ZTOP

Gadget do dia: Roda Gigante USB

usb_roda.jpg

Para o geek ou entusiasta de tecnologia que já tem tudo – inclusive um iPhone – nossa sugestão de presente para este final de ano é o USB Ferris Wheel Phone Stand (US$ 27), uma roda gigante de apenas 11 cm de diâmetro e 10 cabines que giram toda vez que o telefone recebe uma chamada.

Para alegrar ainda mais o ambiente, os leds verdes ou vemelhos acima de cada cabine piscam e a base ainda toca a música Rock-a-Bye Baby, que pode ser desligado por meio de uma chave On/Off/Mute.

Onde é que entra a porta USB nessa história? Ela serve apenas fornecer energia í  engenhoca.

Mesmo assim, caso o usuário não tenha um PC por perto, ele também funciona com duas pilhas AA.

Mais detalhes aqui.

Ainda em tempo:

usb_irpad_sm.jpgSe você estiver meio estressado e até sente dores ao ler esse tipo de nota aqui no Zumo, o site USB Fever oferece o USB Far Infra-Red Pad, um dispositivo terapêutico que promete alivar as dores musculares por meio de raios infravermelhos.

Basta colocá-lo na parte dolorida e ligá-lo na porta USB. A partir desse momento, ele emitirá radiações infravermelhas que poderão ser sentidas por uma sensação de calor em torno de 40~45°C.

O vendedor alerta que esse dispositivo não é um produto médico, de modo que eles recomendam um visita ao doutor caso o problema seja sério. Fora isso, eles também aconselham que o Infra-Red Pad não seja usado na mesma parte do corpo por mais de 15 minutos sob o risco de ferimentos pelo calor.

Mas cá entre nós… Se você é do tipo que gosta de consumir esse tipo de produto USB e ainda está disposto a pagar US$ 21,99 por ele, é bom mesmo consultar um médico – de preferência um psiquiatra.

Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Quem tem um gadget quer é mais é funcionalidade, perfumaria é legal mas mas só quando é no próprio parelho, não consigo ver esse treco em outro lugar a não ser na escrivaninha de uma menina de 12 anos.

    Pra que um negócio desse que além de inútil usa uma porta usb?