ZTOP

Gadget do dia: Photofast G-Monster-eSata

monster_esata

Como é que ninguém pensou nisso antes? Pegue um disco SSD com porta eSata e coloque-o numa embalagem de memory key. O resultado é um novo dispositvo que combina a conveniência dos pen drives com a capacidade e o desempenho dos discos SSD. Nesse caso, o G-Monster-eSata.

O que chama a atenção nesse produto são suas características técnicas: disponível nas versões de 32, 64 e 128 GB, o produto mede apenas 4,0 x 8,0 x 1,5 cm (LxAxP), 25 gramas de peso e — segundo a empresa — é capaz de ler dados a 175 MB/s, gravar dados a 100 MB/s e tempo de resposta em torno de 0,2 a 0,3 ms. Sua vida útil (MTBF) está estimada em 1.500 mil horas.

O G-Monster-eSATA é um produto particularmente interessante para os novos usuários de notebooks que já saem de fábrica com porta eSata (às vezes combinada com uma porta USB). Também existe uma versão com  porta USB 2.0. Mas, nesse caso, será necessário o uso de uma fonte de alimentação externa. Mais informações aqui.


Desde o século passado Mario Nagano analisa produtos e já escreveu sobre hardware e tecnologia para veículos como PC Magazine, IDGNow!, Veja e PC World. Em 2007 ele fundou o Zumo junto com o Henrique assumindo o cargo de Segundo em Comando, Editor de Testes e Consigliere.

  • Anderson

    Outros fabricantes já entraram na briga por esse segmento de pen drive eSATA, como a OCZ com o Throttle, e há outros também, é uma pena que no Brasil não são todas as placas-mãe que oferecem uma porta eSATA, e quando oferece, pode ser que a implementação não ofereça recurso a Hot Swap.

    Pelo menos vários modelos da NVIDIA oferecem o suporte. Se existir o suporte em sua placa-mãe, o ícone de remoção segura que tipicamente é exibido quando utilizamos pendrives ou dispositivos de armazenamento USB, estará disponível na bandeja do Windows, e irá exibir os dispositivos SATA

  • Gmourao

    é o contrário. a porta e-sata não tem alimentação, enquanto a usb tem.
    para conectar com a porta e-sata é necessária alimentação externa

  • Oi Gmourao (esse é seu nome de verdade?)

    Eu reconheço que meu japonês não é lá grande coisa, mas pelo que diz no site:

    “eSATA及びUSBより電源供給のため、外部電源が不要”

    ele dispensa o uso de alimentador externo no modo USB (1.1?) ou eSata.

    Alguém teria uma tradução mais precisa?

    [ ]s

    M.

    PS.: Pode ser também que o fornecimento de energia via eSata seja uma implementação recente no padrão:

    http://news.cnet.com/8301-17938_105-9850343-1.html

  • Gmourao

    Olá Nagano, eu gosto de usar o translate.google.com sempre para o inglês.
    parece que já existe sim o POeSATA:

    http://www.behardware.com/news/10146/pretec-first-ssd-with-power-over-esata.html

  • Lucas Jardim

    Deixa ver se eu entendi: ele vai funcionar em qlqr porta e-sata sem alimentação?

    Pra “fazer” uma porta e-sata, nos desktop e so colocar um espelho com adaptador na porta sata normal naum e issu?

    Se eu estiver errado me corrijam!