ZTOP

Gadget do dia: Servidor NAS VIA NSR7800

via_nas_nsr7800

Famosa pelos seus criativos projetos de plaquinhas-mãe com tudo integrado, a VIA Technologies anunciou recentemente algo realmente grande (no tamanho): o VIA NSR7800 um servidor NAS (Network Attached Storage) do tipo rack com 2U de altura baseado no processador VIA C7 de 1,5 GHz.

Ele parece ser uma variação do NDS7800, outro servidor de NAS, só que apresentado na forma de um gabinete de mesa. Suas características técnicas também são semelhantes: espaço para até oito discos rígidos de 3,5″ com interface SATA 300 — permitindo chegar a 16 TB de dados (usando discos de 2 TB) — suporte para hot-swap (trocar dos discos sem desligar o servidor), duas portas de rede Gigabit Ethernet, seis portas USB, uma serial e até uma saída de vídeo padrão VGA. Ela também prevê a adição de recursos de hardware — via cartão mini-PCI — como módulos VPN ou até antivírus. Sua fonte de alimentação é de 300 Watts.

via_nas_nsr7800_back

Esse produto parece ser baseado na placa-mãe NAS 7800 (já noticiada por esse Zumo,) projetada especificamente para aplicações de NAS. Ele já vem com módulo TPM SLB9635TT 1.2 da  Infineon, slot para um módulo de memória DDR2 667/533/400, outro para cartão CompactFlash e mini-PCI. Suas BIOS têm suporte para recursos como Wake-on-LAN, Wake-on-Alarm e Watch Dog Timer. Segundo a VIA o produto é compatível com Windows Server 2003/2007 e Linux que pode ser instalado no cartão CF.

via_nas_7800.jpg

Pelo que li no seu manual do usuário, o produto é oferecido na forma de um kit: o usuário deve instalar por sua conta o módulo de memória (até 1 GB), o cartão CF, o sistema operacional e, obviamente, os discos.  Se de um lado isso é ruim por não ser uma solução pronta do tipo plug-and-play, do outro lado ele pode ser muito interessante para pequenas empresas de que podem desenvolver suas próprias soluções de NAS baseado em desenvolvimento próprio ou mesmo entusiastas que podem montar uma solução de storage na medida do seu orçamento, instalando todos aqueles serviços tradicionais ( como gerenciamento de usuários, backups automáticos ) e outros nem tanto (como aqueles que passam o dia todo baixando dados da Web).

Mais informações no site da empresa.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Esta solução em conjunto com o OpenFiler é duca… Só precisa ficar atento a não comprar os discos rígidos de desktop, isso se você pretende usar RAID. A maioria dos discos pra uso em Desktop, tem um recurso de correção de erros, que torna o disco inoperante por um determinado tempo, um tempo medido em segundos. Agontece que o Raid, na configuração do OpenFiler, ter um timeout de 8 segundos por uma resposta do HD.

    Se a resposta não vem o sistema assume que o disco apresentou problemas e entra no modo de manutenção. Ai já era, dependendo do tamanho do seu Array, recompor leva dias ou até semanas.

    Mas não deixa de ser uma solução bacana.

  • Windows Server 2008…

    O que me lembra que preciso montar um NAS, ou um HTPC… :p

    Pena que a VIA tá meio desorientada ultimamente. Quando começa a anunciar produto que não sai, fico preocupado (caso do monte de fabricante de chipset 3D nos anos 90).
    Apesar do Nano estar a venda em alguns lugares, deviam ter se esforçado um pouco mais pra arrancar uns clientes no ocidente…

    Quanto a esse produto…
    Pesa contra algumas deficiências no controlador SATA deles e alguns bugs em drivers da controladora IDE…
    Sem contar o atraso monumental pra lançar o southbridge VT8251, que parece ser o modelo usado…