink!>.


Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • José Victor

    Só faltou um comparativo com o nível de dificuldade dos cubos.
    Muito bom!

  • kiyohiro

    Na verdade, o void é um pouco mais difícil que o 3x3x3 comum hehehe